Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sábado, 30 de abril de 2011

Poema de Improviso! Autor: Odenir Ferro

Anonymous:
The Baptism of Christ
oil and tempera on panel, c. 1400
Walters Art Museum, Baltimore

Olá, Boa Tarde! Estou eu aqui, de improviso falando sobre os sentimentos que assolam o meu universo interior, querendo sair do meu casulo e voar tal qual uma bela e grande borboleta pra ir pousando de flor em flor, levando assim uma mensagem de suavidade e alegria diante das dificuldades que encontramos nas duras e difíceis, embora doces e saborosas, caminhadas do nosso dia a dia. Quero ir assim, ainda no improviso, manifestando meus mais singelos, sinceros e puros sentimentos em relação aos amores e profundos sentimentos humanos que se dispersam de dentro da gente, ou voltam pra nós mesmos em forma de sonhos, esperanças, inumeráveis desejos de perpetuarmos os nossos mais profundos anseios, diante das trajetórias que tracejamos nos percursos do nosso viver.
Desejo sinceramente somar-me com profundidade de afeto e puro amor incondicional, a todas as pessoas, que humanas como eu, por ventura estiverem lendo ou ainda lerão esse meu Blogger, que estou gostando muito de criar, pois como já disse acima, estou criando-o no improviso, sem o compromisso de ter algo específico para escrever, embora não desejo escrever apenas simplesmente por escrever. Escrevo meus sentimentos, pois que estou feliz dentro das minhas possibilidades de poder administrar meus conflitos interiores e exteriores, e manter a ordem dentro da minha vida profissional, social e também amorosa.
Vim pra tela do computador com o intuito de continuar o assunto do meu primeiro texto, ou seja, desejava falar, ou melhor, dizendo, escrever algo mais sobre o assunto relacionado à nossa querida Mãe Natureza e também ao nosso estimado e ultimamente tão sofrido Planeta Terra!
E sinto que estamos desrespeitando-Os tanto, tanto!...
Creio que não podemos continuar com essa postura um tanto quanto que medieval,
diante de tanta tecnologia oferecida pelos dias atuais. Se bem que se estivéssemos ainda na idade da pedra lascada, com certeza não estaríamos adicionando ao nosso precioso ar e também nas nossas preciosas águas, e por que não dizer no nosso Planeta todo, tantos poluentes, tantos agentes devastadores, tanto lixo jogado aos milhões e milhões de toneladas diárias, na nossa querida e sofrida Mãe Natureza!
Como é tão deprimente, como é tão triste, avaliarmos assim, no dia a dia, em conjunto, o quanto estamos degradando e desmotivando a vida que flui amorosa e incondicionalmente, do nosso Planeta Terra!... Bem, suavemente, triste e silencioso,
por hoje, quero somente continuar dizendo que:
Quero sentir, sentir, viver e vibrar dentro de mim,
Uma realidade feita de profundos sentimentos
Criados e extraídos e saídos e caídos alados,
De dentro do mais fundo do profundo amor
Que atua no vibracional viver do meu ser!
Querendo sempre brotar e sonhar, envolver,
Toda a amplidão do meu mundo sonhador
Sobrevoando igual às tão belas borboletas
E de flor em flor beijar a vida, fazendo ter
No calor das mãos, no pulsar do coração,
As sensações de voar dentro da liberdade
De Amar, amar, amar tanto, tanto, tanto,
Esse maravilhoso Universo criado pra nós,
Somente para amarmos, amarmos e nele viver!
Poema de Improviso - Autor: ODENIR FERRO


Fwd:



--- Em sex, 29/4/11, Darlan Alberto Tupinambá
escreveu:

De: Darlan Alberto Tupinambá

Assunto: Fwd:
Para:
Data: Sexta-feira, 29 de Abril de 2011, 7:54


Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir 

Política de envio de e-mails:
*Esta mensagem segue os padrões internacionais e nacionais contra prática de spam, que especifica: -" Uma mensagem não poderá ser considerada spam quando inclua uma forma de o destinatário cancelar ou solicitar o cancelamento do recebimento das mesmas", tudo de acordo com a legislação nacional sobre o envio de mensagens. (Decreto-Lei nº 7/2004).

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


---------- Mensagem encaminhada ----------
De:

Data: 28 de Abril de 2011 22:16
Assunto:
Para:


 

Dia 30 de Abril (Sábado) - Às 15 horas

Sarau

"Cataversos da Moóca"

 

"No bairro mais romântico de São Paulo
O Sarau mais charmoso da cidade"


Venha ler a sua Poesia. Venha mostrar a sua música

O Sarau de Abril será dedicado às crianças de Realengo-RJ

 

Local
Núcleo de Terapias Flor de Lótus
Rua Guaimbé, 48 – Mooca

Altura do 1300 da Av. Paes de Barros

Ônibus Vila Alpina no Metrô Bresser


Entrada Gratuita
Aberto a todos que queiram participar



 



Atenciosamente

Ferretti