Caminho pelas Estrelas Follow by Email

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Enc: MIS – Programação 29 de novembro a 4 de dezembro



----- Mensagem encaminhada -----
De: MIS
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Terça-feira, 29 de Novembro de 2011 1:00
Assunto: MIS – Programação 29 de novembro a 4 de dezembro


Informativo
 
Confira os destaques da programação
  29 nov 2011
 

Game On

O MIS apresenta a exposição interativa Game On. Inédita no Brasil, a mostra explora a história, cultura e o futuro dos videogames. Além de apresentar alguns dos mais interessantes arcade games (fliperamas), consoles e games portáteis produzidos nos últimos 50 anos, a exposição destaca o trabalho dos criadores envolvidos nessa área, como projetistas, artistas, músicos e programadores.»
  02 dez 2011
 

Estéreo MIS - Tiê

O MIS apresenta a quarta edição do Estéreo MIS. O projeto, que tem por objetivo criar um espaço fixo dedicado ao estímulo da música independente nacional, recebe em dezembro show da cantora e compositora Tiê, revelação da música nacional. Ingressos à venda.»
  03 dez 2011
 

Centenário Nino Rota

O MIS realiza homenagem a Nino Rota, um dos mais consagrados compositores de trilhas sonoras do cinema italiano. Além da exibição de filmes, a programação conta com apresentação da banda São Paulo Ska Jazz, que realiza uma releitura bem-humorada de tradicionais obras de Rota. Confira.»
  29 nov 2011
 

Retrospectiva Andrzej Wajd

O MIS, em parceria com o Consulado da Polônia e a Urszula Groska Produções, promove a Retrospectiva Andrzej Wajda. Durante cinco dias serão exibidos 11 obras-primas do cineasta, autor de Cinzas e Diamantes e vencedor de diversos prêmios internacionais. Confira a programação completa.»
  29 nov 2011
 

O espaço que guardamos em nós

Em parceria com a Galeria da Rua, está em cartaz no MIS a mostra O espaço que guardamos em nós, que exibe trabalhos do coletivo Garapa e o fotógrafo Pedro David, que enfocam a problemática da moradia urbana, passando pela experiência da fusão entre espaços e pessoas. Grátis.»
  29 nov 2011
 

Games for Change

Inscrições abertas para o Festival Games for Change 2011. Durante dois dias o MIS receberá educadores, game designers, pesquisadores e representantes da indústria que discutirão temas como a pesquisa, a criação, a aplicação e a disseminação de jogos digitais capazes de transformar positivamente a sociedade, a educação, a economia e a cultura. Confira a programação completa.»
 
Você recebeu esta mensagem como resposta à sua inscrição para receber o boletim mensal do Museu da imagem e do Som de São Paulo. Se quiser cancelar a sua assinatura, acesse http://www.mis-sp.org.br/icox/icox.php?mdl=mis&op=assine_informativo.
Se você usa filtro-anti-spam ou o seu provedor utiliza filtros para e-mails, acrescente este informativo à  sua lista de remetentes para garantir o recebimento.










Livraria

Locaweb
Apoio Institucional



Realização

Museu da Imagem e do Som Governo do Estado de São Paulo

Enc: Edição Especial Natal Ano Novo



----- Mensagem encaminhada -----
De: Varal do Brasil
Para: Odenir Ferro <odenir.ferro@yahoo.com.br>
Enviadas: Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011 12:25
Assunto: Edição Especial Natal Ano Novo

Para responder esta mensagem utilizar o e-mail: varaldobrasil@bluewin.ch. Não resposta esta mensagem automaticamente!
Caros amigos do Varal,
Independente de religiões e do comércio,  festejar o Natal e a chegada no Novo Ano é uma tradição que nos acompanha.
Verdade seja dita, parece que a data tem o dom de acalmar os ânimos, amainar as fúrias, agraciar cada um com paz e amor.
Não se esqueça aqui daqueles que não conhecem (talvez um dia, talvez nunca...) este estado de espírito: pessoas nas ruas, em zonas de guerra; pessoas desamparadas e esquecidas; animais que o homem cativou e abandonou.
Por estes e tantos motivos é bom festejar esta época. Para relembrar valores, renovar promessas. Rever o caminho, tentar melhorar a si mesmo e o meio em que se vive.
Festejar o Natal é festejar o amor. O Ano Novo, traz novamente os auspícios de desejos que se realizarão.
E mais do que nunca é preciso festejar  estas emoções: com a família e com os amigos, sim. E também com os que estão nos hospitais, nos refúgios, nos asilos, nos orfanatos, nas casas de saúde, nas ruas.
Embriague-se do espírito natalino,  satisfaça-se com a substancial refeição de amor que esta data serve.
Só não esqueça de ir além e perpetuar esta refeição de amor incondicional  por todos os dias do ano!
Feliz Natal, Feliz 2012!
Sua Equipe do Varal
 
 
 





Poema: ORQUÍDEAS Autor: Odenir Ferro






Poema: ORQUÍDEAS

Autor: Odenir Ferro



A cada ano se desperta de dentro de ti,

O que vivo reside sempre dentro de mim!

Estas reflorescidas belezas em pétalas!

Deixando na brisa esse florido dançando

Aos acariciantes toques destes perfumes

Exóticos. Saidos de dentro desta seiva,

Ativa na composição exuberante química.

Habitante dentro deste interior singelo

Que compõe toda a floração que é de ti!



Orquídeas! És duma beleza tão orvalhada!

Pelos noturnos enluarados serenos caidos

Onde os brilhos respingados das estrelas

Dão ênfases aos toques florais e mágicos

Destas belezas clássicas assim compostas

Dentro destes aveludados olores, pétalas,

Que dançantes, voam sóbrias neste embalo

Vindo dos ventos, espalhando fragrâncias

Saidas do suave eterno aroma caido de ti!

Poema: a Valsa do cotidiano da vida, por autoria de Odenir Ferro




Poema: A Valsa do cotidiano da vida
 
Autor: Odenir Ferro



Uma pena em forma de pluma

Desliza, gira, roda, solta, absorta,

Absoluta e leve, girando, rodopiando,

Dançando a valsa do cotidiano da vida!



Vai atravessando as calçadas dos sonhos

Enquanto os ventos vêm, invasores, atores,

Batendo às portas e às janelas... Enquanto as

Louças amontoadas nas pias, ressecam-se com

Alguns restos de comidas jogadas também,

Nas sobras dos lixos... E os rádios aquecem

As cacofonias com as sinfonias acontecidas

Na vila, justamente com a hora da cesta!



Se por um lado a dona da joalheria

Enriquece-se cada vez mais feliz,

Pelo outro a mendiga faminta

Contorce-se pelas dobras das dores

Cheias de artroses causadas pelo

Tempo ingrato vivido na umidade,

Ao relento dos fragmentos do cotidiano.



Tão dissonantes, distoantes, discordantes,

Girando os redemoinhos deste imenso,

Incalculável entrelaçamento de sonhos.

Por aonde, através deles, vamos passeando

Pelos destinos incautos das Existências...



Enquanto vislumbramos os nós do futuro

E do passado se mesclarem num idêntico

Marasmo repetitivo e desorganizado

E muito igual ao cotidiano de agora.

Enc: Arquitetos internacionais discutem o futuro das cidades no MON



----- Mensagem encaminhada -----
De: Secretaria da Cultura
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011 10:52
Assunto: Arquitetos internacionais discutem o futuro das cidades no MON



Enc: Fwd: Lançamento da Coletânea Joaquim Moncks & Amigos na Feira de POA/RS



----- Mensagem encaminhada -----
De: Dimythryus
Para:
Enviadas: Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011 14:53
Assunto: Fwd: Lançamento da Coletânea Joaquim Moncks & Amigos na Feira de POA/RS


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Rozelia Rasia
Data: 25 de Novembro de 2011 14:51
Assunto: Re: Lançamento da Coletânea Joaquim Moncks & Amigos na Feira de POA/RS
Para: Dimythryus


Olá, 

Participo da Coletânea Joaquim Monsks e amigos, organizada pela escritora Neida Rocha, com textos de excelentes autores.

Iniciativas como esta promovem a escrita literária.

Sou grata ao Joaquim e a Neida pela oportunidade,

Rozelia Scheifler Rasia



Em 16 de novembro de 2011 08:34, Dimythryus escreveu:

Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: neidarocha
Data: 14 de Novembro de 2011 19:43
Assunto: Lançamento da Coletânea Joaquim Moncks & Amigos na Feira de POA/RS
Para:


NeiJM

Dia 04/11/2011, às 16 horas, no Memorial do RS
Neida Rocha e Editora Alternativa
lançaram a Coletânea Joaquim Moncks & Amigos
OBRIGADA AOS PARTICIPANTES!
Neida Rocha
(51) 9942-3898
www.neidarocha.com.br
Coordenadora Núcleo UBE - Canoas/RS




--
Amigos
Pelo sentimento de pertinência às artes, letras e ciências proponho a todos o interassociativismo cultural através da Associação Artística e Literária 'A Palavra do Século 21' - ALPAS 21 com abrangência internacional.
Rozelia Scheifler Gaya Rasia 




Enc: Fwd: Convite para Exposição Do Imaginário ao Cotidiano



----- Mensagem encaminhada -----
De: Dimythryus
Para:
Enviadas: Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011 16:07
Assunto: Fwd: Convite para Exposição Do Imaginário ao Cotidiano


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: cpousada
Data: 25 de Novembro de 2011 16:06
Assunto: Convite para Exposição Do Imaginário ao Cotidiano
Para:

 
Venha participar de momentos agradáveis e descontraídos
na vernissage e coquetel da Exposição
 
  na    "Galeria Garcia Arte"
 
às 20.00 horas do próximo dia 29 de novembro.
 
A sua presença será muito importante.
 
Maiores detalhes constam do convite em anexo.
Localização: Rua Auriflama, 87 (travessa da Av. Rebouças).
Manobristas no local.
 
 



Enc: Pinacoteca do Estado convida: Torres Garcia



----- Mensagem encaminhada -----
De: Pinacoteca do Estado de São Paulo
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011 13:45
Assunto: Pinacoteca do Estado convida: Torres Garcia

 


 


Enc: Fwd: Neste Natal ofereça livros de Neida Rocha



----- Mensagem encaminhada -----
De: Dimythryus
Enviadas: Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011 10:09
Assunto: Fwd: Neste Natal ofereça livros de Neida Rocha


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: neidarocha
Data: 25 de Novembro de 2011 20:52
Assunto: Neste Natal ofereça livros de Neida Rocha
Para:


Neste Natal ofereça livros
de Neida Rocha!
(frete grátis)
ARTIGODEFINIDO
ARTIGO DEFINIDO (crônicas-autoajuda)
80 pág. Alternativa (2010) POA/RS
R$ 15,00
 
 
CAPA
EFEMÉRIDAS (poemas)
60 pág. News Print (2007) Xanxere/SC
R$ 8,00
 
 
Capa2Edicao
DANILO, SUA MOCHILA E SEUS AMIGOS (Infantil) Espanhol/Português
(2010) Alternativa POA/RS
R$ 15,00
 
 
Capa
MESTRE INTERIOR (mensagens espirituais)
(2011) Tecnoprint – Canoas/RS
R$ 15,00
 
 
Danilo -E-book
DANILO, SUA MOCHILA E SEUS AMIGOS (E-BOOK Infantil) Espanhol/Português
(2011) Casa Leria São Leopoldo/RS
R$ 20,00
 
 
CamisetaNova
CAMISETA POEMA (MINHA NÃO METADE)
R$ 30,00
 
 



Enc: Fwd: Colcha de Retalhos - Lançamento no Rio de Janeiro



----- Mensagem encaminhada -----
De: Dimythryus
Para:
Enviadas: Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011 10:08
Assunto: Fwd: Colcha de Retalhos - Lançamento no Rio de Janeiro


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Rodrigo Domit
Data: 26 de Novembro de 2011 09:38
Assunto: Colcha de Retalhos - Lançamento no Rio de Janeiro
Para:


Você está convidado(a) para o lançamento do livro:
 
Colcha de Retalhos
Rodrigo Domit
 
O evento será realizado no dia 04 de Dezembro de 2011, das 14h30 às 17h, no Bar das Quengas - Av. Mem de Sá, número 175 - esquina com Washington Luiz – Lapa, Rio de Janeiro - RJ. 
 
O livro Colcha de Retalhos foi finalista do Prêmio SESC (2008) e foi vencedor do Prêmio Utopia (2010). A obra reúne 73 textos curtos e, apesar da predominância maciça dos contos, escapa em alguns momentos para a poesia e para a crônica. A obra está sendo lançada pela Utopia Editora - com projeto gráfico da ilustradora Laís Brevilheri - e quem quiser levar um exemplar para casa desembolsará a quantia de R$10,00.

Estão previstos outros eventos de lançamento em São Paulo, Curitiba e Londrina, mas apenas no ano que vem.
 
 
 
O autor:
Nascido em Curitiba em 1984, Rodrigo Domit escreve contos e poesias desde 2003. É coautor do livro de contos Vem cá que eu te conto (2010) e autor deste que está prestes a ser lançado. Entre outros certames literários, já foi selecionado nos concursos Luiz Vilela (Contos - 2007), Helena Kolody (Poesias - 2008 e 2009), Prêmio SESC (Livro de Contos - 2008), Poemas no Ônibus (2010 e 2011) e Prêmio ler&Cia (Contos - 2011); Além destas classificações, foi 1º colocado nos concursos: Machado de Assis (Contos - 2011), Prêmio Cidadão (Poesia - 2011) e Prêmio Utopia (Livro de Contos - 2010).




Agradeço desde já pela atenção,



Rodrigo Domit

  


* Este é um informativo cultural e extremamente esporádico (última mensagem em Março de 2011), mas caso não deseje mais receber meus e-mails, avise-me, por favor - não quero incomodar ninguém!



Poema: A Valsa do cotidiano da vida Autor: Odenir Ferro

Pieter Bruegel the Elder:

The Adoration of the Magi (Brussels)

tempera on canvas, 1556-62

Royal Museums of Fine Arts of Belgium, Brussels

Poema:Valsa do cotidiano da vida


Autor: Odenir Ferro


Uma pena em forma de pluma

Desliza, gira, roda, solta, absorta,

Absoluta e leve, girando, rodopiando,

Dançando a valsa do cotidiano da vida!



Vai atravessando as calçadas dos sonhos

Enquanto os ventos vêm, invasores, atores,

Batendo às portas e às janelas... Enquanto as

Louças amontoadas nas pias, ressecam-se com

Alguns restos de comidas jogadas também,

Nas sobras dos lixos... E os rádios aquecem

As cacofonias com as sinfonias acontecidas

Na vila, justamente com a hora da cesta!



Se por um lado a dona da joalheria

Enriquece-se cada vez mais feliz,

Pelo outro a mendiga faminta

Contorce-se pelas dobras das dores

Cheias de artroses causadas pelo

Tempo ingrato vivido na umidade,

Ao relento dos fragmentos do cotidiano.



Tão dissonantes, distoantes, discordantes,

Girando os redemoinhos deste imenso,

Incalculável entrelaçamento de sonhos.

Por aonde, através deles, vamos passeando

Pelos destinos incautos das Existências...



Enquanto vislumbramos os nós do futuro

E do passado se mesclarem num idêntico

Marasmo repetitivo e desorganizado

E muito igual ao cotidiano de agora.

Enc: Bonsaï bonsaï Bonsaï bonsaï



----- Mensagem encaminhada -----
De: Cercle Univ. Ambassadeurs de la Paix
Para:
Enviadas: Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011 6:22
Assunto: Fw: Bonsaï bonsaï Bonsaï bonsaï

               
de notre ambassadeur CELITO MEDEIROS BRESIL
      votre indulgence pour les traduction merci !
                                      
                                                           
BONSAI
(Somos comparados a um Bonsai?)
É um cultivo bem conhecido no oriente, especialmente no Japão.
Você pega uma semente de uma grande árvore e a planta em um vaso.
Ela nasce como uma árvore normal, mas desenvolve-se como uma árvore Anã.
Ela tem todas as características de sua Origem, porém é muito pequena, talvez menor do que um pequeno broto ou galho de uma árvore que é a sua origem.
Se uma arvorezinha BONSAI fosse comparada à sua própria Origem, seria muito difícil e para alguns impossível compreender o que aconteceu para esta minúscula árvore não ter conseguido ser uma Grande Árvore.
O que aconteceu?
Apenas o MEIO em que a semente germinou e cresceu era restrito, era uma prisão, não era o 'ambiente ideal', pois 'condicionaram' aquela semente para ela ser um BONSAI.
Vejo 'tantos Bonsais' não reconhecendo suas origens, não podendo CAUSAR grandes efeitos e não se reconhecendo como uma GRANDE ÁRVORE, apenas por sua aparência, mas a ORIGEM era a mesma!
O que fazer para um BONSAI poder ser uma GRANDE ÁRVORE?
Pois é, esta a resposta para se poder compreender a GRANDE ÁRVORE!
Todos os bonsai eram assemelhados à grande árvore! Eram a grande árvore!
Por mais que alguém possa dizer ao Bonsai, VOCÊ é a grande árvore que está reduzida, presa em 'redomas' neste planeta Terra, e nem tem condições de compreender a grandeza do Universo, nem sabe sobre suas origens, então, ficará apenas apreciando uma ´GRANDE ÁRVORE', sem ânimo ou conhecimento para ser ela própria!  
Até quando?
E os que são Grandes Árvores nada poderão fazer, mas torcer para que o BONSAI encontre a LIBERDADE e cresça à sua própria altura.
Por isto os que CULTIVAM a planta Bonsai, cultivam o saber de si mesmos,
sabendo que a PAZ é possível, entre grandes e pequenos, cuja origem é a mesma.
BONSAI
(Que sommes nous par rapport à un bonsaï?)

C'est une culture bien connue dans l'Orient, notamment au Japon
Vous prenez une graine d'un grand arbre et vous la plantée dans un pot.
Elle est née comme un arbre normal, mais se développe comme un arbre nain.

Il possède tous les caractéristiques de sa source, mais elle est très petite, peut-être moins d'une petite pousse ou rameau d'un arbre qui est son origine.
Bonsai est un petit arbre comparé à sa propre source, il serait très difficile pour certains et impossible de comprendre ce qui est arrivé à cet arbre minuscule incapable d'être un grand arbre.

Qu'est-il arrivé?
Seul le milieu dans lequel les graines ont germé et grandi a été limitée à une prison qui n'était pas un «idéal» pour `conditionner»  les semences pour être un bonsaï.

Je vois «les bons» qui ne reconnaîssent pas ses origines et peuvent provoquer de grands effets et qui n'ont pas été reconnu comme un grand arbre, juste par leur apparence, mais la source était la même!

Comment peut-on être un grand arbre Bonsaï ?

Eh bien, c'est la réponse à une compréhension du grand arbre!
Tous étaient semblables à l'arbre du Bonsaï! Ils ont été le grand arbre!

N'importe qui peut dire comme le bonsaï, vous êtes le grand arbre qui est réduit, coincé dans des «clochessur cette planète Terre, et ne sont pas en mesure de comprendre la grandeur de l'univers, ils ne savent même pas sur leurs origines, alors ils profitent simplement d'un «Grand Arbre», sans la connaissance ou le courage d'être eux-mêmes !

Jusqu'à quand?
Ceux qui sont des Grands arbres ne peuvent rien faire, mais espérons que le BONSAI trouvera la liberté  de grandir dans son propre temps.

Donc ceux qui cultivent le Bonsai sèment, cultivent la connaissance de soi,
sachant que la Paix est possible entre grands et petits, dont l'origine est la même.
 BONSAI
(We are compared to a Bonsai?)

It is a crop well known in the East, especially in Japan
You take a seed of a large tree and plant in a pot.
She was born as a normal tree, but develops as a dwarf tree.

It has all the characteristics of its source, but is very small, perhaps less than a small shoot or twig of a tree that is its origin.
Bonsai is a small tree was compared to its own source, would be very difficult for some and impossible to understand what happened to this tiny tree was unable to be a Great Tree.

What happened?
Only the medium in which the seed germinated and grew was restricted, was a prison, was not the 'ideal' for `conditioned 'that seed for her to be a Bonsai.

I see 'both good' does not recognize its origins, it may cause great effects and was not recognized as a great tree, just by their appearance, but the source was the same!

How can one be a GREAT BONSAI TREE?

Well, this is the answer for an understanding of the BIG TREE!
All were similar to the large Bonsai tree! They were the big tree!

As much as anyone can tell Bonsai, YOU are the big tree that is reduced, stuck in 'domes' on this planet Earth, and not in a position to understand the greatness of the universe, do not even know about their origins, then, will just enjoying a 'Great Tree', without knowledge or courage to be herself!

Until when?
And those who are Great Trees can do nothing but hope that the BONSAI find freedom and grow in their own time.

Therefore those who cultivate the plant Bonsai, cultivate knowledge of themselves,
knowing that Peace is possible between large and small, whose origin is the same.
 BONSAI
(Estamos frente a un Bonsai?)

Es un cultivo muy conocido en el Oriente, especialmente en Japón
Se toma una semilla de un gran árbol y planta en una maceta.
Ella nació como un árbol normal, pero se desarrolla como un árbol enano.

Tiene todas las características de su fuente, pero es muy pequeño, tal vez menos de una sesión de pequeño o rama de un árbol que es su origen.
Bonsai es un árbol pequeño en comparación con su propia fuente, sería muy difícil para algunos e imposible de entender lo que le pasó a este árbol de pequeño era incapaz de ser un gran árbol.

¿Qué pasó?
Sólo el medio en el que la semilla germinó y creció fue restringido, era una prisión, no era el 'ideal' para 'condicionado' la semilla para que ella sea un Bonsai.

Veo 'buenos' no reconoce sus orígenes, puede causar grandes efectos, y no fue reconocido como un gran árbol, sólo por su apariencia, pero la fuente era la misma!

¿Cómo se puede ser un gran árbol de bonsái?

Bueno, esta es la respuesta para la comprensión del gran árbol!
Todos fueron similares a los grandes árboles Bonsai! Ellos fueron el gran árbol!

Por mucho que nadie puede decir Bonsai, USTED es el gran árbol que se reduce, atrapados en la "cúpula" en este planeta Tierra, y no en condiciones de comprender la grandeza del universo, ni siquiera saben acerca de sus orígenes, por tanto, sólo se disfruta de un "Gran Árbol", sin el conocimiento o el coraje de ser ella misma!

¿Hasta cuándo?
Y los que son árboles grandes no pueden hacer nada más que esperar que el BONSAI encontrar la libertad y crecer en su propio tiempo.

Por lo tanto, los que cultivan la planta de Bonsai, cultivar el conocimiento de sí mismos,
sabiendo que la Paz es posible entre grandes y pequeños, cuyo origen es el mismo.
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&