Caminho pelas Estrelas

domingo, 9 de janeiro de 2022

Poema: MEU EU SONHADOR DISTANTE... Autor: Odenir Ferro





Poema: MEU EU SONHADOR DISTANTE...

Autor: Odenir Ferro


Mirando algum especial ponto no distante,

Enlevo meus olhares, buscando um Além!

Junto aos olhos meus elevo meus sonhos

Ao reverenciar este Céu! Agradecido...

 

“-As pegadas dos meus pés eu fui deixando

Ao vento, ao acaso e nos ares do Tempo!

Marcando a minha vida nos movimentos

Dos passos meus, na fina areia lavada

Pelo mar, pelo vento, pelas maresias...

 

Ou pelos caminhos, por onde eu andei

Escorregando em lamas, ou barro liso.

Levantando poeiras nas terras batidas

Até, pisando firme, chegar neste Chão

Indo marchando, batendo os pés no pó!”

 

Situando-me no equidistante entre o Céu e a Terra,

E o Ar! Que ao meu Amor, impregnaram-se em olores

Por espelharem-me nas estrelas com as minhas cores

Bordando-se nas imensas luzes os brilhos do noturno

Do meu Céu! Sonhando com as claridades dos dias...

Os inúmeros sons extraídos do amor na noite escura!

 

O meu fervoroso encantado mundo é flamejante

Por ter ardor, em querer alcançar algo ausente!

Aquele meu eu clemente, unificando-o em mim

Após caminhar condizendo a minha realidade

Atual, com o deste meu eu sonhador distante...

Nenhum comentário: