Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sábado, 31 de março de 2012

Fotos do Evento de Lançamento do Livro Às Meninas que sonham (Pétalas d'água), por Odenir Ferro


 
À

Todos os meus Excelentíssimos Convidados presentes, e também aos que não puderam ir por um motivo ou outro, o meu muito obrigado!

Fiquei muito feliz com o Evento de lançamento do livro Às meninas que sonham (pétalas d'água)

Sem as edições, foram mais de 200 fotos, registradas pela competente fotógrafa Katia Guidotti!

Além das filmagens que também sem edições, totalizaram mais de 1h20min., que ficou a cargo do fotógrafo e

cinegrafista Thiago!

A todos,

O meu reconhecido

Muitíssimo Obrigado!

Gde. Abraço,

Excelente semana,

Odenir

(Tem mais fotos, e filmagem, aguarde, bjs., gde. abraço!)

Obrigado pela significativa presença no meu

Evento de Lançamento do Livro de Poemas

Às Meninas que Sonham (Pétalas d'água) por Odenir Ferro

CRÉDITO ÀS EXCELENTES FOTOGRAFIAS, COOPYRIGHT BY: FOTÓGRAFA KATIA GUIDOTTI,

ÁREA Da CULTURA, CENTRO CULTURAL DE RIO CLARO (SP) BRASIL

Abaixo, segue link aonde é possível comprar exemplares do meu livro:

http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro=732&idProduto=756



Obrigado,

Odenir Ferro

Escritor, Poeta,

Embaixador Universal da Paz























Poema: Sombras desta Noite, Autor: Odenir Ferro




Poema: SOMBRAS DESTA NOITE
Autor: Odenir Ferro

Suavemente, a noite cai
Nos silêncios do meus
Pensamentos!
E sem ressentimentos,
Finda-se a entristecida
Tarde. E vai-se...

Desvendando os mistérios
Segredados da noite,
Remansos toados.
Sinto no calor
Do meu peito aquiecido,
O coração a esvair-se

Deste meu eu amargurado.
Procurando conquistar uma saída,
Esmiuçando-se nas estradas das
Minhas emoções guaridas...
Há um frescor reminicente
Do sulco doce, sabiamente escolhida,

Da fruta do amor meu, guarnecido nas
Palavras ressentidas. Cai a noite,
E cresce a lua altiva,
Rebrilhando fulgurante!

As lânguidas sombras e solenes
De o meu caminhar tão desvalido,
Vai deixando tácitas sensações,
Suaves e cálidas... Retumbantes!

Propulsoras deste meu impávido
Caminhar no amor itinerante!
Deixando fluir e refluir todos
Os ecos dos sinos tinidos,

Retraídos e atraídos pelos meus sonhos,
Ao caminhar nas sombras desta noite.


Obs.:- Este poema foi escrito no ano de 1999

Fotos do Lançamento do Livro ÀS MENINAS QUE SONHAM (Pétalas d'água), autor: Odenir Ferro


Fotos: Coopyright by, Fotógrafa Katia Guidotti
Área Cultural, Rio Claro, Estado de São Paulo, Brasil

Endereço do Site aonde encontrar exemplares do livro impresso: