Caminho pelas Estrelas

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Poema: TEOR MÍSTICO ESOTÉRICO Autor: Odenir Ferro

  





TEOR MÍSTICO ESOTÉRICO
Autor: Odenir Ferro
 
Quero navegar correntezas caudalosas, neste mundo afora.
E não titubear, nos muitos encontros afrontados; solidão,
Longas jornadas errantes; colhendo estrelas, escuridão.
Como nômade solto, voz da alegria do amor que aflora...
 
Dos cenários do universo, ao crivo do meu palco majestoso!
Aconchegando-me com lua e estrelas, e tecendo uma prece.
Em silêncio na noite negra; a envolver-me num só gesto,
Todo no teor místico esotérico que tanto me aquiesce...
 
Deixar flutuar livre e solto, ao vento à plena maresia,
Ouvindo o murmúrio das praias e o encanto e belo canto,
Do rouxinol distante enamorado, a deixar livre poesia...
 
Com o adocicado mel a escorrer entre os meus segredos.
Versejando nesta arte, esvaziando-me do medo em pranto.
Crivando em mim essa magia; emoções de afáveis enredos!