Caminho pelas Estrelas Follow by Email

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

 

----- Mensagem encaminhada -----
De: infomac
Para: infomac@usp.br
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 15:36
Assunto: Atividade gratuita para famílias no MAC USP Ibirapuera

 
 
 
 
acompanhe notícias sobre exposições, cursos e demais atividades do MAC USP
 
    

Enc: Palestra Direitos Autorais



----- Mensagem encaminhada -----
De: Secretaria da Cultura
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 17:45
Assunto: Palestra Direitos Autorais




What does it feel like to fly over planet Earth?



----- Mensagem encaminhada -----
De: Secretaria da Cultura
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 11:52
Assunto: De Valentim a Valentim




Enc: [Mensagens_LunaeAmigos] História do Engenheiro Billings



----- Mensagem encaminhada -----
De: Daspet
Para: GrupoLuna&Amigos; MENSAGENS_LUNA&AMIGOS; Forum-Grupo ; PoetasdelMundoBrasil
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 6:26
Assunto: [Mensagens_LunaeAmigos] História do Engenheiro Billings
 
 
----- Original Message -----
From: Lobo A

 
 
 
 História do Engenheiro Billings
 
 
ISTO É CULTURA !
 
A curiosa história do Engenheiro Billings,
o homem que fez os rios correrem ao contrário,
e mudou para sempre a cidade de São Paulo.
 
OBS: Se fosse hoje, o IBAMA e o PT prendiam esse sujeito.
 
 
Engenheiro Billings,
O homem que mudou São Paulo
Capa de uma revista em quadrinhos com a história de sua vida, publicada em 1962
No caminho entre o litoral paulista e a cidade de São Paulo,
uma série de tubulações que se erguem pelo gigantesco
paredão rochoso da Serra do Mar chamam a atenção.
As tubulações da Usina de Cubatão (Henry Borden)

São as tubulações externas da "Usina de Cubatão" (Usina Henry Borden),
uma das mais excepcionais obras da engenharia brasileira,
fruto da criatividade e excelência técnica de um engenheiro
que poderia ser classificado como um dos mais brilhantes que já passaram por nossas terras:
Asa White Kenney Billings.

Porém, conhecendo um pouco melhor a história desta octogenária obra-prima,
você perceberá que as tubulações que desafiam a serra do mar são meros coadjuvantes nesta história...
Rua Líbero Badaró em foto de 1922
Ano em que Billings chegou ao Brasil

Billings, um norte americano de Omaha, nascido em 8 de fevereiro de 1876,
chegou ao Brasil em fevereiro de 1922 como engenheiro da Light,
a empresa canadense responsável pelo fornecimento de energia elétrica da cidade de São Paulo,
pensando em ficar alguns poucos meses. Naquela época, o rápido crescimento da cidade,
que começava a dar sinais de industrialização, já apontava um aumento significativo da demanda por energia elétrica.
A Light até hoje fornece energia elétrica para o Rio de Janeiro


Obcecado pela ideia de criar uma maneira de gerar energia de forma eficiente,
aproveitando a geografia da cidade, teve uma ideia:
Por que não usar a queda abrupta de mais de 700 metros do planalto paulista para gerar energia elétrica ?
O Sistema idealizado por Billings
Reverter as águas do Rio Pinheiros, e depois lançá-las montanha abaixo, gerando energia elétrica.


A ideia era genial, mas ainda existia um enorme problema:
a topografia da cidade fazia com que os rios que nasciam próximos à Serra do Mar,
como o Tietê e o Pinheiros, corressem em direção ao centro do estado, e não para o litoral.
O que tinha sido uma enorme vantagem para os Bandeirantes,
que usaram os rios para explorar os rincões do Brasil, tornava-se um empecilho para as ideias de Billings.
"Piscina" em pleno Rio Pinheiros


Mas a perseverança e criatividade do engenheiro americano não tinham limites,
e novamente ele teve uma ideia que a princípio mostrava-se absurda:
Se os rios não correm para a Serra do Mar, por que não reverter seu curso através de estações elevatórias,
formando um reservatório que permita a geração de energia ?
Pelo sistema de Billings, a energia gasta para elevar as águas do Pinheiros até a Serra do Mar
é recuperada plenamente pela Usina Hidrelétrica
Os estudos mostraram que a reversão de toda a bacia do Tietê não seria factível,
mas aplicar a ideia de Billings até a confluência entre os Rios Pinheiros e Tietê seria possível.
Desta forma, o Rio Pinheiros seria transformado em um canal desde sua foz até a estação de bombeamento da Traição,
que elevaria as águas em cerca de 5 metros, conduzindo-as até a base de uma represa que seria construída nos arredores de Santo Amaro,
de onde seriam bombeadas até o Reservatório do Rio Grande, a ser formado por esta barragem.
As águas seriam conduzidas às turbinas através de tubulações que desceriam a Serra.
O maciço da Serra do Mar, que tantos obstáculos havia criado para a colonização do planalto, seria finalmente utilizado a favor dos paulistas.
Confluência dos Rios Pinheiros e Tietê, década de 20
O Rio Pinheiros, antes da retificação coordenada por Billings


À época, o Rio Pinheiros tinha um trajeto sinuoso, formando uma grande várzea inundável,
cujos habitantes sofriam com frequentes inundações.
O plano de Billings ainda teria a tarefa adicional de aumentar a eficiência do canal
que levaria as águas para o reservatório retificando o curso do rio, que traria um efeito colateral interessante:
acabar com as enchentes da região.
A Barragem do Rio Grande depois foi expandida, e desde 1949 é chamada de Represa Billings
Barragem do Rio das Pedras,
onde é possível ver onde termina o planalto e começa o paredão da Serra do Mar
Casa das Vávulas da Usina de Cubatão, no alto da Serra
Vista espetacular da Baixada Santista
Em 1927 tiveram início as obras da Usina Hidrelétrica de Cubatão,
a barragem do Rio Grande (que depois foi expandida e ganhou o nome de Represa Billings)
e o deslocamento da antiga Estrada Rio-São Paulo, que passava exatamente por uma área que seria submersa.
Fotos da Usina de Cubatão (Henry Borden) durante sua construção
Barragem Rio das Pedras, 1929
Aqui o nível do Reservatório é controlado, e quando sobe muito é jogado serra abaixo até o Rio Cubatão
Casa das Válvulas no alto da Serra
Vista das tubulações externas durante a construção da Usina

Depois de problemas de atrasos nas obras durante o período iniciado a partir da Revolução de 32,
a retificação do canal do Rio Pinheiros e as estações elevatórias em seu percurso foram concluídas em 1944,
acabando com as grandes inundações que ocorriam em suas margens durante séculos
(depois, com a impermeabilização do solo, as inundações voltaram, mas esta é outra história...)
Usina Elevatória da Traição, ao lado das avenidas dos Bandeirantes e Luis Carlos Berrini.
quando em funcionamento, eleva em 5 metros as águas do Pinheiros
http://pt.wikipedia.org/wiki/Usina_Elevat%C3%B3ria_de_Trai%C3%A7%C3%A3o
Interior da "Usina da Traição"
Com o sistema em pleno funcionamento, a Usina de Cubatão mostrou-se um sucesso acima das expectativas,
pois sua queda de 720 metros e o uso das turbinas Pelton, otimizadas para uso com pouco volume de água,
mas com alta queda, tornaram-na uma das mais eficientes do mundo.
Turbina Pelton
Apropriada para pouco volume de água com alta pressão
http://en.wikipedia.org/wiki/Pelton_wheel
Turbina Pelton usada em Cubatão entre 1926 e 1975


O reconhecimento mundial do trabalho de Billings veio em 1936,
quando a "Institution of Civil Engineers" de Londres convidou-o a apresentar um relatório sobre o trabalho feito no Brasil,
especialmente em São Paulo.
O documento "Water-Power in Brazil" tornou-se um clássico no assunto,
com leitura recomendada nas Escolas de engenharia de todo o mundo.
Seu nome é uma constante na lista dos maiores engenheiros do séc. XX.
Ordem do Cruzeiro do Sul
Pelos serviços prestados ao país, Billings a recebeu em 1946
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ordem_Nacional_do_Cruzeiro_do_Sul
Durante o período em que Billings esteve no Brasil, entre 1922 e 1949,
a geração de energia em São Paulo aumentou de 90 mil quilowatts para mais de 500 mil quilowatts.
.Ilustração mostrando a Usina Subterrânea de Cubatão (Usina Henry Borden)
Construída depois da época de Billings, mas mesmo assim uma obra fantástica
Escavada na rocha, é resistente a bombardeios de qualquer tipo


Depois da aposentadoria de Billings, foi construída outra obra fantástica,
uma segunda usina subterrânea ao lado da Usina de Cubatão, totalmente escavada na rocha,
com os mesmos 720 metros de queda e turbinas Pelton, aumentando a capacidade de geração de energia para 800 mil quilowatts.
Entrada da Usina Subterrânea
Interior da usina subterrânea


Além da geração de energia, a Represa Billings tornou-se um dos principais mananciais da região metropolitana de São Paulo.
Infelizmente, na década de 80, a poluição das águas do Pinheiros estava tornando as águas da Represa Billings impraticáveis para consumo humano,
e o bombeamento foi interrompido. Com isto, hoje a Usina de Cubatão continua na ativa, mas opera com apenas 1/4 de sua capacidade.

Capivaras à beira do Rio Pinheiros
A poluição é tão alta que a água deixou de ser bombeada para a Represa Billings
Billings faleceu em sua residência na cidade californiana de La Jolla,
em 3 de Novembro de 1949, poucos meses depois de ter se aposentado,
deixando aquela que foi sua verdadeira pátria, por quem trabalhou incansavelmente.
Da próxima vez que estiver dirigindo pela Marginal Pinheiros, apreciando as margens agora um pouco mais limpas da Billings,
fazendo compras nos Shoppings paulistas na região do Brooklin ,
ou melhor, ao acender uma lâmpada ou beber um copo de água,
lembre-se que foi um perseverante e criativo engenheiro americano o responsável
por algumas das mais importantes intervenções já realizadas na maior metrópole sul-americana.
 
 
 
__._,_.___
 
Endereço Virtual:Delasnieve Miranda Daspet de SouzaEmbaixadora Universal da Paz  - Genebra - Suiça Embaixadora para o Brasil de Poetas del Mundowww.delasnievedaspet.com.br   - UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.pantanalms.tur.br      -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.lunaeamigos.com.br  -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  http://www.delasnievedaspet.com.br/embaixadora_universal_da_paz.htmhttp://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=600http://br.egroups.com/group/LunaeAmigoshttp://br.groups.yahoo.com/group/Mensagens_LunaeAmigos/http://br.groups.yahoo.com/group/PoetasdelMundo_Brasil/http://delasnievedaspet.blog.uol.com.brhttp://forumdeculturams.delasnievedaspet.com.br/index.htmlhttp://grupobrasilmostratuacara.blogspot.com/
.
__,_._,___
 

----- Mensagem encaminhada -----
De: Daspet
Para: GrupoLuna&Amigos; MENSAGENS_LUNA&AMIGOS; Forum-Grupo ; PoetasdelMundoBrasil
Cc: J.B de
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 7:07
Assunto: [Mensagens_LunaeAmigos] MUITO ALÉM DOS SUPERSALÁRIOS -Brasil Dignidade
 
 
----- Original Message -----
From: J.B de
 MUITO ALÉM DOS SUPERSALÁRIOS -Brasil Dignidade

 
 
E o buraco negro  continua, sugando....sugando e sugando os seus direitos , o resultado do seu trabalho, em prol de alguns privilegiados  que tudo podem ,veja abaixo mais alguns absurdos...e falam em " faxina" ...? aonde..?
 
 
 
 
Muito além dos supersalários
 Os supersalários garantidos pela Justiça aos "super servidores" do Senado, nos custarão nos próximos cinco anos perto de R$ 75 milhões. Quase 500 milionários à custa do erário público entre os quais não poderia faltar Sarney. Sem contar que isso reflete e refletirá no mais escandaloso sistema previdenciário do planeta que abarca estes cidadãos de primeiríssima classe. Mas isto é pouco para a classe dominante que conclama os despreparados a elegê-los, em especial nas "capitanias hereditárias" a norte e a nordeste do país, insuflando-os com palavras de ordem contra a presumível elite que somos nós que pagamos impostos, estudamos, educamos nossos filhos e contribuímos à previdência social toda uma vida.     
  Uma rede de TV, em abril último apresentou uma matéria sobre o hospital do Senado. Atende exclusivamente aos Senadores, servidores e ex-servidores da Casa. Trata-se de um anexo com mais de 2.500 metros de área construída, distando cerca de um quilometro do Congresso. Possui um veículo exclusivo que circula continuamente para facilitar a ida e vinda dos "necessitados". Amplamente equipado, conta com 90 profissionais da área de saúde; 48 médicos das mais diversas especialidades e que recebiam perto de R$ 20 mil/mês. Aos 23 profissionais de ensino médio-enfermagem, radiologia, fisioterapeutas, a remuneração variava de R$ 14 mil a R$ 16,5 mil/mês.  A grande maioria com apenas 20 horas de carga de trabalho/semanal (1/2 expediente). No ano de 2010, o gasto total dessa unidade hospitalar, de fazer inveja ao precaríssimo sistema de saúde público de Brasília, foi de R$ 3,5 milhões e pelo número de consultas realizadas, cada uma saiu ao custo médio de R$ 20 mil. Os servidores, únicos usuários são os beneficiários a custa dos miseráveis sem saúde – os contribuintes, e raramente um Senador aparece por lá. Os servidores são descontados simbolicamente em seus contracheques pelo uso dos serviços e que se completam com excelente rede conveniada. Os senadores nada pagam, e gozam do benefício de restituição de qualquer gasto que eles ou seus dependentes efetivarem - saúde médica ou odontológica, dentro e fora do Brasil. De acordo com o próprio site do Senado, no primeiro semestre deste ano, foram gastos R$ 48.225.950,56 com despesas de reembolso e convênios de toda a ordem em serviços médicos e odontológicos, sendo a imensa maioria em Brasília. Isto corresponde a R$ 267.921,95 por dia; ou ainda a quase R$ 2.000,00/por cidadão de primeira classe do Senado (ativos e inativos) durante o 1º semestre de 2011, enquanto isso no mesmo período, o Mistério da Saúde dispendeu ao resto da nação – os "cidadãos de segunda"- R$ 141,90 (per capita).   
 O blog do Movimento Cívico Brasil Dignidade (http://movimentobrasildignidade.blogspot.com/2011/09/muito-alem-dos-supersalarios.html) detalha as despesas médicas das Excelências e de seus vassalos, vale a pena conferir, siga o link.     
Ainda no primeiro semestre de 2011, o Senado, um dos buracos negro do Tesouro Nacional, reembolsou a seus membros R$ 875.259,32 A TÍTULO DE AUXÍLIO FUNERAL.A folha do Congresso mais caro do mundo nos primeiros seis meses desse ano, foi de R$ 2,2 bilhões aos servidores ativos e mais R$1,3 bilhão aos inativos. Sem contar ao que advirá pelos atrasados à generosa concessão da Justiça Federal em que se relacione aos supersalários dos ativos, assim como pela decorrente equiparação e/ou correlação aos inativos. Vale ainda considerar o déficit ao Tesouro que os contribuintes , cidadãos de segunda classe (nos ) que iremos suportar as soberbas aposentadorias dos cidadãos de primeira classe. Diante disso, e pela máxima que foi colocada à nação na sessão de submissão à moral de Jackeline Roriz: "a legalidade e o direito de alguns superam os padrões de moralidade da nação" - o que podemos esperar dos putrefatos defensores dos Poderes Republicanos instalado no governo lulopetista ?   
 Oswaldo Colombo Filho
Fonte de dados: Site do Senado; Tesouro Nacional.
            Jornais O Estado de S.Paulo 17/09/2011
            Diário da Manhã – Goiás 16/09/2011
 
  Brasil Dignidade
 
 
 
 
 
__._,_.___
 
Endereço Virtual:Delasnieve Miranda Daspet de SouzaEmbaixadora Universal da Paz  - Genebra - Suiça Embaixadora para o Brasil de Poetas del Mundowww.delasnievedaspet.com.br   - UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.pantanalms.tur.br      -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  www.lunaeamigos.com.br  -  UNESCO  WORLD POETRY DIRECTORY  http://www.delasnievedaspet.com.br/embaixadora_universal_da_paz.htmhttp://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=600http://br.egroups.com/group/LunaeAmigoshttp://br.groups.yahoo.com/group/Mensagens_LunaeAmigos/http://br.groups.yahoo.com/group/PoetasdelMundo_Brasil/http://delasnievedaspet.blog.uol.com.brhttp://forumdeculturams.delasnievedaspet.com.br/index.htmlhttp://grupobrasilmostratuacara.blogspot.com/
 

----- Mensagem encaminhada -----
De: Darlan Alberto Tupinambá Araújo
Para:
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 8:39
Assunto: Fwd: Mês de Outubro - Escola do Escritor
Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir  Política de envio de e-mails:*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).D i m y t h r y u sEmbaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)Visite o site:http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.phphttp://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.phphttp://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm
---------- Mensagem encaminhada ----------De: Escola do Escritor
Data: 18 de Setembro de 2011 17:44Assunto: Mês de Outubro - Escola do EscritorPara: Darlan Alberto Tupinambá Araújo
Escola do Escritor

01/10/2011 – Sábado – das 09h00 às 16h00
Segredos para Despertar a sua Criatividade
Descubra o Escritor que existe dentro de Você!
Docente: Armando Alexandre dos Santos
Mais Informações
08/10/2011 – Sábado – das 09h00 às 13h00
Preparação e Revisão de Textos na Edição de Livros
e Publicações Periódicas
Docente: Ana Cristina Mendes Perfetti
Mais Informações
22/10/2011 – Sábado – das 9h 00 às 13h00
Marketing Editorial - Divulgando o seu Livro e sua Imagem na Mídia
Docentes: João Scortecci e Maria Esther Mendes Perfetti
Mais informações

Escola do Escritor
escoladoescritor@escoladoescritor.com.br
(11) 3034.2981
www.escoladoescritor.com.br

Enc: Fwd: Feira do Livro do Ipiranga (Sábado)



----- Mensagem encaminhada -----
De: Darlan Alberto Tupinambá Araújo
Para:
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 8:40
Assunto: Fwd: Feira do Livro do Ipiranga (Sábado)


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Ivan Ferretti
Data: 18 de Setembro de 2011 16:35
Assunto: Feira do Livro do Ipiranga (Sábado)
Para:


Segue anexo cartaz da 5ª Feira do Livro do Ipiranga
Que acontece neste Sábado 24/09/2011
Na Rua Silva Bueno, 2.109
Mercado Municipal do Ipiranga
Próximo a estação Sacomã do Metrô

Atenciosamente
 Ivan Ferretti
 
 
 



 
 

----- Mensagem encaminhada -----
De: Darlan Alberto Tupinambá Araújo
Enviadas: Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 8:41
Assunto: Fwd: SAIBA mais no site 'ARAÇATUBA E REGIÃO"


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Prof. Pedro César
Data: 18 de Setembro de 2011 10:30
Assunto: SAIBA mais no site 'ARAÇATUBA E REGIÃO"
Para: "Prof. Pedro César"


 
 
CURSO DE CRÔNICAS
TEORIA E PRÁTICA
'REGISTRO E RESGATE DA VIDA CULTURAL DE UM POVO'
ALUNOS DO CURSO DE CRÔNICAS - OC "SÍLVIO RUSSO"
Iniciou-se no dia 10 de setembro de 2011, das 8h às 12h, O Curso de Crônicas ministrado pelo prof. Pedro César Alves na Oficina Cultural "Sílvio Russo" - Rua Oscar Rodrigues Alves, 169, e contou com a participação de 15 alunos que participaram efetivamente das atividades propostas - inclusive, levando para casa 'tarefas', pois o Curso segue, ainda, nos dias 17/9, 24/9, 01/10 e 08/10 - num total de 20 horas. Araçatuba/SP. Fone: (18) 3625-5357.
 
CONVITE ESPECIAL
NESTA SEMANA no site 'ARAÇATUBA E REGIÃO" tem:
- muita MÚSICA de araçatubenses, indicada pelo amigo Daniel Freitas, da ALMA...
- PEF - Programa Escola da Família (aniversário) - fotos
CONCURSO DE POESIA: ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS
Crônica da semana
ARAÇATUBENSE - E SUA PARTICIPAÇÃO?
PEDRO CÉSAREsta semana que se encerra Araçatuba viveu a III Semana da Literatura – sucesso nas atividades propostas, mas há alguns pontos que devem ser considerados – principalmente a participação do público. Aliás, onde estavam os homens e mulheres que se dizem 'das letras' em nossa cidade? Mas, antes de fazer comentários sobre o assunto, uma rápida passagem pela semana.
Na noite de abertura, dia 13 – terça-feira, aconteceu a premiação dos vencedores do 24º Concurso Internacional 'Cidade de Araçatuba' (contato com o livro de 'Contos Premiados') e apenas cinco premiados compareceram – pior: até araçatubense premiado não compareceu (e nem mandou representante) – é, ou não, de se pensar? Continuando, fez-se presente o escritor pernambucano Marcelino Freire, ganhador do prêmio Jabuti 2006, que falou sobre a produção de textos sucintos – tendo em vista as redes sociais, sua trajetória e seu contato com a poesia de Manuel Bandeira onde o fez querer ser escritor. Na segunda noite membros do Grupo Experimental fizeram noite de autógrafos, seguido da palestra do escritor Menalton Braff, prêmio Jabuti 2000, que falou sobre as 'Ciladas da Literatura Infantojuvenil'. Na terceira noite houve uma mesa de debates sobre o papel das bibliotecas na leitura. Ontem o ator Ayrton Salvagnini fez performance sobre a Semana de Arte Moderna de 1922 e, hoje à noite, encerrando a III Semana, após a missa na Catedral Nossa Senhora Aparecida, às 20h30, Ayrton Salvagnini faz performance do 'Sermão da Sexagésima', do Padre Antônio Vieira. E vale lembrar, ainda, que em todas as noites os visitantes saíam do auditório do Senac com um livro na mão – além do contato direto com vários escritores e autógrafos.
Agora, voltando ao assunto deste texto – onde estava o público araçatubense nestes dias? Faço esta pergunta pelo simples motivo de o auditório ter muito lugares vazios – mas muito mesmo! Será que estavam em outro acontecimento cultural, ou trabalhando? (Se estavam em outro evento cultural – perdoados; alguns, provavelmente, estavam trabalhando – mas, e os outros? Aliás, muitos que ostentam títulos de literatos não se deram ao prazer de se fazer presente! Como cobrar dos outros? Ou, será que estou pegando muito pesado?) Comento aqui as palavras de Tarso José Ferreira, vencedor na Categoria Regional com o conto 'Amizade Sincera', ao receber o seu prêmio – 'é uma vergonha para Araçatuba quando olhamos este auditório'. Que imagem os nossos visitantes levaram de nossa cidade? E ele está certo – aliás, certíssimo! Tão certo que, parando, pensando, analisando: como cobrar da população se os que exercem direto (ou indiretamente) o exercício da escrita não comparecem em tais eventos? Passo (e penso), então a dizer, que a população é inocente!
Sei que muitos não pensam assim – e vão levando a vida. Mas precisamos nos engajar em movimentos de luta – não me refiro a luta armada, mas sim numa luta contra certas situações desconfortantes, seja esta social, política, econômica, entre outras. Quando disse, há duas semanas, que poucos educadores se preocuparam em receber escritores, alguns acordaram e me escreveram. Quando escrevo agora perguntando onde estava a população araçatubense – espero que esta acorde! Quando digo que os que se acham literatos não compareceram (com algumas exceções) – espero que também acordem. Ou seja, que apareçam, inclusive, para visitarem as escolas. Pois – que me perdoem todos – encontrei muitos escritores do Grupo Experimental – mas, e os de cima? Sempre os mesmos.
Cabe ao escritor, aquele que propõe registrar os fatos de uma sociedade, 'denunciar' a realidade que o cerca – e neste momento fico preocupado, assim como o Tarso José e muitos dos que lá estavam presentes, com os rumos da literatura araçatubense: será que, enquanto cidadãos araçatubenses, queremos homens e mulheres de nomes – com livros publicados apenas, ou cidadãos – mesmo que sem livros publicados, mas ativos? Pense! (Publ. em 17/09/2011)
 
O ILUSTRE
Chamavam-no de Ilustre Morador. Poucos o conheciam, ou de poucos eram conhecidos. Não se sabia ao certo de onde viera, apenas era sabido que estivera três dias antes na cidade a procura de casa. Visitou três imóveis, gostou do último, pagou em dinheiro corrente, dirigiu-se ao cartório, fez a papelada.
Três dias após a compra um pequeno caminhão baú encostara e descarregara os móveis que agora ocupava o imóvel.
A casa – nem tão pequena assim para o Ilustre Morador (no jardim, logo após os móveis serem introduzidos no imóvel, aparecera uma placa com os seguintes dizeres: Ilustre Morador) – vivia quase sempre de janelas fechadas, raramente se via uma aberta. O Ilustre Morador dirigia-se mensalmente ao supermercado, ao único banco da cidade; trocava poucas palavras nestes lugares. E era sempre chamado de Ilustre Morador.
Ao longe tudo observava.
A cada quinze dias um veículo dos Correios parava na frente do imóvel – e não dava nem tempo do chofer apertar a campainha, pois o ilustre Morador abria o portão, e recebia e entregava um pacote. Era uma troca rápida, sem palavras entre os envolvidos. Sem documento assinados.
O Ilustre Morador saiu em seu portão apenas e exatamente a metade de um cento, mais um, para não voltar mais – superstição! Dias depois uma placa de 'aluga-se' fora fincada no jardim. Prof. Pedro César Alves (Pub. em 11/08/2011).
 
CURSO DE CRÔNICAS
TEORIA E PRÁTICA
'REGISTRO E RESGATE
DA VIDA CULTURAL DE UM POVO'
Iniciou-se no dia 10 de setembro de 2011, das 8h às 12h (17/9, 24/9, 01/10 e 08/10 - num total de 20 horas), na Oficina Cultural 'Sílvio Russo', Rua Oscar Rodrigues Alves, nº 169 - Centro / Araçatuba/SP. Prof. Pedro César . Inscrições a partir de 08/09 - Fone: (18) 3625-5357.
 
 
 
* * *
você sabe o que é MIB.house?
 
Professor e escritor Pedro César Alves.