Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Enc: [AssociacaoInternacionalPoetasdelMundo] SEMANA DO ESCRITOR - ODENIR FERRO


----- Mensagem encaminhada -----
De: Poetas del mundo brasil
Para: Fórum Grupo Fórum de Cultura MS; Grupo Luna & Amigos Luna e Amigos; Grupo Associação Interancional Associação Internacional Poetas del Mundo 
Enviadas: Quarta-feira, 24 de Julho de 2013 8:50
Assunto: [AssociacaoInternacionalPoetasdelMundo] SEMANA DO ESCRITOR - ODENIR FERRO

 

 
----- Original Message -----
 
DENTRO DA MINHA SOLIDÃO
 Odenir Ferro
 
 
Conviver por algum tempo com um excelente livro, envolvendo-se espiritual, física e emocionalmente com ele, - criando íntimos laços afetivos, - é como se saboreássemos importantes partes, dos melhores momentos da vida contida dentro da nossa existência! Ao darmos insights de credibilidade ou não, a estes sublimes momentos em que os percorremos vivendo-os até hoje, neste presente momento. Momento que pretendemos continuar percorrendo-o, formando uma somatória de um caminho que nos conduzirá rumo à Eternidade! Dentro destes momentos, somos uma obra inacabada. Assim como os livros! E temos a total liberdade de irmos aprimorando-a, momento a momento. Deixando que a nossa imaginação possa atingir a plenitude do ápice da sedução de se envolver com as tramas encenadas, dentro de um clássico literário contendo os muitos personangens saídos das realidades - sonhadoras e fantaciosas dos grandes mestres escritores, - para as realidades fictícias, das dramáticas páginas do livro. Seja ele construído na forma de Romance, Conto, Poemas,...
A importância primordial de um livro é a de tê-lo envolvido com os nossos mais afetuosos e abstrativos abraços! Dando-lhe total credibilidade de sumária importância, por considerá-lo como sendo o nosso melhor e mais fiel amigo. Tão amigo e tão fiel, quanto ao nosso mais queridos animais de estimação. Muitas vezes, até mesmo, muito mais que os nossos poucos amigos pessoais. E tão delicioso, envolvente e sedutor, quanto a nossa felicidade de saciarmos a sede com um copo de água límpida, cristalina e gelada, num dia quente de verão.
Torna-se quase inenarrável para mim, transcrever as muitas facetas das boas memórias. Contidas ou incontidas, dentro das agradabilíssimas companhias literárias; que as tive junto de mim, nos meus momentos de solidão. Quando pudera trazer do meu lado, acompanhando-me em todos os sentidos, totalmente envolvidos com os meus mais profundos e sublimes sentimentos, o prazeroso abraço essencial e sublime e amigo, dos livros. Sempre fui um leitor ávido por conhecimentos, cultura e sabedoria. Tudo isto e muito mais, acabei encontrando nas páginas e mais páginas dos livros que li. Os livros que já li, são para mim, os filhos mais queridos dos meus escritores mais amigos. Os quais, sendo muitos, eu os escolhi a dedo. Também, dentro da minha percepção intuitiva, ao retirá-los das estantes das Bibliotecas; e depois, viajar para dentro deles, através da minha imaginação. Recriando através das suas páginas e mais páginas, todos os cenários e todos os personagens descritos pelos escritores.
Dentro destas viagens, - sobressaindo-me um pouco mais além de mim mesmo, - posso também expressar que é de extrema importância para o meu ego interior, saber que também eu, - além de ser um fiel leitor de muitos escritores, - sou mais um dentre tantos, entre eles. Também contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e consequentemente do Planeta. Criando elos essenciais de harmonias e belezas, através dos meus personagens, dos meus cenários, dos meus sonhos, dos meus ideiais, transmitindo-os através das páginas dos livros que escrevo.
Ser leitor e ser escritor, é uma importância extremamente vital para mim. Através das letras que escrevo, alcanço os meus inumeráveis leitores: - E sendo tão iguais a mim, buscam tudo o que eu também busco!
- As nossas realidades adaptando-se, ou, se reformulando continuamente. Através dos nossos sonhos! Quanta profundidade, quanto lirismo, quanta intelectualidade, adaptada para a realidade do nosso cotidiano comum, posso sentir, dentro de todos estes virtuais envolvimentos. Envolvimentos que, de página em página, de palavras em palavras, letras por letras, vamos galgando a mágica essencialidade dos nossos mais inebriantes objetivos; e que são contados e recontados, através das constâncias artísticas, obtidas através da integralidade dos nossos sonhos.
É muito prazeroso sentir nos olhos, nas emoções salientes, no aspécto geral das pessoas que já leram algo que escrevi, - sendo uma poesia, sendo um livro de poesias, sendo um artigo de jornal, ou algum outro texto que for, - aquela cumplicidade de satisfação, de aprovação, de envolvimento carinhoso, quase que platônico: - Entre mim, e estes meus amigos e amigas leitores, selando-nos com um ou vários pactos virtuais! Nuns instantâneos mágicos, envolvendo-nos através das realidades sonhadoras e ficcionais, dos meus escritos literários. Circundantes entre mim, eles, nós, percorrendo o imaginário ideário, que nos envolve com as realidades e as fantasias humanas! Ou seja: - Os amores, os sonhos, os anseios, as esperanças, as crenças, a fé... Enfim: - A vida toda, que se entrelaça no meio de todos nós!
Eu costumo percorrer um caminho imaginário ao compor um livro. Um caminho que ora é muito pleno de silêncios agudos e tristonhos. Noutras oras é ruidoso, chegando a ser barulhento, festeiro,... Mas, este caminho se conserva dentro de mim, - desdo o seu início até o seu fim, - como sendo um caminho sagrado. Um caminho que me conduz à busca da perfeição! Tudo nele, é envolvente e mágico! E eu o percorro sem saber o que acontecerá dentro dele, antes de chegar no seu final. Assim como na vida. Não tenho previsões! Tal qual iguais, somos na vida: - Não temos previsões sobre ela!  É como se tudo estivesse acontecendo simultaneamente entre o meu eu real, a minha arte, e a criação explosiva e itensa que se concentra dentro dos meus sentimentos, - que vão sendo, naturalmente, recriados através das emoções e vivências dos meus personagens. Personagens que são, - dentro a minha realidade ficcional, - uma extensão, um braço, de mim mesmo. E neste braço, interage um elo que me liga com a plenitude do Universo! E quanto a estes meus personagens, assumo que posso admití-los e admirá-los, identificando-os como sendo uma extenção emocional e racional de mim e das minhas enriquecidas vivências pessoais: - E que se concentram além do meu alter-ego!
Sinto que dentro desta estrada, tenho ainda, muito, mas muito, muito mesmo, do que aprender. Além de muito a percorrê-la ainda, é claro! Quanto a dizer-lhes como proceder no modo de escrever, digo-lhes o que sempre disse e ainda continuo a dizer para mim mesmo: - Escreva com toda a volúpia que se concentra no sangue da arte pulsante e viva, que se vibra dentro das emoções que estão incontidas dentro das memórias do seu coração! Você, eu, nós todos, somos um personagem real, cada qual, dentro do seu mundo interior, obreiros dessa grande mágica espiritual e física que é esta grande Vida que está contida dentro desta nossa vida sonhadora, numas oras. Onde noutros momentos, somos o inverso: - Somos um personagem sonhador, dentro da brutalidade desta vida real! E em tudo, está perdurando o impregnado colorido etéreo das abstrativas tintas existenciais, e as suas obras inacabadas ou concluídas, geradas dentro do Amor Universal que se concentra e se extrai, das fontes vibracionais e metafísicas da Arte pura!
Sobre os meus livros que já estão impressos, públicos, - ou sobre os meus inéditos, ou tudo o que escrevo enfim, - posso dizer-lhes, assegurar-lhes que as páginas que os compõem, são as páginas extraídas da minha óptica artística. Sinto que dentro das páginas dos meus livros, se concentram um enorme palco giratório, que dentro das minhas percepções, nada mais é do que este nosso planeta. E através deste palco, o que mais me surpreende, me enleva e me deixa concentrado dentro do carisma mais profundo da etérea e eterna beleza mais sublime, é a realidade deste belíssimo fio comunicativo que se entrelaça entre o meu eu, os meus personagens e as pessoas que lêem tudo ou partes do que eu escrevo. E dentro disto tudo, sei que impera o elo absoluto deste eterno vínculo existencial que perdura entre nós e aquele algo a mais que se situa dentro do mais alto estágio do Divino Amor!
__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
     
OBSERVEM OS DIREITOS AUTORAIS.
.
ANEXOS:
NUNCA  MANDO MENSAGENS COM ANEXO.
PARTICULAR - RARAMENTE - ME COMUNICO VIA GRUPO.

Delasnieve Daspet
Embaixadora Universal da Paz -Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix
Genebra - Suiça
Presidente da Associação Internacional Poetas del Mundo
.
BIOGRAFIA
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/biobibliografia.html
PRÊMIOS - CONDECORAÇÕES E INDICAÇÕES
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/premios-e-condecoracoes.html
OCUPAÇÕES
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/ocupacoes.html
VIDEOS DE POESIAS E ENTREVISTAS
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/videos-de-delasnieve-daspet.html
PUCLICAÇÕES
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/publicacoes.html
BIBLIOGRAFIA
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/obras.html
EVENTOS
http://delasnievedaspet.blogspot.com.br/p/recomendo.html
.

__,_._,___