Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Bocelli e Pavarotti - Ave Maria

Poema: DRAMATIZANDO A VIDA Autor: Odenir Ferro


Poema: DRAMATIZANDO A VIDA

Autor: Odenir Ferro



Eu creio que os desencontros ficaram por aqui.

Finalizados, obstruídos, interrompidos, falidos!

Desejo muito, ainda, acreditar que as belezas,

Todas as grandezas do Amor, dentro dos Amores,

Em si, ainda perduram, ainda perjuram-se muito

Dentro de tudo o que nós, dentro deles, cremos

Envolvidos com esta Fé animando-nos a Viver...



Eu vi a beleza nas nossas atitudes tão delicadas

Notando-nos dentro de tudo o que pudemos fazer

Felizes, ao sentirmos que nós acreditamos na realeza

D'Arte sobrevinda da vida que se esparrama em luz

Saída de dentro da alma ativista que está em nós!



Eu vim para desnudar-nos diante esta escancarada cor

Que nos dá brilho, luz, clarividência, enquanto criamos

Os versos que nos fazem Iluminarmo-nos perante o tom

Que nos faz com que sejamos cada vez mais Eternos...!



Eu venci todas as amarras que desejaram que eu ficasse

Opaco, obscurecido e sem vivacidade... Mas eu reagi, e,

Cresci! Agora eu estou acima e além das maldades dos ruins,

Marginais, e que ficaram realmente, a margem do todo bom

Que agora sou eu, e que reside em torno de mim e do meu eu!



Agora eu posso viver e sentir a realidade e a verdade

Das pessoas do bem, amigas, e que estão envoltas dentro

Das belezas emanadas no carisma deste meu tão artístico

Eu! Dramatizando a vida neste meu verdadeiro querer amar

As pessoas que tão iguais a mim, falam as mesmas línguas

Nas quais eu tanto acredito. E dentre estas linguagens,

Estão as enternecidas linguagens dos amores... Aquelas

Que irão impulsionar-nos rumo ao futuro que há de vir

Dando para o passado um vago esquecimento do que ficou

Findado, dentro desta caminhada, na qual, viemos

Prosseguindo, crendo, amando, desejando, sonhando

Que ainda é e será possível acreditar que a Vida,

Apesar de tudo, valeu, e vale, valerá continuar

Acreditando-se nela, a quem dela interessar-se

Possa...! A Vida ainda vale, por estarmos

Vivendo-a! Desejando-a, amando-a, amando!