Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Este é o meu Livro de prosa poética Caleidoscópio Interior, na versão E-book / Posted by Odennir Ferro


Caleidoscópio Interior (Download)

Mais visualizações

Caleidoscópio Interior (Download)

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque.

R$ 13,00
Compartilhe:

Descrição rápida

ISBN: 978-85-7987-104-7
Autor: Odenir Ferro
Capa: Jair D Sousa
192 páginas

* Campos obrigatórios

R$ 13,00
Adicionar itens ao carrinho Adicionar ao carrinho


Dentro do profundo tocante sobre tudo o que pretendo traduzir em palavras no conteúdo do enredo do livro Caleidoscópio Interior, procuro referir-me de forma muito enfática, principalmente aos sentimentos que vamos carregando dentro do nosso universo interior. Creio que somos exímios marinheiros das histórias, velejando incansável e habilidosamente, pelas ondas da vida. Num contínuo vai e vem de sentimentos que vão se espalhando pelos ares das estações que transmutam as energias deste nosso Planeta!

Sempre predispondo-nos a avançarmos com os nossos mais profundos anseios. Modelando-os dentro do nosso incessante ato de sonhar, construir, realizar, todas as nossas obras inacabadas. Espelhando-nos, nos grandes amores e grandes exemplos de grandes personalidades que já fizeram as suas gloriosas travessias, cada qual no seu tempo, por este amável, exótico e exuberante Planeta Terra...

E também aqueles grandes homens e àquelas grandes mulheres que ainda circulam entre nós. Vivendo o cotidiano do dia a dia. Sempre aprendendo, aprimorando, evoluindo a alma com as exuberâncias que se mostram em cada momento, no decorrer da vida.

Caleidoscópio Interior, procura retratar o nosso cotidiano simples, mas que está a cada dia mais, ficando complexo. Creio que estamos passando por inumeráveis e bruscas transformações em muitos sentidos. Enquanto vamos viajando pelos incógnitos caminhos desta vida afora, somos nós, os grandes personagens de nós mesmos. Formando o corpo de um todo existencial humanitário.

Vivendo, íntegros, dentro deste Imenso Palco Giratório, que se espelha dentro do viver nosso de cada dia. Nós somos os primores das grandes obras ainda inacabada, e que criados fomos, pelas sapientíssimas mãos modeladoras da Arte mais Inspirativa e incondicional do Amor de Deus! E por nos apresentarmos tantas vezes frágeis, volúveis, inseguros, dentro da nossa própria pretensão e arrogância soberba, vamos aprendendo a viver, sem muitas pretensões de fazermos muitas transgressões às Leis naturais que vêm do Universo!

A nossa fé sempre se mostra como uma rica fonte de Luz imensurável, aonde depositamos a cada segundo do nosso viver, os nossos mais profundos anseios. Tão impregnados que somos pelo éter perfumado de fortes esperanças. Esperanças de que tudo o que estamos produzindo, realizando, sonhando, amando, sentindo, vibrando, dentro deste universo que se molda dentro de nós, poderá gradativamente transformar-se num avolumado quadro carregado com fortes tons feitos por enérgicas pinceladas cheia de luzes cores e sombras, que vão moldando e delineando os mais fimbrio fios dos tracejados da nossa alma! Expondo-nos vivos, dentro de uma fortaleza exuberante aonde poderemos expor os nossos amores e sonhos, desencontros e encontros, encantos e desencantos, derrotas, conquistas... E acima de tudo, uma grande e significativa somatória de muitas e enternecidas, emocionantes, alucinantes, vitórias!

Somos vitoriosos somente pelo fato de existirmos. Somos bravios guerreiros empreendedores de muitas lutas! Carregamos nos genes as mais complexas estruturas adquiridas, herdadas, dos nossos ancestrais. Que amando, viveram e morreram por nós, atravessando muitas e muitas Eras... E quanta beleza indescritível há, nisto tudo!

Até nas mais ínfimas realizações e crenças que temos, depositamos a força do amor. Sempre predispostos a saciarmos a sede de justiça, ao saborearmos os frutos das nossas vitórias! Pois por mínimas que sejam, elas sempre são muito significativas para a nossa evolução pessoal.

Amar é uma Arte! Talvez a mais sublime de todas as Artes! Tudo na vida espelha-se na força enaltecedora dos corações que são impulsionados pelo magnetismo carismático que se desprende das Artes! E as Artes, são uma sublime e inenarrável manifestação do Amor!

E Amar é uma Arte, pois todas as Artes se concentram nas origens da força sublime de uma única e imensa Arte: - A Arte do Amor!

E nós somos as incondicionais sementes geradas pela Arte do Amor!

Nós seres humanos, somos perpétuos, porque somos eternamente sublimes!...

Enquanto vamos vivendo a constância de cada dia, vamos realizando os nossos anseios, projetando as nossas vontades, procurando a possível realidade de se ser feliz, ao menos que temporariamente, sendo de que forma for. Sofremos! Mas, realizamos dentro de nós a doce arte de ao menos, procurar os íntimos caminhos da felicidade!

Amamos, porque acreditamos na luz soberana dos nossos sonhos!

E amando, vamos realizando o cotidiano tracejado nos aspectos expressados dos Registros de Vida.

Registro que o temos intimamente escrito dentro do nosso mundo interior. E que segundo a segundo, vamos escrevendo-o ou transcrevendo-o, dentro das páginas pessoais da nossa ímpar história. Vamos assim realizando a construção do nosso imenso quebra-cabeça, formando o nosso Caleidoscópio Interior! Crentes que acima de tudo, um fascinante mundo espiritual nos assemelha e nos afeiçoa numa Perfeição que amorosamente se faz, ao nos auxiliar a realizarmos a construção da História sempre inacabada que reside na perpetualidade do nosso espírito. E que é a primordial essência da alma corpórea que nos apresenta em vida, e, na qual através dela, nos manifestamos física e química intelectual e espiritualmente, perante os caminhos que percorremos na trajetória do nosso viver.

Sempre rumando incógnitos e errantes, através deste nosso imenso belíssimo e apaixonante Planeta Terra!

POESIA É TEMA DE EXPOSIÇÃO RODOVIÁRIA / Posted by Odennir Ferro

Este e-mail é amigo do ambiente, pondere antes de o imprimir

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm















Prezados amigos e poetas
Em anexo algumas fotos da exposição de artes visuais e poesia do livro, "Poesia Para Parar o Tempo" de autoria do poeta e cronista Antônio Carlos Dayrell, aberta dia 17 na galeria da Rodoviária de Belo Horizonte-MG,Brasil.
A exposição se compõe de:
- 17 poemas ilustrados do livro Poesia Para Parar o Tempo, cujos poemas tive o prazer de ilustrar.
- Crônicas editadas em jornais da capital e cidades e do interior, sobre assunto diversos e/ou temáticos.
- poemas visuais
- Exposição do Livro Artesanal por ele construído, absolutamente dentro das normas e padrões exigidos por lei,e todo seu material
de construção e execução do mesmo, que inclusive poderá ser visto como material didático, sobre como encadernar um livro à
mãos.
- e outros objetos
O Antônio Carlos Dayrell participa do meu projeto "Aspectos Urbanos", e além se mostrar um grande poeta e cronista com várias publicações em jornais da cidade de do interior, se mostra também uma pessoa muito criativa e sensível às artes plásticas, mostrando nessa exposição sua habilidade criativa, nos objetos que apresenta cf. fotos.Vale a pena conferir

O Poeta está Sábado dia 21 de maio no local para receber os amigos e visitantes.
Contato:99173905

--
Ateliê Iara Abreu

FW: Ponto Negro



--- Em qui, 19/5/11, Hazel São Francisco escreveu:

De: Hazel São Francisco
Assunto: FW: Ponto Negro
Para:
Data: Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 20:40


 
  Date: Wed, 18 May 2011 03:04:50 -0300
 Subject: Ponto Negro


 ____________________
 PONTO NEGRO

 Certo dia, um professor chegou na sala de aula e disse aos alunos para
 se prepararem para uma
 prova-relâmpago. Todos acertaram suas filas, aguardando assustados o
 teste que viria.
 O professor foi entregando, então, a folha da prova com a parte do
 texto virada para baixo,
 como era de costume. Depois que todos receberam, pediu que desvirassem
 a folha. Para surpresa de todos,não havia uma só pergunta ou texto,
 apenas um ponto negro, no meio da folha. O professor, analisando a
 expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:
 Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo. Todos os
 alunos, confusos, começaram, então, a difícil e inexplicável tarefa.
 Terminado o tempo, o mestre recolheu as folhas, colocou-se na frente
 da turma e começou a ler as redações em voz alta. Todas, sem exceção,
 definiram o ponto negro, tentando dar explicações por sua presença no
 centro da folha.
 Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a
 explicar: Esse teste não será para nota, apenas serve de lição para
 todos nós. Ninguém na sala falou sobre
 a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro.
 Assim acontece em nossas vida. Temos uma folha em branco inteira para
 observar e aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.
 A vida é um presente de Deus dado a cada um de nós, com extremo
 carinho e cuidado. Temos motivos para comemorar sempre. A natureza que
 se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o
 sustento, os milagres que diariamente presenciamos. No entanto,
 insistimos em olhar apenas para o ponto negro!
 O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o
 relacionamento difícil com um
 familiar, a decepção com um amigo. Os pontos negros são mínimos em
 comparação com tudo
 aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente.
 Pense nisso! Tire os olhos dos pontos negros de sua vida. Aproveite
 cada bênção, cada momento que Deus lhe dá.
 Jesus diz em Mateus 6:33: "buscai primeiro o reino de Deus, e a sua
 justiça, e todas estas coisas
 vos serão acrescentadas. " E o que é buscar o reino de Deus em
 primeiro lugar? É procurar,sempre, como ponto de partida, viver em
 plenitude as graças e bênçãos
 que Deus nos dá. É deixar a ansiedade e o stress de lado, porque isso
 é falta de fé. É acreditar que os pontos negros passarão e viver a
 plenitude do amor de Deus. Lembre-se disso!
 O ponto negro que há em sua vida é infinitamente menor que as graças e
 as bênçãos de
 Deus. Faça a sua parte, deixe a ansiedade de lado, aproveite cada dia
 que você tem. E Deus vai lhe dar sabedoria e vai abrir as portas
 necessárias para que os
 pontos negros de sua vida se acabem. Creia que o choro pode durar até
 o anoitecer,
 mas a alegria logo vem no amanhecer. Tenha essa certeza,
 tranqüilize-se e seja feliz!!!
 
 "Amigo é o irmão escolhido com o coração".(Skyblue)
 

Fwd: Festa de lançamento



--- Em sex, 20/5/11, Darlan Alberto Tupinambá escreveu:

De: Darlan Alberto Tupinambá
Assunto: Fwd: Festa de lançamento
Para:
Data: Sexta-feira, 20 de Maio de 2011, 4:45

Este e-mail é amigo do ambiente, pondere antes de o imprimir

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De:
Data: 19 de Maio de 2011 22:59
Assunto: Festa de lançamento
Para:



VEJAM CAPA DO LIVRO NO ANEXO

CONVITE

Os Poetas e as Poetisas, Mírian Warttusch, J.Udine,

Ivan Ferretti Machado, Dáguima Verônica,

Maria Valéria Revoredo, Jacó Filho e Camélia La Blanca

Tem o prazer de convidá-los para a noite de autógrafos do lançamento do livro

"Eu Acredito Em Palhaço".

Venham conhecer os poemas de cada um desses poetas, nessa edição maravilhosa em homenagem a aqueles que têm a missão de levar a alegria e a felicidade aos corações de todas as pessoas do mundo.

"

"EU ACREDITO EM PALHAÇO"

Dia 23 de Maio (Segunda-Feira) – 20 horas

Local: Teatro da Faculdade Anhembi Morumbi

Rua Doutor Almeida Lima, 1198 – Brás

Durante o evento haverá a apresentação

de vários artistas da TV

Informações: Fone 2746-0824/ 8026-8361

Entrada Franca


Atenciosamente

Ferretti


Enc: O MAC Encontra os Artistas, com FELIPE CAMA



--- Em qui, 19/5/11, infomac escreveu:

De: infomac
Assunto: O MAC Encontra os Artistas, com FELIPE CAMA
Para:
Data: Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 12:18

Fwd: PALESTRA - ACADEMIA FEMININA



--- Em qui, 19/5/11, Darlan Alberto Tupinambáescreveu:

De: Darlan Alberto Tupinambá
Assunto: Fwd: PALESTRA - ACADEMIA FEMININA
Para:
Data: Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 5:25


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Valquíria Malagoli <vmalagoli@uol.com.br>
Data: 19 de Maio de 2011 09:23
Assunto: ENC: PALESTRA - ACADEMIA FEMININA
Para: Valquíria Malagoli

Querido (a) amigo (a),

 

Dia 28 próximo haverá mais uma excelente palestra promovida pela Academia Feminina de Letras e Artes de Jundiaí.

 

As informações estão nos anexos.

 

Contamos com sua presença!

 

Abraço poético e até lá,

Valquíria Gesqui Malagoli

Presidente – AFLAJ

 

Visite meu Site:
www.valquiriamalagoli.com.br

 

Visite meu Blog:
vmalagoli.blog.uol.com.br

 

Visite o Fotoblog:
reval.nafoto.net

 

Leia o Jornal Literário Caju
caju.valquiriamalagoli.com.br


Fwd: Convite: Para premiação do programa Mais Cultura e lançamento do livro O 2 de Julho na Bahia



--- Em qui, 19/5/11, Darlan Alberto Tupinambá escreveu:

De: Darlan Alberto Tupinambá
Assunto: Fwd: Convite: Para premiação do programa Mais Cultura e lançamento do livro O 2 de Julho na Bahia
Para:
Data: Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 4:43


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Carlos <carlos.souza@fpc.ba.gov.br>
Data: 18 de Maio de 2011 20:28
Assunto: Convite: Para premiação do programa Mais Cultura e lançamento do livro O 2 de Julho na Bahia
Para: Carlos <carlos.souza@fpc.ba.gov.br>


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bibliotecas Comunitárias da Bahia receberão prêmio de 50 mil reais

 

 

 

 

23 instituições receberão o prêmio para ampliar o acervo e
os serviços oferecidos à comunidade em sua volta

 

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, realizará no dia 23 de maio (segunda-feira), às 17h, no Palácio Rio Branco (Praça Municipal), a premiação do Programa Mais Cultura do Ministério da Cultura / MinC - Bibliotecas Comunitárias, resultado do edital que selecionou 23 instituições que atuam como Bibliotecas Comunitárias, cujas ações de fortalecimento estimulam o fomento da leitura. Cada instituição contemplada receberá um prêmio no valor de R$ 50 mil (cinquenta mil reais).

 

Durante a programação, que contará com as presenças dos representantes das instituições envolvidas, ocorrerá a assinatura do Termo de Acordo e Compromisso (TAC). Também será lançado um livreto de cordel produzido especialmente para a ocasião pelo cordelista Antonio Barreto, e apresentação do grupo infantil Isto e Aquilo. As crianças apresentarão um recital poético, com poemas de vários autores brasileiros contemporâneos, além de autores consagrados como Cecília Meireles e a baiana Gláucia Lemos.

Leia mais... http://www.fpc.ba.gov.br/node/1369

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Fundação Pedro Calmon lança o livro O 2 de Julho na Bahia

 

 

 

A data magna da Bahia ganha mais uma homenagem com a publicação do livro O 2 de Julho na Bahia, da escritora Lizir Arcanjo Alves. A obra é uma antologia composta de poemas sobre o Dois de Julho, a data cívica mais importante do estado, pesquisados e comentados pela autora. O lançamento ocorrerá no próximo dia 25 de maio (quarta-feira), às 18h, no Palácio Rio Branco – Praça Municipal. O livro é uma publicação da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em co-edição com a Quarteto Editora.

 

O professor Ubiratan Castro de Araújo, que além de diretor-geral da Fundação pedro Calmon é um historiador dedicado ao tema, foi o responsável pela apresentação do livro. Em relação à importância da data histórica, Castro destaca: "durante o século XIX era comum dizer, em tom solene e com intenções aforísticas: Maior que o Dois de Julho? Só Deus!".

Leia mais... http://www.fpc.ba.gov.br/node/1368

 

 

 

 

 Atenciosamente,

 

Assessoria de Comunicação

Fundação Pedro Calmon| Secult.BA





Fw: Je suis pessimiste (...) I am pessimistic(...) Soy pesimista(...) É pessimista (...)



--- Em qui, 19/5/11, Cercle Univ. escreveu:

De: Cercle Univ.
Assunto: Fw: Je suis pessimiste (...) I am pessimistic(...) Soy pesimista(...) É pessimista (...)
Para:
Data: Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 0:53

 
  LE CERCLE UNIVERSEL DES AMBASSADEURS DE LA PAIX Suisse/France
                                               votre indulgence pour les traductions merci            
                                                         
                                                                               
 
                                      EXTRAIT DE  : ALBERT SCHWEITZER français Nobel de la Paix 1952            
 
 
 
                  Je suis pessimiste(...)quant à la situation actuelle du monde. Je n'arrive pas à me persuader
       
              qu'elle soit moins mauvaise qu'elle ne le paraît, j'ai conscience au contraire, que nous entrons
 
             dans une voie qui fatalement nous amènera à un nouveau Moyen Age. Je me présente, dans
 
             toute son étendue, la misère spirituelle et matérielle à laquelle l'humanité d'aujourd'hui                 
 
            s'abandonne parce qu'elle renonce à la pensée et aux idéaux qu'elle engendre.
 
            Et cependant je demeure optimiste. J'ai conservé la foi que j'avais dés mon enfance, et dont je suis
 
            sûr qu'elle ne peut se perdre, en la Vérité. J'ai confiance que l'esprit né de la Vérité a plus             
 
            de puissance  que la force des circonstances. A mon avis, il n'est d'autre destin pour l'humanité que
 
            celui qu'elle se prépare elle-même par sa manière de penser.
 
            C'est pourquoi je ne crois pas qu'elle soit appelée à  suivre jusqu'au bout de la
 
            voie  de l'effondrement.
 
            Que la Paix advienne ou non dépend de l'évolution de la mentalité des individus et de celle
 
            de leur nation. C'est encore plus vrai aujourd'hui que par le passé.
 
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
 
I am pessimistic (...) as for the current location of the world. I do not be able to persuade me  it is less bad
 
it does not appear it, I am aware on the contrary, which we enter in a way which fatally will bring us to the
 
new Middle Ages. I present myself, in all its extent, the spiritual and material misery to which  humanity 
 
today  give up because it gives up the thought and the ideals  it generates.
 
And however I remain optimistic. I preserved the faith that I had dice my childhood, and of which I am sure
 
it cannot be lost, in the Truth.
 
I have confiane that  spirit born of the Truth has more power that the force of the circumstances.
 
With my opinion, it  is  another destiny for  humanity that  it prepare itself by its manner of thinking.
 
It is why I do not believe it is destined for to follow jusqu' at the end of the way of  collapse.
 
That Peace occurs or not depends on evolution mentality of the individuals and that of their nation.
 
It is today even truer; today that in the past.
 
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
 
 
Soy pesimista (...) en cuanto a la situación actual del mundo.
Yo llegue a convencerme  sea menos malo  no lo parece,  tenga conciencia al contrario, que entramos
en una vía que inevitablemente nos conducirá a una nueva Edad Media. Me presento, en toda su
amplitud, la miseria espiritual y material a la cual  humanidad aujurd' hoy  abandonne porque 
renuncia al pensamiento y a los ideales  genera. Y sin embargo sigo siendo optimista.  conservaron la fe
que  tenga dados mi infancia, y cuyos es seguro  no puede perderse, en la Verdad.  tenga confiane que 
espíritu nacido de la Verdad tiene más potencia que la fuerza de las circunstancias. En mi opinión, él
este  otro destino para humanidad quien aquél  ella se prepara ella misma por su manera de pensar.  es
porqué no creo  esté llamada a seguir  al cabo de la vía de hundimiento.
Que la Paz ocurra o no depende de  evolución de la mentalidad de los individuos y de la de su nación. 
es aún más verdadero aujurd' hoy que en el pasado.
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
 
É pessimista (...) quanto situação à actual do mundo. Mim  chegue a persuadir-se seja mais mau  não o
parece, tenha consciência pelo contrário, que entramos numa via que fatalmente conduzir-nos -á a um
novo Meio - idade. Apresento-me, em qualquer sua extensão, a miséria espirituala e material à qual 
humanidade aujurd' hoje abandonne porque renuncia ao pensamento e os ideais  gera. E contudo
resido optimista. 
conservou a fé que  tenha dados a minha infância, e dos quais é certo que não pode perder-se, na
Verdade. tenha confiane que  espírito nascido da Verdade tem mais potência que a força das
circunstâncias. Ao meu parecer,  leste  outro destino para  humanidade que aquele  ela se prepara
própria pela sua maneira de pensar. é porque não creio que seja chamada seguir hasta à extremidade
da via de  desmoronamento. Que a Paz ocorra ou não depende de  evolução da mentalidade dos
indivíduos e a da sua nação. é ainda mais verdadeiro aujurd' hoje único no passado.
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&