Caminho pelas Estrelas Follow by Email

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Poema: VIDA EM PROFUSÃO Aurtor: ODENIR FERRO

 
Para os meus verdadeiros amigos: Aqueles que realmente me conhecem,
eu costumo dizer, sempre:
Eu, quanto eu, pequenino e humilde que sou, somente devo satisfações pessoais a Deus, por intermédio de Jesus Cristo. Ele não está (representativo, simbólico, ali, na foto) mas está aqui... Indescritível e aceito. Dentro da Alma espetacular da minha vida! Amém
Odenir Ferro
 
POEMA: VIDA EM PROFUSÃO
Autor: Odenir Ferro
 
A luz do luar invade. Faz clarão
Na fímbria luz, da vela acesa...
E, na penumbra, faço uma reza...
Envolvendo Minh 'alma. Na emoção!
 
Dentro do meu quarto silencioso,
Aqueço um indignado; doído coração.
E peço ao Anjo da Guarda, amoroso,
Complacências, concórdia, proteção.
 
Deixando o meu espírito transcender-se...
Tal como a espiralada luz da vela...
Deixo a minha honrosa prece ascender-se!...
Elevando-se, na fímbria luz, que caí da lua!
 
Agradecido fico; ao meu bom Anjo Guardião.
Que pastoreia a minha vida, em profusão.
Por todo o bem que Ele me presenteia,
Quando a sua luz me vibra. E clareia...