Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quinta-feira, 22 de março de 2012

Enc: Ecologia Espiritual - Como eu posso contribuir com essa idéia?



----- Mensagem encaminhada -----
De:
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Quinta-feira, 22 de Março de 2012 9:06
Assunto: Ecologia Espiritual - Como eu posso contribuir com essa idéia?
Setor de Divulgacao - AMORC SP1


 
A cultura ocidental, sobretudo a partir de seu referencial tecnológico e do uso excessivo dos recursos naturais, tem se debruçado nas últimas décadas em encontrar saídas para o aumento da população, a necessidade de produção de alimentos e bens de consumo, e a preservação da natureza.
 
Embora o século XX tenha terminado sob uma aura pessimista, grande foi a mobilização para compreensão da problemática. Assim sendo, vários esforços foram realizados desde meados daquele século até o presente, em diversas instâncias da sociedade, para buscar uma solução para a crise. 
 
Assim, inúmeros eventos tem sido realizados para a produção de documentos de referência e orientação tais como: a Declaração Mundial dos Povos Indígenas (1977), a Declaração de Veneza (1983), a Carta da Transdisciplinaridade (1994), a Carta da Terra (2000), apenas para citar alguns. 
 
Qual é o papel do místico moderno para contribuir para a solução desta problemática?
 
O que diz o 4º Manifesto Rosacruz...
 
Uma das características da época atual é seu grande consumo de energia. Esse fenômeno não seria em si mesmo inquietante se fosse produzido com inteligência. Observamos, no entanto, que as fontes naturais estão sendo superexploradas e estão se esgotando gradativamente (carvão, gás, petróleo). 
 
Por outro lado, certas fontes de energia (centrais nucleares) apresentam riscos consideráveis, muito difíceis de dominar. Notamos também que, a despeito de recentes tentativas de acordo, certos perigos, como a emissão de gás com efeito-estufa, a desertificação, o desmatamento, a poluição dos oceanos, etc., não são objeto de medidas adequadas, por falta de uma vontade suficiente. 
 
Além do fato de que essas agressões ao ambiente fazem com que a Humanidade corra riscos muito graves, elas traduzem uma grande falta de maturidade, tanto no plano individual quanto no coletivo. Seja o que for que se diga, consideramos que as anormalidades climáticas atuais, com seu cortejo de tempestades, inundações, etc., são uma conseqüência das agressões que os homens infligem há muito tempo ao nosso planeta.
 
---------------------------------------------------------------------------------------