Caminho pelas Estrelas Follow by Email

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Título da Poesia: ÍCONE Autor: Odenir Ferro




Poema: ÍCONE


Autor: Odenir Ferro



O mendigo já não sofre mais...


Porque ele já está condenado.


A sociedade, que o condenou,


Agora o respeita, por isso.




A sua dor não mais lhe interessa.


Consequentemente, passa ele a ser


Respeitado, na dor.


De um solitário derrotado.




Perante os olhos da humanidade,


Ele é apenas um simples humilde


Perante os olhos de Deus,


Ele é apenas um ser humano a mais




Infinitamente amado por ser parte da criação!




Mas ele é um a mais entre tantos,


A ser massacrado.


Nessa máquina sangrenta e nojenta,


Que sabe desfazer muito bem,


Daquilo que não lhe serve, embora provável.




O ser humano.


A vida se desintegra.


Porque os bons costumes,


O amor é inconsequente.




As vestes são sujas.


Porque carrega dentro de si


O pesado fardo das pobrezas


Geradas pelos refugos da nobreza.





Nenhum comentário: