Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sábado, 13 de abril de 2013

Poema especial: ITABIRA DE DRUMMOND DE TODOS NÓS Autor: Odenir Ferro



Poema especial: ITABIRA DE DRUMMOND DE TODOS NÓS
Autor: Odenir Ferro

O Autor é Escritor, Poeta, Embaixador Universal da Paz! Título Concedido pelo Cercle Universel des Ambassadeurs de La Paix Suisse/France.

Autor de vários livros, dentre eles o atual, Às Meninas que sonham (Pétalas d'água) publicado pela


 

Para aquisições exemplares dos livros: acessem: http://www.livrariacultura.com.br , pesquisando Odenir Ferro


(OBS.:- Este poema foi escrito especialmente para a FUMEP. Não é um dos poemas que compõem o Livro Às Meninas que sonham (Pétalas d'água))
Itabira respira - alimentando-se -, das poesias
Do Poeta Carlos Drummond de Andrade!
Assim como o Brasil, se alimenta vivendo
Também, - através do Minério de Ferro:
- Que está concentrado no sangue de Itabira!
 
Assim como, através de Minas Gerais,
O Brasil exala os aromas de Itabira:
Espalhados através da imortalidade
De Carlos Drummond de Andrade!
 
Através da Poesia, atravessando o Tempo,
Como se fosse uma lança divinal: na escrita,
Inscrita na Eternidade, - através das origens
Conservacionista de Itabira. De Drummond,
De minas das Minas Gerais. Este abrasador
Coração, pulsando amor. Amor pelo Brasil!
 
Itabira é ferro: que está na composição
Do sangue dos brasileiros. Tudo é Arte!
É Cultura da Poesia, na Política desta Fé!
Assim como está na composição do sangue,
O ferro, - o ferro concentra-se na composição
Da couve. Planta que os mineiros, as mineiras,
Gostam. E eu, também. E Ferro é Minério,
E eu, também! Ferro está no sangue, que é
Vida! E sangue, também está nas Histórias
Das Histórias que são de Minas. Gerais...!
 
E de Minas, Itabira, das origens de Drummond
De todos nós, com os seus, dos seus para nós,
Concentram-se os Acervos Históricos Culturais!

 

 

 

 

TRIBUNA 2000: Nosso poeta é homenageado na terra do poeta maior, Drummond