Caminho pelas Estrelas Follow by Email

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Enc: [Mensagens_LunaeAmigos] O que as escolas não ensinam - Bill Gates



----- Mensagem encaminhada -----
De: Daspet
Para: Grupo Luna & Amigos  Luna e Amigos; MENSAGENS LUNA & AMIGOS  Mensagens Luna e Amigos; Grupo Associação Interancional  Associacao Internacional Poetas del Mundo; Forum Grupo Forum de Cultura MS
Enviadas: Sábado, 4 de Fevereiro de 2012 21:22
Assunto: [Mensagens_LunaeAmigos] O que as escolas não ensinam - Bill Gates
 

O que as escolas não ensinam – Bill Gates

O reitor de uma Universidade do Sul da Califórnia enviou um e-mail para a Microsoft convidando Bill Gates a fazer um discurso no dia de formatura, incentivando os formandos no início de suas carreiras e, para sua surpresa, Bill Gates aceitou. Esperava-se que ele fizesse um discurso longo, de mais de uma hora, afinal ele é o dono da Microsoft e possuiu a maior fortuna pessoal do mundo! Mas Bill foi extremamente lacônico, falou apenas durante 5 minutos, subiu em seu helicóptero e foi embora.
A seguir, as 11 regras que ele compartilhou com os formandos naquela ocasião:
"- Vocês estão se formando e deixando os bancos escolares, para enfrentarem a vida lá fora.  Não a vida que você querem, não a vida que vocês sonharam ter, a vida como ela é.  Você estão saindo de um mundo educacional que está pervertendo o conceito da educação, adotando um esquema que visa proporcionar uma vida fácil para a nova geração.  Essa política educacional leva as pessoas a falharem em suas vidas pessoais e profissionais mais tarde.  Vou compartilhar com vocês onze regras que não se aprendem nas escolas:
Regra 1: A vida não é fácil.  Acostume-se com isso.
Regra 2: O mundo não está preocupado com a sua auto-estima.  O mundo espera que você faça alguma coisa de útil por ele (o mundo) antes de aceitá-lo.
Regra 3: Você não vai ganhar vinte mil dólares por mês assim que sair da faculdade.  Você não será vice-presidente de uma grande empresa, com um carrão e um telefone à sua disposição, antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e ter seu próprio telefone.
Regra 4: Se você acha que seu pai ou seu professor são rudes, espere até ter um chefe. Ele não terá pena de você.
Regra 5: Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social.  Seu avós tinham uma palavra diferente para isso.  Eles chamavam isso de "oportunidade"
Regra 6: Se você fracassar não ache que a culpa é de seus pais.  Não lamente seus erros, aprenda com eles.
Regra 7: Antes de você nascer seus pais não eram tão críticos como agora.  Eles só ficaram assim por terem de pagar suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são "ridículos".  Então, antes de tentar salvar o planeta para a próxima geração, querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente arrumar o seu próprio quarto.
Regra 8: Sua escola pode ter criado trabalhos em grupo, para melhorar suas notas e eliminar a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim.  Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar para ficar de DP até acertar.  Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real.  Se pisar na bola está despedido… RUA! Faça certo da primeira vez.
Regra 9: A vida não é dividida em semestres.  Você não terá sempre férias de verão e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.
Regra 10: Televisão não é vida real.  Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boate e ir trabalhar.
Regra 11: Seja legal com os CDF´s – aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas.  Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar para um deles."
Reflita agora sobre as palavras do Bill e pense em como isso se enquadra no conceito de Valor e Honra
 
 
In English:
 

Bill Gates: 11 things they don't teach in school

This is an arousing excerpt which was said to be taken from Bill Gates's speech to Whitney High School in California. Some have claimed that it was originally written by other person but whoever the author of these eleven rules, I think he had done a great job to explain the misconceptions of real life by most high school students.
Bill Gates: 11 things they don't teach in school
Rule 1: Life is not fair…get used to it.
Rule 2: The world won't care about your self-esteem. The world will expect you to accomplish something BEFORE you feel good about yourself.
Rule 3: You will NOT make $40,000/year right out of high school. You won't be a vice-president with a cell-phone, until you earn both.
Rule 4: If you think your teacher is tough, wait till you get a boss. He
doesn't have tenure.
Rule 5: Flipping burgers is not beneath your dignity. Your grandparents had a word for flipping burgers-they called it opportunity.
Rule 6: If you mess up it's not your parents fault, so don't whine about
your mistakes, learn from them.
Rule 7: Before you were born, your parents weren't as boring as they are
now. They got that way from paying your bills, cleaning your clothes, and
listening to how cool you are. So before you save the rain forest from the
parasites of your parents' generation, try delousing the closet in your own room.
Rule 8: Your school may have done away with winners and losers, but life
hasn't. In some schools they have abolished failing grades and they'll give
you as many times as you want to get the answer right. This doesn't bear the slightest resemblance to ANYTHING in real life.
Rule 9: Life is not divided into semesters. You don't get summers and
Christmas break off, and very few employers are interested in helping you
find yourself. Do that on you own time.
Rule 10. Television is NOT real life. In real life people actually have to
leave the coffee shop and go to work.
Rule 11: Be nice to nerds. Chances are you'll end up working for one.
__._,_.___
Endereço Virtual:Delasnieve Miranda Daspet de SouzaEmbaixadora Universal da Paz  - Genebra - Suiça Embaixadora para o Brasil de Poetas del Mundowww.delasnievedaspet.com.br   - UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.pantanalms.tur.br      -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.lunaeamigos.com.br  -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  http://www.delasnievedaspet.com.br/embaixadora_universal_da_paz.htmhttp://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=600http://br.egroups.com/group/LunaeAmigoshttp://br.groups.yahoo.com/group/Mensagens_LunaeAmigos/http://br.groups.yahoo.com/group/PoetasdelMundo_Brasil/http://delasnievedaspet.blog.uol.com.brhttp://forumdeculturams.delasnievedaspet.com.br/index.htmlhttp://grupobrasilmostratuacara.blogspot.com/
Yahoo! Grupos
.
__,_._,___

Enc: [AssociacaoInternacionalPoetasdelMundo] : E-mail não é lixeira!



----- Mensagem encaminhada -----
De: Poetas del mundo brasil
Para: Grupo Associação Interancional  Associacao Internacional Poetas del Mundo MENSAGENS LUNA & AMIGOS  Mensagens Luna e Amigos
Cc: Clóvis Campêlo
Enviadas: Domingo, 5 de Fevereiro de 2012 9:09
Assunto: [AssociacaoInternacionalPoetasdelMundo] : E-mail não é lixeira!

 
 
----- Original Message -----


E-MAIL NÃO É LIXEIRA!

Clóvis Campêlo

Comecemos por Marshall MacLuhan! Foi ele que, na década de 60, criou o termo. Iniciavam-se os tempos da comunicação via satélite. Cada vez mais, as visões e imagens do mundo chegavam até nós. Eram os primórdios da cultura do simulacro. Estávamos na aldeia global.
Para alguns, a partir dali, a humanidade se transformaria. As características culturais de cada povo se enriqueceriam. A comunicação intensa provocaria um nivelamento por cima. Para outros, no entanto, o mundo se tornaria mais chato e prevísivel, perdendo cada povo as suas características individuais.
Como consequência da nova forma de comunicação mundial, nós, brasileiros, aqui no Terceiro Mundo, pudemos assistir à chegada do Homem na Lua, em 1969. No ano seguinte, em plena época da ditadura militar e ainda em preto em branco, assistimos à Seleção Brasileira ser tricampeã mundial de futebol no México. O mundo parecia encolher. Encolhidos também parecíamos nós, aqui em Pindorama, sob a tutela do governo Garrastazu Médici. O futuro, porém, nos parecia promissor. Este era um país que ia para a frente!
A nossa modernidade chegou assim: Caetano Veloso, exilado na Inglaterra pelo regime militar, mandava, via Intelsat, notícias para o Pasquim. A ditadura militar que matou, esfolou, sequestrou e exilou centenas (ou milhares) de brasileiros, concomitantemente, mandava para o espaço sideral os satélites que abririam os caminhos para nos comunicarmos com o resto do mundo. Era o progresso chegando no bojo da repressão. Quem viveu aquela época sabe disso. Quem não viveu, precisa saber.
Com a ditadura militar, criou-se também a Rede Globo de Televisão, hoje uma das três maiores do planeta, com transmissões simultâneas para quase todo o mundo. Partíamos para atingir a maturidade na área da comunicação. Se não tínhamos um regime político adequado, tínhamos a possibilidade de ver e escutar as cores e os sons do mundo. E o mundo que também nos aguardasse.
Passou o tempo, veio a normalização democrática do nosso país e a evolução da rede mundial de comunicação. Surge a Internet. Com a popularização dos microcomputadores, aumenta cada vez mais o número de brasileiros com acesso à rede internacional. E a grande novidade com o surgimento da Internet passa a ser o controle individual da mensagem comunicativa. No entanto, com a democratização cada vez maior da Internet e com o surgimento do controle individual da mensagem comunicativa, aparece um novo problema: o lixo internáutico. Dominamos a forma, mas ainda não dimensionamos de maneira correta o valor conteudístico das mensagens.
Portanto, companheiros internautas, ao enviarem suas mensagens lembrem-se de que e-mail não é lixeira!

Recife, 2001
__._,_.___

Cadastram-se no blog da ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL POETAS DEL MUNDO:
http://a-internacionalpoetasdelmundo.blogspot.com/

Delasnieve Daspet
Embaixadora Universal da Paz
Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix
Genebra - Suiça
Yahoo! Grupos
.

__,_._,___


Enc: Eventos de Poetas del Mundo 2012



----- Mensagem encaminhada -----
De: Apostrophes Ediciones
Para: PPdM
Enviadas: Domingo, 5 de Fevereiro de 2012 9:28
Assunto: Eventos de Poetas del Mundo 2012

LA ISLA EN VERSOS

Jose marti
I Encuentro de Poetas del Mundo en Cuba. Del 1 al 11 de mayo de 2012
CUBA Holguín, Santiago, La Habana: El mes de mayo acogerá el primer encuentro de Poetas del Mundo en Cuba La Isla en versos. Entre el 1 y el 11 de ese mes se desarrollarán lecturas poéticas, presentaciones de ponencias, encuentros con editoriales y visitas a sitios de interés histórico-cultural.  El encuentro es convocado desde la Casa de Iberoamérica, institución que promueve el intercambio académico, artístico y cultural durante todo el año, como parte de sus acciones dentro de las Romerías de Mayo, Festival Mundial de Juventudes Artísticas que en 2012 arribará su XIX edición.

 

PRIMER ENCUENTRO DE POETAS DEL MUNDO

eventos_4 (1)
Tras las Huellas del Poeta Ahora en Colombia
 COLOMBIA-Cartagena de Indias: En Chile, en octubre nace el primer encuentro Tras las Huellas del Poeta y a la vez nace también Poetas del Mundo (PPdM), un movimiento internacional de poetas que ponen su arte al servicio de la humanidad. No está ligado a ningún gobierno o institución política, ni religiosa, ni de ningún tipo. En lo económico, es totalmente independiente, no recibe ayuda alguna para funcionar, se auto-financia gracias al apoyo de algunos poetas que lo hacen de manera voluntaria. Participar en PPdM no tiene costo alguno. PPdM fue fundado el 14 de octubre 2005 en Chile por el escritor chileno Luis Arias Manzo, en poco tiempo se convierte en el principal gremio de poetas del planeta reuniendo ya a casi de 8.000 (ocho mil) miembros de más de ciento veinte países de los cinco continentes.
 
 

OCTUBRE: TRAS LAS HUELLAS DEL POETA

NerudaMistral
8° Encuentro Internacional de Poesía. Del 09 al 21 de octubre 2012
CHILE-Santiago: Como ya es una tradición, el Movimiento Poetas del Mundo organiza su 8º Encuentro Internacional de Poesía en Chile denominado OCTUBRE: Tras las Huellas del Poeta. El evento se desarrollará en las ciudades de Santiago, Valparaíso, Viña del Mar, Isla Negra, Cartagena, Melipilla, Rancagua, Chillán, Los Vilos, Illapel, Canela Coquimbo, La Serena, Vicuña y Montegrande. Serán 13 días en que poetas de diversos países y continentes estarán recorriendo 3 MIL kilómetros aproximadamente, compartiendo momentos inolvidables y creando lazos poéticos por la vida, la paz, el medio ambiente y el amenazado proyecto humano. Como cada año, desde que se inició este importante evento poético-cultural, el programa contempla visitas a establecimientos escolares y universitarios, hospitales, minas, sindicatos de pescadores, organizaciones sociales, etc.
 
 
 
 
 
 
 
Este mensaje se envía a su correo con base en el Art. 28b de la ley 19.955 que reforma la ley de derechos del consumidor, y los artículos 2 y 4 de la ley 19.628 sobre protección de la vida privada o datos de carácter personal, todo esto en conformidad a los numerales 4 y 12 de la constitución política. Su dirección ha sido extraída manualmente por personal de nuestra compañía desde su sitio Web en Internet, o ha sido introducida por usted al aceptar el envío de mensajes publicitarios al inscribirse en alguno de los sitios o foros de nuestra Red de trabajo. Para ser removido escriba aquí: info@apostrophes.cl  
 
 
Miniatura
 
Luis Arias Manzo
Fundador-Presidente del Movimiento Poetas del Mundo (PPdM)
 
 


Enc: Coisa?...Que coisa???



----- Mensagem encaminhada -----
De: Hazel São Francisco
Para: odenir ferro <odenir.ferro@yahoo.com.br>;
Enviadas: Domingo, 5 de Fevereiro de 2012 12:59
Assunto: FW: Coisa?...Que coisa???

Repassando
 

Subject: Coisa?...Que coisa???
Date: Sat, 4 Feb 2012 23:44:37 -0200

Essa COISA é longa, mas muito interessante!


Mahelen Madureira
  (13) 3238.4921
  (13) 9154.6319

 
From: sonia-mazza@uol.com.br
 


Não sei quem é o autor dessa coisa, mas é uma coisa boa de ler...
 
Coisa
 
 
 
A palavra "coisa" é um bombril do idioma. Tem mil e uma utilidades. É aquele tipo de termo-muleta ao qual a gente recorre sempre que nos faltam palavras para exprimir uma idéia. Coisas do português.
 
 
A natureza das coisas: gramaticalmente, "coisa" pode ser substantivo, adjetivo, advérbio. Também pode ser verbo: o Houaiss registra a forma "coisificar". E no Nordeste há "coisar": "Ô, seu coisinha, você já coisou aquela coisa que eu mandei você coisar?".
 
 
Coisar, em Portugal, equivale ao ato sexual, lembra Josué Machado. Já as "coisas" nordestinas são sinônimas dos órgãos genitais, registra o Aurélio. "E deixava-se possuir pelo amante, que lhe beijava os pés, as coisas, os seios" (Riacho Doce, José Lins do Rego). Na Paraíba e em Pernambuco, "coisa" também é cigarro de maconha.
 
 
Em Olinda, o bloco carnavalesco Segura a Coisa tem um baseado como símbolo em seu estandarte. Alceu Valença canta: "Segura a coisa com muito cuidado / Que eu chego já." E, como em Olinda sempre há bloco mirim equivalente ao de gente grande, há também o Segura a Coisinha.
 
 
Na literatura, a "coisa" é coisa antiga. Antiga, mas modernista: Oswald de Andrade escreveu a crônica "O Coisa" em 1943. "A Coisa" é título de romance de Stephen King. Simone de Beauvoir escreveu "A Força das Coisas", e Michel Foucault, "As Palavras e as Coisas".
 
 
Em Minas Gerais, todas as coisas são chamadas de trem. Menos o trem, que lá é chamado de "a coisa". A mãe está com a filha na estação, o trem se aproxima e ela diz: "Minha filha, pega os trem que lá vem a coisa!".
 
 
Devido lugar: "Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça (...)". A garota de Ipanema era coisa de fechar o Rio de Janeiro. "Mas se ela voltar, se ela voltar / Que coisa linda / Que coisa louca." Coisas de Jobim e de Vinicius, que sabiam das coisas.
 
 
Sampa também tem dessas coisas (coisa de louco!), seja quando canta "Alguma coisa acontece no meu coração", de Caetano Veloso, ou quando vê o Show de Calouros, do Silvio Santos (que é coisa nossa).
 
 
Coisa não tem sexo: pode ser masculino ou feminino. Coisa-ruim é o capeta. Coisa boa é a Juliana Paes. Nunca vi coisa assim!
 
 
Coisa de cinema! A Coisa virou nome de filme de Hollywood, que tinha o seu Coisa no recente Quarteto Fantástico. Extraído dos quadrinhos, na TV o personagem ganhou também desenho animado, nos anos 70. E no programa Casseta e Planeta, Urgente!, Marcelo Madureira faz o personagem "Coisinha de Jesus".
 
 
Coisa também não tem tamanho. Na boca dos exagerados, "coisa nenhuma" vira "coisíssima". Mas a "coisa" tem história na MPB. No II Festival da Música Popular Brasileira, em 1966, estava na letra das duas vencedoras: Disparada, de Geraldo Vandré ("Prepare seu coração / Pras coisas que eu vou contar"), e A Banda, de Chico Buarque ("Pra ver a banda passar / Cantando coisas de amor"), que acabou de ser relançada num dos CDs triplos do compositor, que a Som Livre remasterizou. Naquele ano do festival, no entanto, a coisa tava preta (ou melhor, verde-oliva). E a turma da Jovem Guarda não tava nem aí com as coisas: "Coisa linda / Coisa que eu adoro".
 
 
Cheio das coisas. As mesmas coisas, Coisa bonita, Coisas do coração, Coisas que não se esquece, Diga-me coisas bonitas, Tem coisas que a gente não tira do coração. Todas essas coisas fazem parte de canções interpretadas por Roberto Carlos, o "rei" das coisas. A geração da MPB, dessa época, era preocupada com as coisas.
 
 
Para Maria Bethânia, o diminutivo de coisa é uma questão de quantidade (afinal, "são tantas coisinhas miúdas"). Já para Beth Carvalho, é de carinho e intensidade ("ô coisinha tão bonitinha do pai"). "Todas as Coisas e Eu" é título de CD de Gal. "Esse papo já tá qualquer coisa...Já qualquer coisa doida dentro mexe." Essa coisa doida é uma citação da música "Qualquer Coisa", de Caetano, que canta também: "Alguma coisa está fora da ordem."
 
 
Por essas e por outras, é preciso colocar cada coisa no devido lugar. Uma coisa de cada vez, é claro, pois uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa. E tal coisa, e coisa e tal. O cheio de coisas é o indivíduo chato, pleno de não-me-toques. O cheio das coisas, por sua vez, é o sujeito estribado. Gente fina é outra coisa. Para o pobre, a coisa está sempre feia: o salário-mínimo não dá pra coisa nenhuma.
 
 
A coisa pública não funciona no Brasil, desde os tempos de Cabral. Político quando está na oposição é uma coisa, mas, quando assume o poder, a coisa muda de figura. Quando se elege, o eleitor pensa: "Agora a coisa vai." Coisa nenhuma! A coisa fica na mesma. Uma coisa é falar; outra é fazer. Coisa feia! O eleitor já está cheio dessas coisas!
 
 
Coisa à toa. Se você aceita qualquer coisa, logo se torna um coisa qualquer, um coisa-à-toa. Numa crítica feroz a esse estado de coisas, no poema "Eu, Etiqueta", o mineiro Drummond radicaliza: "Meu nome novo é coisa. Eu sou a coisa, coisamente." E, no verso do poeta, "coisa" vira "cousa".
 
 
Se as pessoas foram feitas para ser amadas e as coisas, para ser usadas, por que então nós amamos tanto as coisas e usamos tanto as pessoas? Bote uma coisa na cabeça: as melhores coisas da vida não são coisas. Há coisas que o dinheiro não compra: paz, saúde, alegria e outras cositas más...
 
 
Mas, "deixemos de coisa, cuidemos da vida, senão chega a morte ou coisa parecida", cantarola Fagner em Canteiros, baseado no poema "Marcha", de Cecília Meireles, uma coisa linda. Por isso, faça a coisa certa e não esqueça o grande mandamento: "Amarás a teu Deus sobre todas as coisas".
 
 
 ENTENDEU O ESPÍRITO DA... COISA ?...
 
 
 
Celso Fontes
11-9944-7888
                         Seu site gourmet na internet
 
 
 


Enc: ATO DE REPULSA( ...e não diga que nada sabes)...



----- Mensagem encaminhada -----
De: Hazel São Francisco
Para: odenir ferro <odenir.ferro@yahoo.com.br>;
Enviadas: Domingo, 5 de Fevereiro de 2012 12:48
Assunto: FW: ATO DE REPULSA( ...e não diga que nada sabes)...
Repassando 
Date: Sun, 5 Feb 2012 05:37:10 -0200Subject: ATO DE REPULSA( ...e não diga que nada sabes).To:
 
 
 
 
 
Que País é esse??? É o nosso querido Brasil, deitado eternamente  em berço esplendido, explorado  ao máximo  por essa  corja de ladrões e oportunistas em todos os níveis. E nenhum governo  que se  possa dizer sério(incluindo  o atual que compete em imoralidade com os antecessores), até hoje ousou dar um basta as estas aberrações, promovendo reformas moralizadoras. Só existe um motivo traduzido em duas palavras: Ignorância(da maioria enganada) e Omissão(dos esclarecidos e dos ingênuos que ainda acreditam em governo sério neste País)

 
E um juiz ganhar até 650.000.00 mil(é isso mesmo, e o presidente do tribunal
ainda justificar)?
 
 





 
 
 
REPASSANDO...
 
 
 
            
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ATO DE REPULSA

 
Quando ouvimos frases como as escritas abaixo, infelizmente temos que engolir e ficar quietos!!!
 
"O Brasil não é um país sério" (Charles de Gaule).
 
"Que país é este que junta milhões numa marcha gay, muitas centenas numa marcha a favor da maconha, mas que não se mobiliza contra a corrupção?" (07/07/2011 Juan Arias, correspondente no Brasil do jornal espanhol El País)
 
Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata!

 
Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.


Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda uma Região Militar ou uma grande fração do Exército.


Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro do que ganha um professor universitário federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional.

 
Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos,  mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.


O SUS paga a um médico, por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito, a importância de R$ 70,00, bemmenos doque uma diarista cobra para fazer a faxina num apartamento de dois quartos.


Precisamos urgentemente de um choque de moralidade nos três poderes da união,  estados e municípios, acabando com os oportunismos e cabides de emprego.

Os resultados não justificam o atual número de senadores, deputados federais, estaduais e vereadores.

Temos que dar fim a esses "currais" eleitorais, que transformaram o Brasil numa oligarquia sem escrúpulos, onde os negócios públicos são geridos pela "brasiliense cosa nostra".

O país do futuro jamais chegará a ele sem que haja responsabilidade social e com os  gastos públicos.

Já perdemos a capacidade de nos indignar.

Porém, o pior é aceitarmos essas coisas, como se tivesse que ser assim mesmo,  ou que nada tem mais jeito. Vale a pena tentar.
 
Participe deste ato de repulsa.

REPASSE! NÃO SEJA OMISSO.
E vai continuar assim durante anos, se nada fizermos, não levantarmos nossas bandeiras contra toda essa corja que hoje habita os corredores dos poderes públicos.
 
  Eu estou fazendo a minha parte, faça a sua,
     repasse!
 
 
 ÓCA