Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Enc: [Mensagens_LunaeAmigos] : Dívida dos EUA: o tamanho da encrenca...



----- Mensagem encaminhada -----
De: Daspet
Para: GrupoLuna&Amigos; MENSAGENS_LUNA&AMIGOS Mensagens_LunaeAmigos; Forum-Grupo Forum_de_Cultura_MS
Enviadas: Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011 18:48
Assunto: [Mensagens_LunaeAmigos] : Dívida dos EUA: o tamanho da encrenca...

 
 
------------------------------------------------------------
Dívida dos EUA: o tamanho da encrenca

Dívida norte-americana: muito se fala, pouco se entende. Vai abaixo um infográfico para tentar te ajudar a entender e visualizar o tamanho da encrenca. Não tenha dúvida, meu caro amigo, minha cara amiga: não é porque vivemos no país do PAC, do bolsa família, da prosperidade Antonio Palocciana… Se os EUA dançam, o mundo inteiro vai atrás deles até o fundo do buraco. Nunca antes na história desse planeta valeu tanto aquela expressão… No mundo globalizado com economia on-line, estamos todos no mesmo barco.
Agora, vamos enxergar o tamanho do buraco dos nossos irmãos do norte através de um infográfico criado pelo
WFTnowaycom dados do US Debt Clock, o reloginho que marca em tempo real o tamanho da dívida do estado norte-americano.
..::..

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida0.jpg
100 dólares: nota de dinheiro mais conhecida do mundo.

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida1.jpg
10 mil dólares: grana suficiente para torrar numas férias caprichadas ou num carro usado. É o valor médio equivalente a um ano de trabalho de um cidadão no planeta Terra.
Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida5a.jpg
1  milhão de dólares: prêmio de reality show brasileiro. É o valor equivalente a cerca de 92 anos de trabalho de um humano médio no planeta Terra.
Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida4.jpg
100 milhões de dólares: opa, já dá para arrumar a vida de qualquer bom gastador. Ladrão que botar a mão numa bolada dessa já vai precisar de uma empilhadeira para levar o tutu para casa.

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida5.jpg
1 bilhão de dólares: agora a coisa ficou séria. Brincadeira de cachorro grande, o clube do bilhão é só para pesos pesados.

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida4a.jpg
1 trilhão de dólares: Se você gastasse 1 milhão de dólares desde o dia 1 do ano que Jesus nasceu, não teria gasto até hoje a soma de 1 trilhão de dólares, mas apenas cerca de 700 bilhões.
Quando o governo dos EUA reconhece um déficit de U$ 1,7 trilhão, isto representa apenas o valor que ele tomou emprestado em 2010 para manter a máquina do estado em movimento.
Repare: vemos aí uma pilha dupla, em unidades encaixadas de 100 milhões de dólares.
Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida2.jpg
Para facilitar sua visualização do tamanho da encrenca: o trilhão de dólares comparado a um jato ou um campo de futebol.

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida3.jpg
15 trilhões de dólares: Se o governo americano não resolver o deficit, a dívida alcançará 15 trilhões de dólares até o natal de 2011. Estoura o teto máximo permitido por lei, hoje fixado em U$ 14,3 trilhões. Um volume capaz de assustar a Estátua da Liberdade.

Descrição:
http://blogdotas.terra.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/07/usa_divida6.jpg
114,5 trilhões de dólares: é o endividamento sem garantias. Representa o valor necessário para os EUA financiarem previdência social, serviços médicos e remédios, fundo de desemprego, despesas militares e pensões para os civis… Enquanto isso, eles continuam acelerando nos gastos. Só a guerrinha no Afeganistão custa a bagatela de U$ 2 bilhõezinhos por semana!

Entendeu o drama?  
Então responda o que você faria se fosse o Obama: como resolver uma dívida dessas?
 







.

__,_._,___


Enc: HAMBRUNA INFERNAL FAMINE INFERNALE FOME INFERNALE INFERNAL FAMINE



----- Mensagem encaminhada -----
De: Cercle Univ. Ambassadeurs de la Paix
Para:
Enviadas: Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011 5:07
Assunto: Fw: HAMBRUNA INFERNAL FAMINE INFERNALE FOME INFERNALE INFERNAL FAMINE

 
 
            de notre ambassadeur Coronel Héctor José Corredor Cuervo COLOMBIE
    votre indulgence pour les traductions merci !
 
                                           
                                                                                              
       
HAMBRUNA  INFERNAL
 
Con los rostros marchitos por el hambre
 
van por la tierra  seres mendicantes,
 
cual si fueran abejas que en enjambre
 
salen de la colmena,  agonizantes.
Son mortales con  alma cristalina
que muestran en sus cuerpos la desgracia
de vagar bajo  el  sol que los calcina
ante ojos de la odiosa burocracia.
Entre  sombras de olvdo e indolencia
mueren en los caminos, paso a paso,
esqueletos con piel como adherencia
mientras se oculta el sol en el ocaso.
Por sus mejillas ruedan lagrimones
cuando piden a Dios,  pan y justicia,
en medio de las moscas que en legiones
los  persiguen  por  fétida  inmundicia.
Por la hambruna se venden las menores
a mercaderes de sexo y deshonor
para dar de comer a sus mayores
que se ahogan en fangos de dolor.
¿ Hasta cuando inconscientes poderosos
seguirán encubriendo  a criminales
que viven  en  palacios primorosos
sostenidos por larvas  infernales?
¿Hasta cuando poetas y escritores
seguirán escribiendo a las estrellas…,
mientras  mueren los pueblos con dolores
de hambrunas y de inútiles querellas?
¿Hasta cuando la industria de las armas
tendrán licencia de algunos gobernantes
que reciben  su apoyo en las campañas
para comprar consciencias de votantes?

FAMINE INFERNALE
 Avec les visages fanés par la faim
Les êtres sur la terre sont des mendiants, 
comme s'ils étaient des abeilles grouillantes 
quittant la ruche agonisante.
Ils sont mortels avec l'âme cristalline 
qui montrent le malheur dans leurs corps  
errants  sous le soleil brûlant 
devant les yeux de la bureaucratie odieuse. 
Parmi les ombres de l'oubli et de la paresse
 meurent sur les chemins, pas à pas,
 les squelettes attachés à la peau
 tandis que le soleil se cache à l'horizon.
Les larmes coulent sur leurs joues
quand ils demandent à Dieu, le pain et la justice, 
au milieu des mouches qui font légions
 les persécutent par leur fétide immonde.
Par la famine on vend les mineurs 
à des négociants pour le sexe et le deshoneur 
pour donner à manger aux  ainés 
qui sont noyé dans des boues de douleur.
Jusqu'à quand
les  puissances inconscientes continueront elles à cacher  des criminels 
qui vivent dans des palais magnifiques
 soutenus par des larves infernales ? 
Jusqu'à quand les poètes et les auteurs 
continueront ils à écrire aux étoiles…,
 pendant que meurent les peuples dans la douleur 
la famine et les plaintes inutiles ? 
Jusqu'à quand l'industrie des armes 
aura elle le soutien de quelques dirigeants 
qui reçoivent un appui dans les campagnes
 pour acheter les consciences des'électeurs ? 

FOME INFERNAL
 Com os rostos desvanecidos pela fome
Os seres da terra são mendigos,
 como são abelhas num enxame 
 deixando a colmeia agonizante.
São mortais com  almas cristalinas
 que mostram as desgraças nos seus corpos
 errantes sob o sol que queima
 na frente dos olhos da burocracia odiosa.
Entre as sombras do esquecimento e da preguiça 
morrem sobre os caminhos, não e não, 
com os esqueletos unidos a pele 
enquanto o sol esconde-se no  horizonte
As lágrimas caem sobre as suas faces
 enquanto pedem à Deus, o pão e a justiça, 
no meio das moscas que fazem legiões 
perseguindo-os através das suas fétidas imundícies.
Pela fome vende-se os minerios
 a uns negociantes para o sexo e a desonra
 para dar de comer aos grandes
 que são afogados em lamas de dores.
até quando 
as potências inconscientes continuarão a esconder criminosos 
que vivem em palácios magníficos 
apoiados por larvas infernais? 
até quando os poetas e os autores
continuarão a escreverem para as estrelas…, 
Enquanto morrem os povos nas dores
 na fome e nas queixas inúteis?
 até quando as indústrias das armas
 terão o apoio de alguns líderes
que recebem seus apoios nas campanhas 
para comprarem as consciências dos eleitores?
 
INFERNAL FAMINE
 With the faces faded by hunger
 The beings on the ground are beggars, 
like  they were bees grouillantes 
leaving the hive failing.
They are mortals with  crystalline heart
 who show misfortune in their bodies 
wandering under the sun burning
 in front of the eyes of the odious bureaucracy.
 Among the shades of lapse of memory and of idleness
 die on the ways, step by step,
 skeletons attached to skin
 while the sun hides with  horizon.
The tears run on their cheeks
 when they ask God, the bread and justice, 
in the middle of the flies which make legions 
persecute by their stinking immonde.
 By the famine one sells minors 
with traders for the sex and dishonour
 to give to eat with groins
 who are drowned in muds of douleur.
until with when
the unconscious powers will continue they to hide criminals
 who live in splendid palates
 supported by infernal larvae? 
until with when poets and authors
 will continue to write to stars…,
 while the people in pain
 die the useless famine and complaints?
 until with when industry of weapons 
it will have it support of some leaders 
who receive a support in marketing years 
to buy the consciences des' voters? 
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&& 



 

----- Mensagem encaminhada -----
De: Darlan Alberto Tupinambá
Para:
Enviadas: Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011 9:31
Assunto: Fwd: Convite - Lançamento de livro; Momentos da leitura e feira de livro: Sangue, vampiros e livros...


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Carlos
Data: 1 de Setembro de 2011 19:36
Assunto: Convite - Lançamento de livro; Momentos da leitura e feira de livro: Sangue, vampiros e livros...
Para: Carlos


 
 
 
 

Livro sobre Dona Ivone Lara será lançado em Salvador

 

A trajetória de uma das mais importantes representantes do samba brasileiro é abordada no livro Ivone Lara, A Dona da Melodia, da pesquisadora carioca Katia Santos, que será lançado dia 3 de setembro, às 13h, na Loja Pérola Negra, no Canela. O lançamento em Salvador, com apoio da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, contará com a presença da autora e será animada pelo cantor Rogério, do grupo Bambeia, que apresentará sambas de Dona Ivone Lara.
 
 
 
 

CAPITÃES DA AREIA É TEMA DE RODA DE LEITURA NO MUSEU RODIN

 

Celebrando o Centenário de nascimento do escritor Jorge Amado, obras amadianas serão debatidas no 1º sábado de cada mês até dezembro de 2012.
 
 
Capitães da Areia do célebre autor baiano Jorge Amado será o próximo livro em debate do projeto Momentos de Leitura realizado pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA em parceria com o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (PROLER). O evento acontece dia 3 de setembro (próximo sábado), no espaço Solar Café do Palacete das Artes (Museu Rodin), na Graça, às 15h e terá como mediadora a psicóloga e Mestre em Letras, Lena Lois. 
 
 
 
 
 
 

 

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE EM FEIRA DE LIVROS UNE A SOLIDARIEDADE AO PRAZER DA LEITURA

 
 
A Fundação Pedro Calmon/SecultBA e a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) realizam no Campo Grande, em 4 de setembro próximo, a partir das 9h30, o evento Sangue, vampiros e livros... Uma questão de ler e doar! Será um dia inteiro de atividades culturais e doação de sangue.
 
Com o objetivo de promover a prática da leitura e a solidariedade através da doação de sangue, a Diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon, em parceria com a Hemoba, reúne num só evento o Seminários Novas Letras: Vampiros na Literatura e no Cinema, o lançamento do cordel O vampiro apaixonado, de Antônio Barreto, a sessão de autógrafos com Iray Galrão, autora de Bia, a nuvem que não queria chover, a Biblioteca Móvel e a Feira Mensal de Livros do Campo Grande – com a exposição e venda dos acervos da Fundação Pedro Calmon, da Editora Livro.Com, da Galeria do Livro e outros livreiros.
 

--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.



 
 
 ----- Mensagem encaminhada -----
De: MIS - Museu da Imagem e do Som <mis@mis-sp.org.br>
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011 18:33
Assunto: #RedeMIS


#RedeMIS
----- Mensagem encaminhada -----
De: Pinacoteca do Estado de São Paulo
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011 11:02
Assunto: Pinacoteca do Estado de São Paulo convida


 
 

----- Mensagem encaminhada -----
De: SP Escola de Teatro
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Enviadas: Quarta-feira, 31 de Dezembro de 1969 22:00
Assunto: Coxia | Informativo Semanal da SP Escola de Teatro
Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link
COXIA | Informativo Semanal da SP Escola de Teatro
 
Quinta-feira, 01 de agosto de 2011
 
 
Sábado Tem Território Cultural na SP Escola de Teatro
Um dos destaques do Território Cultural, marcado para sábado (3/9),  é a Mesa de Discussão "Teatro Infantil: Formação de Plateia"  que será realizada das 9h30 às 11h30. O dramaturgo Flávio de Souza, conhecido pela criação e roteiros para séries infantis "Cata-vento", "Lá Vem História", "Rá-Tim-Bum" e "Mundo da Lua", veiculadas pela TV Cultura, é um dos convidados que conta, ainda, com a participação de Bete Dorgam, formadora-convidada do curso de Humor da SP Escola de Teatro; das diretoras e atrizes, fundadoras da Cia. Le Plat du Jour,  Alexandra Golik e Carla Candiotto, e da pesquisadora e diretora Mirtes MesquitaAo mesmo tempo, entre às 10h30 e 13h,  haverá a Mesa de Discussão "A Ópera: Arte Completa?", que pretende abordar a pluralidade deste gênero. O encontro, contar com a presença do cenógrafo e diretor Cleber Papa; o diretor, iluminador e professor Iacov Hillel; o diretor William Pereira; a meiosoprano Regina Elena Mesquita e o regente Roberto Duarte.
 
Outras atividades integram a programação do Território Cultural. Conheça todas aqui.
 
O que é o Território Cultural?
Em busca de estimular a reflexão sobre o fazer teatral e inserir as artes cênicas, ainda mais, no calendário cultural da capital paulista, o Território Cultural, promovido na sede da SP Escola de Teatro oferece uma programação gratuita, que conta com workshops, palestras, espetáculos, exposições, shows e apresentações de trabalho dos aprendizes. Por funcionar como um desmembramento do calendário dos Cursos Regulares, além da programação aberta ao público, o Território Cultural também oferece atividades exclusivas aos aprendizes.
 
 
Sonhos em Pequenos Pedaços de Papel
A concretização de um, ou melhor, vários sonhos, por meio de simples pedaços de papel. Talvez, assim possa ser descrito o momento da entrega dos 200 cheques relativos à Bolsa-Oportunidade oferecida pelo Programa Kairós da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, para aprendizes, nesta quarta-feira (31).
 
Qualquer pessoa podia ver, no rosto de Cléo De Páris, coordenadora do Programa Kairós, a satisfação ao entregar cada um dos cheques. Mas o que ela sentia, só ela mesma foi capaz de definir: "Passa tanta coisa pela minha cabeça. Não é só o sonho deles que estamos concretizando, mas também o nosso. É o que planejamos desde os primeiros encontros do projeto, uma forma de trazer dignidade para nossa profissão. Ao ajudar em suas inclusões culturais, sinto que estou cumprindo meu papel social. Se isso não tivesse sucesso, nada desse projeto teria sentido", finaliza Cléo.
 
Leia matéria na íntegra
 
Conheça o Programa Kairós e suas outras ações aqui. 
 
 
Curso Gratuito 
O curso de Difusão Cultural Desenvolvimento de Técnicas e Estratégias para Captação de Recursos no Mercado Cultural – A Arte de Negociar, oferecido pela SP Escola de Teatro está com as inscrições abertas até sexta-feia (9/9). Ministrado por Annelise Godoy, produtora cultural e diretora executiva da Philarmonia Brasileira, um dos objetivos do curso é apresentar um panorama das questões concernentes às relações entre o Estado e a Cultura no Brasil, passando pela concepção que fundamenta a legislação relativa às leis de incentivo cultural no País, e discutindo a cultura como negócio.
 
Inscreva-se aqui.
 
 
SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco
Avenida Rangel Pestana, 2.401 - Brás
Telefone: 2292.7988 | 2292.8143
www.spescoladeteatro.org.br