Caminho pelas Estrelas Follow by Email

terça-feira, 27 de setembro de 2016

CONHEÇA O GUSTAVO E SUAS PROPOSTAS PARA RIO CLARO (SP) BRASIL, por Odenir Ferro

Salve-NOS DEUS (YHWH), com todos os Seus Séquitos DE Anjos e Santos...!  Eu, Odenir Ferro, Escritor e Poeta RIO-CLARENSE, estou desejando e muito - de Coração mesmo - para que o nosso futuro Prefeito de Rio Claro, Estado de São Paulo, Brasil, seja: O PREFEITO ORGANIZADO PELO SENHOR, SENHOR ELEITO GUSTAVO PERISSINOTTO 15 PMDB, com DJALMA DE PAULA VICE, Coligação FRENTE PROGRESSISTA...


(O   Autor   Odenir   Ferro, Escritor, Poeta, tem
Contrato   Editorial   com   Editora   de   Madrid, Espanha, e o seu primeiro livro
NINO CHANINHO, O GATINHO foi apresentado dia 09 de abril de 2016, na Casa
Del Libro na cidade de Lisboa, Portugal. Com tiragem inicial impressa de 1.000 exemplares, e, cujo Contrato prevê publicação do livro em todos os Países de Língua Portuguesa.)



Guardar estadounidense Dios (YHWH), con todas sus huestes de ángeles y santos ...! Me Odenir Hierro, escritor y poeta RIO-Clarense, y estoy deseando - el mismo corazón - por lo que nuestro futuro Alcalde de Rio Claro, Sao Paulo, Brasil, es la siguiente: el Alcalde ORGANIZADO POR EL SEÑOR, SEÑOR GUSTAVO ELEGIDO PERISSINOTTO 15 PMDB, con VICE dE PAULA DJALMA, Coalición frente progresista ...


(El Hierro Odenir Autor, autor, poeta, tiene
Contrato editorial con Publisher Madrid, España, y su primer libro
NINO CHANINHO, gatito se presentó el 9 de abril de 2016, en la Casa
Del Libro en Lisboa, Portugal. Con impresa tirada inicial de 1.000 ejemplares, y cuyo acuerdo prevé la publicación del libro en todos los países de habla portuguesa.)








segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Enc: Avancez ! Move! Mueve! Mova-se! Перемещение!



Em Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016 4:15, Cercle Univ. Ambassadeurs de la Paix  escreveu:


 
 
 
 
de notre ambassadeur Jean Louis Vallois France
 votre indulgence pour les traductions merci !
 
Avancez !
Avancez, même si vous allez encore tomber,
Avancez, même si c'est dans le brouillard,
Pieds et mains liés,
Avancez !
Encore et toujours,
Avancez, dessus dessous, le fil instable de la vie,
Même s'il finira encore par casser.
Avancez vers demain,
Avancez vers les autres,
Avancez vers deux mains ouvertes,
Et vers les phalanges de cette lumière si fragile.
 Mais aussi vers ces quelques vers qui nous entrainent toujours plus loin,
Avancez même si ce monde n'est que cris.
Mais il n'y a pas que des cris de haines,
Ni que l'étrange folie de la destruction…
Il y a aussi tous nos gémissements couverts de nos mots,
Il y aussi nos âmes qu'on lèvent comme des étendards,
Il y a aussi notre façon de tenir les cartes d'une façon remarquable,
Et, au bout de la route, une fin complice… 
Avancez !
Avancez ensemble, vers cette famille que l'on nomme : humanité !
 
Move!

Come on, even if you are still falling,

Come on, even if it is in the fog,

Feet and hands bound,

Move!

Still and always,

Go ahead, mess, unstable thread of life,

While it will end up breaking even.

Walk towards tomorrow

Walk towards the others,

Walk towards open hands,

And to the knuckles of that light so fragile.

  But also to those few who still to take us further,

Move even if this world is only cries.

But it's not only the cries of hatred,

Neither the strange destruction of madness ...

There are also covered all our moans of our words,

There is also our souls that rise like standards,

There is also the way we hold the cards in a remarkable way,

And at the end of the road, an end accomplice ...

Move!

Walk together, to this family which is called: mankind!
 
Mueve!

Vamos, incluso si todavía está cayendo,

Vamos, incluso si es en la niebla,

Los pies y las manos atadas,

Mueve!

Una y otra vez,

Vaya por delante, lío, hilo inestable de la vida,

A pesar de que el resultado final será el punto de equilibrio.

Camine hacia el mañana

Caminar hacia los otros,

Caminar hacia las manos abiertas,

Y para los nudillos de esa luz tan frágil.

  Sino también a aquellos pocos que aún nos lleve más lejos,

Mover incluso si este mundo sólo se llora.

Pero no sólo los gritos de odio,

Ni la extraña destrucción de la locura ...

También hay cubiertos todos nuestros gemidos de nuestras palabras,

Hay también nuestras almas que se elevan como normas,

Existe también la forma en que tienen las cartas de una manera notable,

Y al final de la carretera, un cómplice final ...

Mueve!
Caminar juntos, a esta familia que se llama: la humanidad!
 
 
Mova-se!

Vamos lá, mesmo se você ainda estão caindo,

Vamos lá, mesmo que seja no meio do nevoeiro,

Pés e mãos amarradas,

Mova-se!

Uma e outra vez,

Vá em frente, confusão, discussão instável da vida,

Enquanto isso vai acabar quebrando mesmo.

Caminhe em direção amanhã

Caminhe em direção aos outros,

Caminhe em direção as mãos abertas,

E para as juntas de que a luz tão frágil.

  Mas também para aqueles poucos que ainda para nos levar mais longe,

Mova mesmo que este mundo é só chora.

Mas não é apenas os gritos de ódio,

Nem a estranha destruição de loucura ...

também cobriu todos os nossos gemidos de nossas palavras,

Há também as nossas almas que se erguem como padrões,

Há também a nossa forma de segurar os cartões de uma forma notável,

E no final da estrada, um cúmplice fim ...

Mova-se!
Caminhar juntos, a esta família que é chamado: a humanidade!
 
 
Перемещение!

Давай, даже если вы по-прежнему падают,

Давай, даже если он находится в тумане,

Ноги и руки связаны,

Перемещение!

Снова и снова,

Идите вперед, беспорядок, нестабильная нить жизни,

В то время как он будет в конечном итоге безубыточности.

Идти в будущее

Подойдите к другим,

Подойдите к открытой руки,

И костяшками этом свете так хрупкой.

  Но и те немногие, кто еще, чтобы взять нас дальше,

Перемещение даже если этот мир только плачет.

Но это не только крики ненависти,

Ни странно уничтожение безумия ...

Есть также покрыты все наши стоны наших слов,

Существует также наши души, которые поднимаются, как стандарты,

Существует также способ, которым мы и карты в руки замечательным образом,

И в конце дороги, на конец соучастника ...

Перемещение!

Прогулка вместе с этой семьей, которая называется: человечество!


 



Avast logo
L'absence de virus dans ce courrier électronique a été vérifiée par le logiciel antivirus Avast.
www.avast.com



domingo, 25 de setembro de 2016

Poema PARAÍSO, o qual, faz parte do meu 1º Livro Individual (...) Por Odenir Ferro




Título da PoesiaPARAÍSO
Autor: Odenir Ferro 

Ainda podemos crer na força do Amor!
Nós ainda podemos sonhar que a Vida,
É essa grande verdade que carregamos
Através das travessias das gerações,
Como sendo a mais generosa herança
De um precioso bem hereditário
Que os nossos Criadores
Generosamente nos deu.

Ainda poderemos fazer das guerras
Apenas um mero acidente histórico
Cheio de infelizes desencontros
Cheio de despropositados ideais

Onde a fúria pelo nefasto poder
Resultou numa utopia manchada
Pelo sangue, onde o desamor
Marcou de dor, os escritos
Das doídas páginas viradas
Da nossa condoída História!

Nós ainda podemos sonhar que o Mundo
Será um lugar apenas propenso à Paz!
Onde a vida será vivida num Paraíso,
Cheio de naturais belezas sem fim...

Afinal, nós ainda podemos sonhar!
Com ideais, até então podemos crer,
Que a Vida, é eterna fonte de Amor.
Onde através dela, até podemos
Escrever nossa força Humana
Realizando a nossa História

1ª Publicação impressa do Poema Paraíso, Autor: Odenir Ferro, em 25 de Março de 2006, Jornal Tribuna 2000


Título da PoesiaPARAÍSO
Autor: Odenir Ferro 

Ainda podemos crer na força do Amor!
Nós ainda podemos sonhar que a Vida,
É essa grande verdade que carregamos
Através das travessias das gerações,
Como sendo a mais generosa herança
De um precioso bem hereditário
Que os nossos Criadores
Generosamente nos deu.

Ainda poderemos fazer das guerras
Apenas um mero acidente histórico
Cheio de infelizes desencontros
Cheio de despropositados ideais

Onde a fúria pelo nefasto poder
Resultou numa utopia manchada
Pelo sangue, onde o desamor
Marcou de dor, os escritos
Das doídas páginas viradas
Da nossa condoída História!

Nós ainda podemos sonhar que o Mundo
Será um lugar apenas propenso à Paz!
Onde a vida será vivida num Paraíso,
Cheio de naturais belezas sem fim...

Afinal, nós ainda podemos sonhar!
Com ideais, até então podemos crer,
Que a Vida, é eterna fonte de Amor.
Onde através dela, até podemos
Escrever nossa força Humana
Realizando a nossa História





Título da Poesia: PARAÍSO Autor: Odenir Ferro




Título da PoesiaPARAÍSO
Autor: Odenir Ferro 

Ainda podemos crer na força do Amor!
Nós ainda podemos sonhar que a Vida,
É essa grande verdade que carregamos
Através das travessias das gerações,
Como sendo a mais generosa herança
De um precioso bem hereditário
Que os nossos Criadores
Generosamente nos deu.

Ainda poderemos fazer das guerras
Apenas um mero acidente histórico
Cheio de infelizes desencontros
Cheio de despropositados ideais

Onde a fúria pelo nefasto poder
Resultou numa utopia manchada
Pelo sangue, onde o desamor
Marcou de dor, os escritos
Das doídas páginas viradas
Da nossa condoída História!

Nós ainda podemos sonhar que o Mundo
Será um lugar apenas propenso à Paz!
Onde a vida será vivida num Paraíso,
Cheio de naturais belezas sem fim...

Afinal, nós ainda podemos sonhar!
Com ideais, até então podemos crer,
Que a Vida, é eterna fonte de Amor.
Onde através dela, até podemos
Escrever nossa força Humana
Realizando a nossa História

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Toto - I'll Be Over You






Greatfull! Fantastics lirics! You are giants musicians! Fabulous! I'm in the beauth wonderful emocions por all you!The best, the best, all the best: that music is magic, excess and explode, and the natural põem lirics in the letter... Thank you! !'m Odenir Ferro, I live in the Rio Claro City, São Paulo States, Brazil. My blogger is: http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com

Toto - Africa





Congratulation Toto - África! That music is wonderfull! I'm whriter the poems and lirics letters the songs. In the my blogger is: http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Rio de Maio - Ivan Lins





Esta letra musical é Maravilhosa! Tive o prazer de ouvi-la pela primeira vez, hoje, de manhã, um pouco mais das 06:00hs, AM., enquanto estava defronte ao Jardim Público de Rio Claro (SP). Estava sintonizado na numa FM local! Tirei da mochila em que estava, nas minhas costas, o meu bloquinho de anotações, e caneta, e ao ouvir atentamente a música, deduzir ser o título: Rio de Maio! Acertei! E quanto a Voz, claro, inconfundível; Ivan Lins! Obrigado, Odenir Ferro, Escritor, Poeta, Embaixador Universal da Paz! Blogger: http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com



quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Legião Urbana - Esperando por mim








OBRIGADO BILLE CIPRIANI, PELA GENTILEZA: ESTOU DE NOVO, REPRODUZINDO-LHE, NO MEU Blogger: http://www.TO-Dourado: Obrigado, http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com incluindo scanners da capa do CD, deste Maravilhoso Cantor RENATO RUSSO, e, transcrevo lhe o que eu já lhe escrevi, "Acho maravilhosa esta música, relembro, relembro-me do meu Pai!" Ele sempre me acenava no portão. No meu Inconsciente Sublimado, dentro do meu coração, estas "Cenas são importantes para mim...!" Dentro do conjunto do CD Legião Urbana A TEMPESTADE, TODAS AS MÚSICAS SÃO IMPORTANTES, MAS... Depois que o meu Pai, foi viajar para a Eternidade, dentro do conjunto todo das músicas, esta, que já era importante para mim, se tornou, sintomática, mais importante ainda, para mim, entende? Odenir Ferro, Escritor, Poeta, Embaixador Universal da Paz, Blogger: http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com


terça-feira, 13 de setembro de 2016

PERCEPÇÕES, AUTOR; ODENIR FERRO




PERCEPÇÕES
Autor: Odenir Ferro


Incontidas! Ficaram. As minhas expressões, ...
Dentro da minha alma gritante! Vim sofrendo...
Incontáveis vezes. Todas estas vãs desilusões...!
Mesmo assim, muito embora, vim e, vivi sonhando,

Com os dissabores deste amor enternecido.
Atravessando encantos espelhados num mundo, antevendo,
Os reflexos das luzes raiando, este invasor e atrevido,
Sentimento incontável, nesta paixão, antevendo:

As impossibilidades, nas quais, vivi cismado!
Nesta constância, em percepções, crescendo...
Todas às vezes, em que, neste legado deixado,

Vivi a insensatez do destino! No qual, vim escrevendo,
As páginas desta minha vida. Num amor prostrado,
Aos pés dos sonhos. Através dos quais, cresci. Vivendo

domingo, 11 de setembro de 2016

Guilherme & Santiago - Jogado Na Rua - (Clipe Oficial)

Enc: Final de semana chegou e as ofertas também, vem!



Em Sábado, 10 de Setembro de 2016 9:48, Magazine Você  escreveu:
MAGAZINE ODENIRFERRO





Final de semana chegou e as ofertas também, vem!
Caso não esteja visualizando o e-mail, acesse esse link.
Magazine Você Twitter Google+ Facebook Blog
Final de semana chegou e as ofertas também, vem!
Selos Magazine Você
Compre de quem você confia. Muito mais vantagens para você. O Magazine Você é um canal de vendas do Magazine Luiza. O remetente deste email está autorizado a vender nossos produtos através do site www.magazinevoce.com.br
Ofertas válidas até o dia 10/09/2016 às 23:59 (horário de Brasília) ou enquanto durarem nossos estoques (o que ocorrer primeiro). Preços anunciados não incluem frete. Este e-mail não deve ser respondido.
Para dúvidas referentes a: entregas, montagens, cancelamentos e/ou pagamentos, entrar em contato com a Central de Atendimento através do número 0800-344000.
Se você não quiser mais receber nossos e-mails, clique aqui.