Caminho pelas Estrelas Follow by Email

domingo, 9 de outubro de 2016

LIVRO: À ETERNA ALEXANDRIA, Poema: SEGREDOS LOUVÁVEIS, Autor: Odenir Ferro




SEGREDOS LOUVÁVEIS

Autor: ODENIR FERRO 

Deste amor, o que se faz, é premissa
Força duma reza bravia e quase santa.
Capaz de elevar-se no além duma missa
Plangente num oráculo de luz remansa.

Despetalado em fagulhas de coloridas pétalas
Luzentes. Neste amor, o que se faz de ético,
É uma cumplicidade sacrossanta. Onde estrelas
Depositam pureza, fulgor! Num caminhar cinético

Onde o eterno, inabalável é; ante as adversidades.
Que o próprio mundo insano, inclementes dores impõe.
Mas a fortaleza, é luta bravia. E cheia de vaidades!

Este amor nunca se acabará; pois que fora gerado
Na imensidão do infinito. Dentro d'alma que o compõe.
Revelando-me tantos segredos louváveis, no tino fadado.

Nenhum comentário: