Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Monte Castelo





Somos meros tentadores, tentados a Interpretar os Incógnitos instigantes, maravilhosos, indecifráveis, do Criador, de Deus, ou seja lá qual a forma que desejem interpretá-Lo, dentro dos seus íntimos, dos seus instintos... Amo de Paixão, Renato Russo, obrigado à Família Manfredini, por ter gerado este Homem Excepcional! Vão bora, gente, igualdade, igualdade, igualdade, libertade, JUSTIÇA! MATAR PRA QUÊ? VAMOS DEIXAR AS DORES DO EGO VAIDOSO, DE LADO, E, PARA O LADO... GRAÇAS A DEUS, SOMOS TODOS DESIGUAIS, ASSEMELHAMO-NOS, APENAS, GRAÇAS A DEUS! ENQUANTO EU EXISTIR, DESEJO SER UM IMITADOR DOS MEUS ÍDOLOS: JOGAR FLORES E AMORES E DEIXAR UM HUMILDE LEGADO DE PAIXÕES, NA PROCURA DE UMA MELHORIA NA QUALIDADE DE VIDA DAS GERAÇÕES FUTURAS... E, AMAR, É: ATIRAR-SE NOS INCÓGNITOS DOS ABISMOS EXISTENCIAIS... Pôoooorrraaaa! Nascemos dela, Vindo de um Maravilhoso Pai, no meu caso a minha Imortal paixão, Ângelo Ferro: e, através dela, tem uma Mulher, que, por Amor de nós, carrega um peso "Amoroso?¹ por nove meses, esperando puras paixões ou frustrantes decepções... E, nós não somos os donos deste Tudo que Deus criou... Respeito, gente... TEM UMA ANTIGA MÚSICA DO ROBERTO CARLOS, CUJA LETRA (Naquela época, aguardávamos os Dezembros, para comprar o LP do ROBERTO CARLOS, e, naquele ano, uma das suas músicas, foi um impacto emotivo, dentro do meu coração: um trecho da letra da música, diz: SE AS FLORES SE MISTURAM PELOS CAMPOS, É QUE CORES DIFERENTES VIVEM JUNTAS...!" Odenir Ferro, Escritor, Poeta, Embaixador Universal da Paz!