Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Enc: "PESSACH". Este ano, a Páscoa dos Católicos coincidiu com o Pessach dos Judeus. Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro. Divulgação internacional e direta "Cá Estamos Nós" carlos leite ribeiro

Em Sexta-feira, 18 de Abril de 2014 18:11, Carlos Leite Ribeiro escreveu:

 

 
 
 
PESSACH
Este ano, a Páscoa dos Católicos coincidiu com o Pessach dos Judeus
Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro
 

De acordo com a tradição, a primeira celebração de Pessach ocorreu há 3.500 anos, quando de acordo com a Torá, YHWH enviou as Dez pragas do Egito sobre o povo egípcio. Antes da décima praga, o profeta Moisés foi instruído a pedir para que cada família hebreia sacrificasse um cordeiro e molhasse os umbrais (mezuzót) das portas com o sangue do cordeiro, para que não fossem acometidos pela morte de seus primogénitos. Chegada a noite, os hebreus comeram a carne do cordeiro, acompanhada de pão ázimo e ervas amargas (como o rábano, por exemplo). À meia-noite, um anjo enviado por YHWH feriu de morte todos os primogênitos egípcios, desde os primogênitos dos animais até mesmo os primogênitos da casa do Faraó. Então o Faraó, temendo a ira divina, aceitou liberar o povo de Israel para adoração no deserto, o que levou ao Êxodo.Como recordação dessa liberação, e do castigo de YHWH sobre o Faraó, foi instituído para todas as gerações o sacríficio de Pessach.
Durante os sete dias da festa, os judeus se abstêm de comer pão ou qualquer alimento fermentado. Isto porque quando os judeus saíram as pressas da escravidão no Egito, não tiveram tempo de fermentar e assar o pão que levaram consigo para o caminho. Um dos preceitos de Pessach é que todo judeu deve visualizar a si mesmo como se ele mesmo fosse um escravo no Egito e estivesse saindo da escravidão pelas mãos de Deus. Por isso, durante esses sete dias nenhum pão é ingerido, somente um pão ázimo ou "pão da pobreza", chamado em hebraico de Matzá, que lembra uma bolacha de água e sal. Assim, essa simbologia ajuda as pessoas a recordarem durante os sete dias da festa que elas foram escravas no Egito e que Deus as tirou de lá.
Na primeira noite de Pessach é realizado um jantar especial chamado Seder de Pessach. Nesse jantar se abre um fórum para que crianças e adultos façam perguntas sobre a festa e sua história. Durante o jantar é lida a Hagadá de Pessach, que conta toda a história da festa e vem para responder a muitas das perguntas colocadas antes sobre o porquê da comemoração. O costume é que a criança mais jovem da família comece fazendo as perguntas para que estas sejam respondidas uma a uma durante o jantar.
 
Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro - Marinha Grande - Portugal
 
........
.........
.........
...... ...