Caminho pelas Estrelas

domingo, 17 de julho de 2022

TÍTULO DA MÚSICA: MODO CAIPIRA (CLIPE OFICIAL)



https://m.youtube.com/channel/UCMC16NmHvaVOXlKVH23ib2g

Título da composição musical: MODO CAIPIRA

Compositores: Michel Ramalho e Odenir Ferro

INTERPRETAÇÃO MUSICAL DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL    

 

Roupa fina do caipira,

É chapéu de aba larga

Uma camisa xadrez,

Calça americanizada

 

Mas ela encasquetou,

Que a minha roupa,

É moda ultrapassada

 

Até com a minha botina

Ela engrossou de vez,

Mas se depender de mim

Compro uma todo mês

 

O meu sistema bruto

A morena vai tê que acostumá

Prá me ganhá...

Prá me ganhá...

Prá me ganha...

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

 

Patricinha aqui na roça,

Não tem mentira

Cê acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

Patricinha aqui na roça

Não tem mentira

Se acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar

 

Modo caipira

 

 

 

 

 

 

 

 


domingo, 10 de julho de 2022

APLAUSOS PARA ESTA TALENTOSA E CONSAGRADA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE & FALCÃO por: MATEUS HENRIQUE E MICHEL


 DUPLA SERTANEJA FELIPE & FALCÃO


- HOJE, DOMINGO, dia 10 de julho de 2022:
Nossa surpresa inesperada e nosso Agradecimento Público à
Esta CONSAGRADA DUPLA SERTANEJA FELIPE & FALCÃO!!! AGRADÁVEL SURPRESA QUE NOS DEIXOU MUITO HONRADOS E ENVAIDECIDOS, POR TERMOS RECEBIDO PALAVRAS TÃO ELOGIOSAS DESTA TÃO TALENTOSA DUPLA SERTANEJA. ...OOOBBBRRRIIIGGGAAADDDOOO...
- Também aproveitamos este tão especial momento para AGRADECERMOS O ENORME CARINHO DE TODOS.  Hoje está sendo um Dia de Domingo Super Especial para nós: MATEUS HENRIQUE E MICHEL, e Equipe. Pessoas 
Amigas, que estão acessando o Canal Oficial da Dupla desde às 12:00 horas. (meio dia)
LANÇAMENTO DA MÚSICA MODO CAIPIRA 
no Canal Oficial do YouTube 
DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL:

https://m.youtube.com/channel/UCMC16NmHvaVOXlKVH23ib2g

Título da composição musical: MODO CAIPIRA
Compositores: Odenir Ferro e Michel Ramalho


Roupa fina do caipira,
É chapéu de aba larga
Uma camisa xadrez,
Calça americanizada

Mas ela encasquetou,
Que a minha roupa,
É moda ultrapassada

Até com a minha botina
Ela engrossou de vez,
Mas se depender de mim
Compro uma todo mês

O meu sistema bruto
A morena vai tê que acostumá
Prá me ganhá...
Prá me ganhá...
Prá me ganha...

Tem que entende que esse
É o meu modo caipira
Fala porta e porteira
Não ter vergonha da lida

Patricinha aqui na roça,
Não tem mentira
Cê acabou de chegar
Tá querendo só mandar,
Mas eu vou te ensinar

Tem que entende que esse
É o meu modo caipira
Fala porta e porteira
Não ter vergonha da lida
Patricinha aqui na roça
Não tem mentira
Se acabou de chegar
Tá querendo só mandar,
Mas eu vou te ensinar

Modo caipira

sexta-feira, 8 de julho de 2022

DOMINGO, DIA 10 DE JULHO DE 2022 ás 12:00 hs. LANÇAMENTO OFICIAL DA MÚSICA MODO CAIPIRA por: Odenir Ferro


MARCELÃO, da DUPLA SERTANEJA MARCOS PAULO & MARCELO

DOMINGO, dia 10 de julho de 2022 às 12:00 hs:
LANÇAMENTO DA MÚSICA MODO CAIPIRA 
no Canal Oficial do YouTube 
DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL:

https://m.youtube.com/channel/UCMC16NmHvaVOXlKVH23ib2g

Título da composição musical: MODO CAIPIRA
Compositores: Odenir Ferro e Michel Ramalho


Roupa fina do caipira,
É chapéu de aba larga
Uma camisa xadrez,
Calça americanizada

Mas ela encasquetou,
Que a minha roupa,
É moda ultrapassada

Até com a minha botina
Ela engrossou de vez,
Mas se depender de mim
Compro uma todo mês

O meu sistema bruto
A morena vai tê que acostumá
Prá me ganhá...
Prá me ganhá...
Prá me ganha...

Tem que entende que esse
É o meu modo caipira
Fala porta e porteira
Não ter vergonha da lida

Patricinha aqui na roça,
Não tem mentira
Cê acabou de chegar
Tá querendo só mandar,
Mas eu vou te ensinar

Tem que entende que esse
É o meu modo caipira
Fala porta e porteira
Não ter vergonha da lida
Patricinha aqui na roça
Não tem mentira
Se acabou de chegar
Tá querendo só mandar,
Mas eu vou te ensinar

Modo caipira

quarta-feira, 6 de julho de 2022

DOMINGO, DIA 10 DE JULHO DE 2022 HORÁRIO OFICIAL LANÇAMENTO OFICIAL DA MÚSICA MODO CAIPIRA: 12:00 A.M. HORÁRIO DE BRASÍLIA



Música MODO CAIPIRA Oficial Teeser, na interpretação,

da Dupla Sertaneja Mateus Henrique e Michel

DOMINGO, DIA 10 DE JULHO DE 2022

HORÁRIO OFICIAL LANÇAMENTO DA MÚSICA MODO CAIPIRA: 12:00 A.M. HORÁRIO DE BRASÍLIA

Título da Composição Musical: MODO CAIPIRA

Compositores: MICHEL RAMALHO Letra

  ODENIR FERRO Música e melodia

 

Roupa fina do caipira,

É chapéu de aba larga

Uma camisa xadrez,

Calça americanizada

 

Mas ela encasquetou,

Que a minha roupa,

É moda ultrapassada

 

Até com a minha botina

Ela engrossou de vez,

Mas se depender de mim

Compro uma todo mês

 

O meu sistema bruto

A morena vai tê que acostumá

Prá me ganhá...

Prá me ganhá...

Prá me ganha...

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

 

Patricinha aqui na roça,

Não tem mentira

Se acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

Patricinha aqui na roça

Não tem mentira

Se acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar


Modo caipira



TEESER OFICIAL DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL por: Odenir Ferro



Música MODO CAIPIRA Oficial Teeser, na interpretação,

da Dupla Sertaneja Mateus Henrique e Michel

DOMINGO, DIA 10 DE JULHO DE 2022

HORÁRIO OFICIAL LANÇAMENTO DA MÚSICA MODO CAIPIRA: 12:00 A.M. HORÁRIO DE BRASÍLIA

Saudações a Todos! Estamos preparando o pré- lançamento da música Modo Caipira pronta pra ser distribuída nas plataformas digitais. Inclusive no YouTube. Ela vai estar finalizada e masterizada em vídeo e áudio em breve.

https://m.youtube.com/channel/UCMC16NmHvaVOXlKVH23ib2g 

Segue o link do 

CANAL OFICIAL DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL

Por favor, se quiserem ou puderem, se inscrevam no Canal. Obrigado. Deus nos abençoe a Nós Todos! Se possível nos retornem. Podem dar uma sugestão, uma opinião... O importante e estarmos nos comunicando, nos interagindo...

Título da Composição Musical: MODO CAIPIRA

Compositores: MICHEL RAMALHO Letra

  ODENIR FERRO Música e melodia

 

Roupa fina do caipira,

É chapéu de aba larga

Uma camisa xadrez,

Calça americanizada

 

Mas ela encasquetou,

Que a minha roupa,

É moda ultrapassada

 

Até com a minha botina

Ela engrossou de vez,

Mas se depender de mim

Compro uma todo mês

 

O meu sistema bruto

A morena vai tê que acostumá

Prá me ganhá...

Prá me ganhá...

Prá me ganha...

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

 

Patricinha aqui na roça,

Não tem mentira

Se acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar

 

Tem que entende que esse

É o meu modo caipira

Fala porta e porteira

Não ter vergonha da lida

Patricinha aqui na roça

Não tem mentira

Se acabou de chegar

Tá querendo só mandar,

Mas eu vou te ensinar


Modo caipira



terça-feira, 5 de julho de 2022

MUSICA MODO CAIPIRA por MATEUS HENRIQUE E MICHEL por: Odenir Ferro



Make-off em Studio Teeser 33 seg

 Saudações a Todos! Estamos preparando o pré- lançamento da música Modo Caipira pronta pra ser distribuída nas plataformas digitais. Inclusive no YouTube. Ela vai estar finalizada e masterizada em vídeo e áudio em breve.


https://m.youtube.com/channel/UCMC16NmHvaVOXlKVH23ib2g 

Segue o link do 

CANAL OFICIAL DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL

Por favor, se quiserem ou puderem, se inscrevam no Canal. Obrigado. Deus nos abençoe a Nós Todos! Se possível nos retornem. Podem dar uma sugestão, uma opinião... O importante e estarmos nos comunicando, nos interagindo...





sexta-feira, 24 de junho de 2022

ESTAMOS APRESENTANDO A DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL PARA AS PESSOAS ! Odenir Ferro



- NÓS, Eu, Odenir, agora aqui, representando os CANTORES SERTANEJOS, ESTAMOS APRESENTANDO A LOGOMARCA OFICIAL DA DUPLA SERTANEJA MATEUS HENRIQUE E MICHEL PARA AS PESSOAS ! Esta é a Logomarca Oficial da Dupla Sertaneja Mateus Henrique e Michel. Se Deus quiser, logo mais estaremos circulando entre este carinho gostoso que é: VOCÊS E NÓS! NÓS E VOCÊS. POR DEUS TODO PODEROSO! INDEFINIDAMENTE...  Logo mais estaremos postando nas Plataformas Digitais, a PRIMEIRA MÚSICA DO DVD DE MATEUS HENRIQUE E MICHEL: MODO CAIPIRA! Autoria Musical de ODENIR FERRO E MICHEL RAMALHO Contatos para Shows, a partir de Agosto de 2022.

quinta-feira, 2 de junho de 2022

Dezembro de 2022 NATAL 2012! ANO NOVO 2023... JESUS CRISTO VIVE NO TUDO DE TUDO ISTO?! Escritor e Compositor Musical Odenir Ferro

 






Dezembro de 2022 NATAL 2012!
ANO NOVO 2023... JESUS CRISTO VIVE NO TUDO DE TUDO ISTO?!

Escritor e Compositor Musical Odenir Ferro

Através dos vidros transparentes, com o meu quarto na penumbra, à meia-luz, noto a intensidade da claridade vinda do luar, cujo reflexo incide num dos vidros da janela semiaberta. Desvio o meu olhar da tela do computador, e posso ver, ao longe, as resplandescências cintilantes de inumeráveis estrelinhas, pesponteando-se – tais quais, iguais, às pequeninas contas iluminadas de diamantes – enriquecendo o cenário da vida, nas negruras intransponíveis do céu equidistante... Aonde somente elas, cintilam belas e solitárias. Num encantador e eterno vagar pulsante, a brilharem, brilharem, brilharem. Começo a despertar dentro de mim, uma espécie de contentamento sem fim... Deixo murmurar suavemente, a voz reflexiva do meu interior. E vou meditando nas emoções que sinto dentro do meu ser. Enquanto, entretanto, vou deixando fluir de dentro para fora de mim, a realidade da minha fé cristã. Sinto o quanto é importante amarmos – acreditando na incondicionalidade natural que possa vir entre os nossos relacionamentos – dentro da afetividade pura e simples, extraída da convivência e do respeito mútuo e atrativo que existe entre os seres humanos. Quando voltamos os nossos corações, a nossa alma, a nossa vida enfim, para o contínuo despertamento que se gera, através das forças motivacionais que se provêm ininterruptamente, quando nos predispomos a amarmo-nos num conjunto afetivo incondicional. Tanto a nós mesmos, assim como também, é evidente, a tudo e a todos que estão dentro dos nossos ciclos afetivos... E, também, até aos dos ciclos afetivos ausentes de nós. Mas, que são seres humanos tão iguais a nós. Somos um conjunto, formando o Ego Sociocultural Emocional deste Todo, o qual nós o denominamos de Vida! E este conjunto, o qual nós denominamos de Vida, se compreende dentro dos espaços naturais visíveis e invisíveis, compreensíveis ou incompreensíveis, evidentes ou ocultos, misteriosos ou esclarecidos, no conjunto vibracional do Todo – onde dentro deste Todo, cada um de nós, formamos, dentro da nossa parcela existencial, uma sociedade – na qual, através dela, vamos registrando o pulsar afetivo da nossa história pessoal. Dentro da História Coletiva, a qual está inserida dentro dos Registros de Vida, onde vamos caminhando nesta realidade virtual ou física, emocional ou abstrativa, formando um Caleidoscópio Interior, dentro da nossa existência espiritual e física, aonde vamos nos locomovendo dentro das dinâmicas vibracionais deste existir. Onde, incansáveis e laboriosamente, vamos depositando pétalas e mais pétalas de amores, extraídas da nossa flor composta pelos nossos enredos existenciais. Enquanto formos capazes de discernirmos – por dentro e por fora de nós – as nossas predisposições intelectuais e emocionais e espirituais e físicas, para irmos nos manifestando dentro das nossas Culturas Sociais. E, desta maneira, podermos receber e darmos as nossas manifestações existenciais – dentro dos parâmetros vibracionais que se mostram dentro dos discernimentos que se expandem ou se retraem no conjunto total do viver – enaltecendo as nossas compactuais virtudes, para vivenciarmos os climas de belezas, de amores, de espiritualidades, feitos no dinamismo da afetividade sincera: a qual, ininterruptamente, se emana do amor comum. Provindo da paz que se gera através do diálogo coerente da poesia manifesta em tudo o que é belo, em tudo o que é feito com amor, em tudo o quanto se gera dentro das esferas musicais, sonorizadas por virtuosos e maravilhosos cânticos angelicais; onde podemos sentir a vibração espiritual de cada desejo exposto em forma de virtudes amorosas – tanto para conosco mesmo, assim como também para com o nosso próximo – e desta forma, avançarmos pelos incógnitos misteriosos deste viver! Rumando na busca do sentido existencial, enquanto vamos nos aprofundando dentro das nossas memórias cognitivas e emotivas... Sempre caminhando avante, na liberdade que se expressa dentro da nossa fé cristã! Manifestada a partir da realidade espiritual do nosso interior, indo projetar-se nas esperanças mais radiantes que depositamos nas dimensões reais que se encontram dentro do equidistante espaço infinito... Somos todos abrangentes de vida – formamos dentro de nós, pequenos oásis de amores – através dos quais, vamos, nos atrevendo no viver, usando como ferramentas e armas, nossos dons, nossos domínios, nossos espaços, dentro dos parâmetros formados, naturalmente, pelas veredas cognitivas das nossas manifestações intelectuais, culturais, emocionais, expondo-nos assim, dentro do nosso quadro social, mediante ao nosso viver. Declarando-nos, dentro e através dos nossos dias comuns e, também daqueles dias incomuns, esplendorosos, radiantes, ímpares, depositando – através dos nossos muitos gestos corporais, seja através dos nossos olhares, do nosso corpo, das nossas mãos, da nossa fala, enfim, seja por todos os meios de que nos dispusermos, para irmos nos manifestando, perante a realidade do viver, deixando a nossa marcante presença, dentro deste miraculoso existir. Vibrando e sintonizando a nossa presença, dentro deste nosso puro estado emotivo e motivado de amarmo-nos assim como também, procurarmos amar ao nosso próximo – enquanto, naturalmente, vamos sendo colaboradores e doadores afetivos, buscando dentro de nós e dentro do nosso próximo, as transmissões e as transmutações e as transfigurações geradas através das realidades criadas nas sintonias deste amor incondicional... Existente dentro desta coligação afetiva, que nos vai impulsionando a vibrarmos a nossa existência amorosa e pacífica, dentro desta complexidade espiritual e física, que se engloba dentro do nosso corpo, dentro do nosso meio pessoal, intransferível e ímpar, e que gera a realidade do nosso existir. Dentro destas abstrativas reflexões, fico meditando, pensando, procurando sentir, dentro do íntimo emocional afetivo do meu ser, a magnitude infinita, contida no Todo complexo e tão puro, manifesto não somente nas Palavras, mas também na Força dinâmica e tão fortemente plena de impactos carismáticos, que se faz dentro da Sua História Pessoal – e que veio atravessando minutos, horas, dias, meses, anos, décadas, séculos, milênios, para assim continuar-se Ad-infinitum, dentro da realidade global humana – onde os nossos processos cognitivos, sejam eles emocionais, espirituais ou afetivos – fazem com que elevemos o interior da alma do nosso coração, quando pensamos na plenitude da realidade inimaginável, aos nossos sentidos comuns, para captarmos ou entendermos a extensão divinal dentro do quanto, em pureza de Amor, aquele grande Homem, aparentemente tão comum, na sua época, pode vir atravessando as Histórias, deixando dentro de cada conteúdo histórico, a Sua presença espiritual, fazendo dos seus ensinamentos, das suas palavras, a infinita importância da Sua Existência, dentro do mundo pessoal de cada um de nós! Jesus Cristo é o Rei da Vida! Ele é O Sábio profundo! É O puro Amor, e é o Todo do Tudo! Dentro deste rico país tropical, o verão nem ainda começou, e já sentimos o calor intenso vibrando de dentro de estas naturais belezas formadas no interior desta brasilidade. Tenho o maior orgulho de ser um brasileiro a mais entre milhões de outros tantos iguais! E, assim sendo, eis que então, o Celebração do Natal de 2022, se aproxima... Novamente, comemoramos, o aniversário deste Grandioso, Ímpar, Excepcional Mestre Filho de Deus, o qual nós o denominamos de Jesus Cristo! Percebo, dentro da simplicidade natural do meu existir, o quanto O Seu Amor é essencial e produtivo para a minha complexa existência! (E, é claro, é evidente, é transparente, e, porque não dizer: clarividente até, de que Ele Ama a tudo e a todos, incondicionalmente!) Para que eu possa desfrutar de um agradável e marcante momento de vida, degustando os diversos sabores de um vitaminado de frutas tropicais, num dia de calor, numa mesa de bar, à beira de uma praia... Quem? Quais foram as pessoas que estiveram por trás deste, afinal, resultado...? No qual eu o busquei, para satisfazer-me, dentro das minhas exposições ou vaidades pessoais?! Creio que foram muitas e muitas, as pessoas envolvidas dentro deste meu procedimento natural de existir. Enquanto eu me satisfiz com as belezas naturais do cenário, degustando o vitaminado de frutas, automaticamente nem pensei, que por trás de tudo isto, esteve o garçom, esteve o barman, a copeira, o coletor de lixo, o dono do Bar, o entregador de frutas, o colhedor de frutas, o plantador de frutas, enfim, muitas e muitas e muitas pessoas, amorosamente ou não, se uniram, presenciais ou não, diretas ou indiretas, para proporcionar-me, como resultado final, a degustação do meu saboroso vitaminado de frutas. E Jesus Cristo? Está envolvido com Tudo isto? Não somente com este meu procedimento, mas com bilhões e bilhões de movimentos que acontecem na dinâmica quântica do Planeta, a cada átimo de segundos: sejam as resultantes deles, bons, maravilhosos, fantásticos, excepcionais, ou os inversos, que são: ruins, danosos, catastróficos...? Dentro disto Tudo, quantos (?)... Irmãozinhos nossos: sentem fome, sentem dores, sentem repulsas, sentem desumanidade, sentem frio, sentem calor, sentem tudo, dentro do todo que é o desamor... Desamor que é o inverso do verso do avesso do reverso do Amor... E, assim, sendo: Eles sentem, acima de tudo, fome de amor humano, sede de confraternização, sede de Justiça...! E Jesus Cristo? Compartilha? Dentro do seu Divinal Amor. Compartilha...? Está envolvido com estes procedimentos – os quais, percebo, instintivamente, dentro da minha humilde fé, sinto que percebo, intuitivamente, que percebo... que percebo... que percebo – que são dramáticos, que são desconexos, mas, contudo, todavia, porém, que são as resultantes dos conflitos existenciais, meramente, egoisticamente, humanos?! Dentro dos ritmos lógicos, o nosso Calendário Cultural Mundial, avança, mudando o Ano de 2022 para o Ano Novo de 20123...! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo! (Daí, então, o assistente de palco, levanta a placa com os escritos (num português errado) bem grandes: PRATÉIA APRAUSOS! (Traduzindo: O Correto é: PLATÉIA, POR FAVOR, APLAUSOS! OBRIGADO!) No Mundo todo, comemoramos este festejo! E dentro do íntimo de cada um de nós, fazemos uma lista de desejos... Imaginando aprimorarmo-nos, dentro das nossas qualidades estéticas ou espirituais, no que, porventura, concernir-nos à renovação de tudo o que já fomos e que ainda somos! Dentro do tudo o que sempre fôramos! Um Ser Humano único, intrasferível, criando a nossa própria História Pessoal, dentro deste incógnito trajeto, o qual, nós o denominamos de Vida! Somos todos carentes, e, dependentes que somos, ansiamos por aprovações... Desejamos sermos notados... E, acima de tudo, desejamos que sejamos amados... Mas, nós todos, somos todos, uns mais outros menos, outros ainda, mais e mais, e mais... Muito, Muito, Muito mais, super megalômanos... Mas, dentro do nosso ser existencial, dentro do nosso existir, somos todos egocêntricos e exibicionistas... Fantasiamos as nossas atitudes, esperando do nosso próximo, tudo o que temos por concepção nata: As aprovações ou as reprovações... E, as quais devemos demonstrá-las, naturalmente... Desejamos Amor e desejamos sermos Amados! Mas, estamos aptos para amarmos e sermos amados? E, assim sendo, realmente acreditamos nesta profunda realidade de podermos compartilharmo-nos?! Estamos próximos ou longe de Deus? Estamos sentindo, crendo em Jesus Cristo agora?! Somos felizes, estamos em paz... O que nos está faltando...?! Para que possamos sermos completos dentro do que sempre fomos: Completos, desde que possamos criar dentro do íntimo de nós, habilidades naturais para aceitarmo-nos tais quais, nós sempre fôramos...! O Amor de Deus por nós, é incondicional... E nós, nós nos amamos, e, incondicionalmente amamos o nosso próximo?! Nós somos tão imperfeitos, dentro da nossa perfeição... Criamos tantas perfeições, dentro das imperfeições que são geradas iguais, dentro do mesmo teor de cada um de nós mesmos: e, assim sendo, somos tão lindos – imperfeitos que somos – dentro desta perfeição que Deus nos gerou, tão desconhecedor destas nossas atitudes, querendo, ou, desejando, despertarmo-nos para o Amor, buscando N’Ele, a esperança de abençoarmo-nos, dentro deste invólucro magnético espiritual sociocultural tão solitário, o qual nós o denominamos de nós, ente, ser, pessoa, ser individual... E dentro de nós, vamos buscando e rebuscando-nos dentro desta beleza de Vida, a qual nós a denominamos de Amor! Feliz Ano Novo de 20123, para toda a Humanidade!

terça-feira, 24 de maio de 2022

Fw: 25 05 journée mondiale de l'Afrique world africa day dia mundial de africa giornata mondiale dell'africa dia mundial da áfrica



----- Mensagem encaminhada -----
De: Gabrielle Simond 
Enviado: terça-feira, 24 de maio de 2022 05:37:28 BRT
Assunto: Fwd: Fwd: 25 05 journée mondiale de l'Afrique world africa day dia mundial de africa giornata mondiale dell'africa dia mundial da áfrica

 

 de notre ambassadeur Valentin Anglo Bénin

votrre indulgence pour les traductions merci !


journée mondiale de l'Afrique

Jour de gaité,
Ou tu es Africain ou tu es géniale,
Une Afrique hospitalière,
Réputée pour ton talent,
Notre époque en est fière,
Et la joie coule sur toutes les cases,
Elle est si belle, mon Afrique;

Mon Afrique de paix,
Optimiste, mon Afrique sourit au progrès,
Notre grenier rempli de vivres
Détermine l'ardeur au travail de tes enfants,
Instruits aux mieux êtres,
A l'horizon de la science et de la technique,
La lumière jaillit du firmament,
Et ta fusée monte au Ciel ;

De dirigeants éclairés, d'une Afrique digne,
Ensemble, bâtissons une Afrique heureuse ;

La femme africaine fière d'une beauté,
A l'africaine,
Fête sa nature à la naturelle,
Responsabilité et Liberté
Incarnent la valeur africaine,
Qu'elle harmonie à l'approche genre!
Une Afrique des nations unies,
Et une Afrique agricole ouverte à l'industrie.


world africa day

Cheerful day,
Either you are African or you are awesome,
A hospitable Africa,
Renowned for your talent,
Our time is proud of it,
And joy flows over all the boxes,
She is so beautiful, my Africa;

My Africa of peace,
Optimistic, my Africa smiles at progress,
Our attic filled with food
Determine the ardor of your children's work,
Well educated,
On the horizon of science and technology,
Light springs from the firmament,
And your rocket goes up to Heaven;

Enlightened rulers, a worthy Africa,
Together, let's build a happy Africa;

The proud African woman of beauty,
African style,
Celebrate its natural nature,
Responsibility and Freedom
Embody African value,
What harmony with the gender approach!
An Africa of the United Nations,
And an agricultural Africa open to industry.


dia mundial de africa

Día alegre
O eres africano o eres genial,
Un África hospitalaria,
Reconocido por tu talento,
Nuestro tiempo está orgulloso de ello
Y la alegría fluye por todas las cajas,
Ella es tan hermosa, mi África;

Mi África de paz,
Optimista, mi África sonríe ante el progreso,
Nuestro ático lleno de comida
Determina el ardor del trabajo de tus hijos,
Bien educado
En el horizonte de la ciencia y la tecnología,
La luz brota del firmamento,
Y tu cohete sube al cielo;

Gobernantes iluminados, un África digna,
Juntos, construyamos una África feliz;

La orgullosa mujer africana de belleza,
Estilo africano
Celebre su naturaleza natural,
Responsabilidad y Libertad
Encarna el valor africano,
¡Qué sintonía con el enfoque de género!
Una África de las Naciones Unidas,
Y una África agrícola abierta a la industria.

giornata mondiale dell'africa

Giornata allegra,
O sei africano o sei fantastico,
Un'Africa ospitale,
Rinomato per il tuo talento,
Il nostro tempo ne è orgoglioso,
E la gioia scorre su tutte le scatole,
È così bella, la mia Africa;

La mia Africa di pace,
Ottimista, la mia Africa sorride al progresso,
La nostra mansarda piena di cibo
Determina l'ardore del lavoro dei tuoi figli,
Ben educato,
All'orizzonte della scienza e della tecnologia,
La luce sgorga dal firmamento,
E il tuo razzo sale al Cielo;

Governanti illuminati, un'Africa degna,
Insieme, costruiamo un'Africa felice;

L'orgogliosa donna africana di bellezza,
stile africano,
Celebra la sua natura naturale,
Responsabilità e Libertà
Incarna il valore africano,
Che armonia con l'approccio di genere!
Un'Africa delle Nazioni Unite,
E un'Africa agricola aperta all'industria.

dia mundial da áfrica

Dia alegre,
Ou você é africano ou incrível,
Uma África hospitaleira,
Famoso pelo seu talento,
Nosso tempo se orgulha disso,
E a alegria flui por todas as caixas,
Ela é tão linda, minha África;

Minha África de paz,
Otimista, minha África sorri com o progresso,
Nosso sótão cheio de comida
Determine o ardor do trabalho de seus filhos,
Bem educado,
No horizonte da ciência e tecnologia,
A luz brota do firmamento,
E seu foguete sobe para o céu;

Governantes iluminados, uma África digna,
Juntos, vamos construir uma África feliz;

A orgulhosa mulher africana de beleza,
Estilo africano,
Comemore sua natureza natural,
Responsabilidade e Liberdade
Incorpore o valor africano,
Que harmonia com a abordagem de gênero!
Uma África das Nações Unidas,
E uma África agrícola aberta à indústria.

всемирный день африки

Веселого дня,
Либо ты африканец, либо ты классный,
Гостеприимная Африка,
Знаменитый своим талантом,
Наше время этим гордится,
И радость льется по всем ящикам,
Она такая красивая, моя Африка;

Моя Африка мира,
Оптимистично, моя Африка улыбается прогрессу,
Наш чердак заполнен едой
Определите задор ваших детских работ,
Хорошо образованный,
На горизонте науки и техники,
Свет бьет с небосвода,
И твоя ракета улетает в Небеса;

Правители просвещенные, Африка достойная,
Вместе давайте построим счастливую Африку;

Гордая африканская красавица,
Африканский стиль,
Празднуйте его естественную природу,
Ответственность и свобода
Воплотите африканскую ценность,
Какая гармония с гендерным подходом!
Африка Организации Объединенных Наций,
И сельскохозяйственная Африка, открытая для промышленности.

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Fw: Maman, tu m’as dit… Mom, you told me ... Mamá, me dijiste ... Mamma, mi hai detto... Mãe, você me disse ...Мама, ты мне сказал ...



----- Mensagem encaminhada -----
De: Gabrielle Simond
Para: "
Enviado: quarta-feira, 18 de maio de 2022 04:57:37 BRT
Assunto: Fwd: Maman, tu m'as dit… Mom, you told me ... Mamá, me dijiste ... Mamma, mi hai detto... Mãe, você me disse ...Мама, ты мне сказал ...


 

                                       FETE DES MERES DANS LE MONDE

de notre ambassadeur Gérard Gautier France

                     et en pj :
Aziz  Mountassir Maroc  /RINI VALENTINA INDONESIE

votre indulgence pour les traductions merci !

Maman, tu m'as dit…

Maman, tu m'as dit souvent
Sois sage, petit, et tu gouteras
A la beauté des paysages
A la blondeur des sables,
A la magie des senteurs,
Du jasmin, des roses, des orangers,
De l'odeur épicée du vent.


Maman, tu m'as dit souvent
Sois sage et tu aimeras
La poésie changeante de la nature,
La beauté des oasis hospitalières,
Le regard des Hommes bleus, libres.


Dis-moi, Maman, pourquoi
Je ne vois que la nuit,
Ne sens rien que l'odeur acre
De la terre, de la poudre,
Dis-moi, Maman, pourquoi
Je ne sens plus l'odeur du cèdre,
Des pistachiers, des amandiers…


Dis M'man,
M'man qu'as-tu?
Dis M'man
Pourquoi tu sanglotes?
Dis M'man
Pourquoi t'es à genoux?
Dis M'man
Pourquoi tu ne m'entends pas?
M'man…
Reste M'man…
Reste…
M'an… M'an…
C'est quoi la Paix…?


Mom, you told me ...

Mom, you told me often
Be wise, little one, and you will taste
To the beauty of the landscapes
In the blondness of the sands,
With the magic of scents,
Jasmine, roses, orange trees,
The spicy smell of the wind.

Mom, you told me often
Be wise and you will love
The changing poetry of nature,
The beauty of hospitable oases,
The gaze of blue men, free.
Tell me, mom, why
I only see at night,
Smell nothing but the acrid smell
Earth, powder,
Tell me, mom, why
I no longer smell the cedar,
Pistachio trees, almond trees ...

Say Mom,
Mom what do you have?
Say mum
Why are you sobbing?
Say mum
Why are you on your knees?
Say mum
Why can't you hear me?
Mom ...
Stay Mom ...
Stay…
M'an ... M'an ...
What is Peace ...?

Mamá, me dijiste ...

Mamá, me lo dijiste a menudo
Sé sabio, pequeña, y saborearás
A la belleza de los paisajes
En el rubio de las arenas,
Con la magia de los aromas
Jazmín, rosas, naranjos,
El olor picante del viento.

Mamá, me lo dijiste a menudo
Sé sabio y amarás
La cambiante poesía de la naturaleza,
La belleza de los oasis hospitalarios,
La mirada de los hombres azules, libre.

Dime mamá por qué
Solo veo de noche
No huele nada más que el olor acre
Tierra, polvo,
Dime mamá por qué
Ya no huelo el cedro,
Pistachos, almendros ...

Di mamá,
Mamá, ¿qué tienes?
Di mamá
¿Por qué lloras?
Di mamá
¿Por qué estás de rodillas?
Di mamá
¿Por qué no me escuchas?
Mamá ...
Quédate mamá ...
Permanecer…
M'an ... M'an ...
¿Qué es la paz ...?

Mamma, mi hai detto...

Mamma, me l'hai detto spesso
Sii saggio, piccolino, e gusterai
Alla bellezza dei paesaggi
Nel biondo delle sabbie,
Con la magia dei profumi,
gelsomino, rose, aranci,
L'odore speziato del vento.

Mamma, me l'hai detto spesso
Sii saggio e amerai
La poesia mutevole della natura,
La bellezza delle oasi ospitali,
Lo sguardo degli uomini blu, libero.

Dimmi, mamma, perché
vedo solo di notte,
Odore nient'altro che l'odore acre
terra, polvere,
Dimmi, mamma, perché
non sento più il cedro,
Pistacchi, mandorli...

dimmi mamma,
Mamma cosa hai?
dì mamma
Perché stai singhiozzando?
dì mamma
Perché sei in ginocchio?
dì mamma
Perché non mi senti?
Mamma ...
resta mamma...
Restare…
M'an... M'an...
Che cos'è la pace...?

Mãe, você me disse ...

Mãe, você me disse muitas vezes
Seja sábio, pequenino, e você vai provar
Para a beleza das paisagens
Na loireza das areias,
Com a magia dos aromas,
Jasmim, rosas, laranjeiras,
O cheiro picante do vento.

Mãe, você me disse muitas vezes
Seja sábio e você vai adorar
A mudança da poesia da natureza,
A beleza de oásis hospitaleiros,
O olhar dos homens azuis, livre.

Me fala mãe porque
Eu só vejo à noite,
Não sinta nada além do cheiro acre
Terra, pó,
Me fala mãe porque
Eu não sinto mais o cheiro do cedro,
Árvores de pistache, amendoeiras ...

Diz mãe,
Mãe o que você tem?
Fala mãe
Por que você está chorando?
Fala mãe
Por que você está de joelhos?
Fala mãe
Por que você não pode me ouvir?
Mãe ...
Fica mãe ...
Ficar…
M'an ... M'an ...
O que é paz ...?

Мама, ты мне сказал ...

Мама, ты мне часто говорила
Будь мудрым, малышка, и ты попробуешь
К красоте пейзажей
В сиянии песков,
С волшебством ароматов,
Жасмин, розы, апельсиновые деревья,
Пряный запах ветра.

Мама, ты мне часто говорила
Будь мудрым, и ты полюбишь
Меняющаяся поэзия природы,
Красота гостеприимных оазисов,
Взгляд синих человечков, свободный.

Скажи мне, мама, почему
Я вижу только ночью,
Ничего не пахнет, кроме едкого запаха
Земля, порошок,
Скажи мне, мама, почему
Я больше не чувствую запаха кедра,
Фисташки, миндальные деревья ...

Скажи, мама,
Мама, что у тебя есть?
Скажи маме
Почему ты рыдаешь?
Скажи маме
Почему ты стоишь на коленях?
Скажи маме
Почему ты меня не слышишь?
Мама ...
Оставайся мамой ...
Оставаться…
M'an ... M'an ...
Что такое мир ...?