Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Enc: Posicionamento do Partido Humanista sobre aumento das tarifas e a repressão policial em SP



--- Em qua, 23/2/11, Erica Naomi <naomiskw@yahoo.com.br> escreveu:

De: Erica Naomi Assunto: Posicionamento do Partido Humanista sobre aumento das tarifas e a repressão policial em SP
Para: saopaulo-em-marcha@googlegroups.com, "amigoshumanistas136" Data: Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011, 16:16


O Partido Humanista do Brasil - PH
- Repudia a violência exercida por parte da PM de SP contra todas as pessoas presentes na ultima manifestação contra o aumento das tarifas em São Paulo.

Por outra parte damos nosso total apoio ao Comitê e às pessoas que tem se encarregado da organização dos atos em SP com um caráter claramente Não-violento.

A Prefeitura de SP na gestão Kassab mais uma vez dá mostras de total descaso com os interesses da maior parte da população, privilegiando os acordos com os grande marajás do transporte de SP. O direito de ir e vir é visto como um negócio muito rentável e dentro dessa lógica o prefeito  faz da passagem de ônibus de SP uma das mais caras do pais.

Lembramos também que não é a primeira vez que a PM de SP reprime de forma desmedida manifestações de Movimentos Sociais. Mostras dessa metodologia de ação da Prefeitura e do Governo do Estado já foram dadas em outros momentos. Qualquer iniciativa de mobilização em função da reevindicação de diretos básicos da população é tratada como caso de policia na gestão DEM/PSDB e não há nenhuma intenção de se iniciar um processo de diálogo com as organizações.

Para nós é clara a intenção por parte da administração DEM/PSDB de criminalizar os movimentos sociais e marginalizar suas reenvidicações.

Nos parece fundamental a denúncia e a não colaboração com a violência exercida por parte do estado e que a resposta a ser dada deve ser a pressão através da crescente organização das pessoas comuns que vai ser cada vez maior à medida que os abusos aumentem.

Os Humanistas se colocam à disposição para ajudar no que for necessário ao manifestante Vinicius Figueira que foi brutalmente espancado pela despreparada PM de SP.

Nos solidarizamos com todos os que estavam presentes nas manifestações e convocamos a todos a não se calarem diante dos abusos cometidos por parte da administração DEM/PSDB, muito pelo contrário, seguindo intensificando as ações.

Próximo ato contra o aumento das tarifas: dia 24/02 (quinta) às 17hs. Em frente ao Teatro Municipal (prox. metrô Anhangabaú e Term. Bandeira)


A Não violência é a Força que transformará o mundo!
Partido Humanista do Brasil

 

Poema Paz Mundial / Autor: Odenir Ferro





Poema: Paz Mundial


Autor: Odenir Ferro




A paz é um enorme vulcão,


Que me implode ao ir, no além de mim,


Levando os ódios todos pelo rumo afora


A caminhar silente no infinitivo deserto


Que se desponta na áspera incerteza do todo!


A paz condena em si, existências de segmentos


Que de tão certos e providenciais que são,


E de tão densamente humanos que são,


Tornam-se intraduzíveis em palavras


Para poder descrever-lhes na pureza


Das belezas, singelidades,


E plasticidade poética


No além do emocional.




Enfim, esse vulcão vibracional,


É pura concordância especial!


Homogênea a um doce e intenso


Momento de expressivo amor uno ao todo.


Onde este todo é a incansável busca


Do ir ao encontro da pureza


Existente no Afflatus


De Deus!






E neste inspiracional emotivo, intuitivo,


Julguei que em paz, estivesse...


Quando para minhas mãos olhei,


Vi que estavam elas, guarnecidas


Com um par de luvas; e feridas


Vivas, no meu peito senti! Pensei:


"Se em paz estou, esta paz entristece


A natureza morta, que em mim sobrevive."


Pois o couro que me embeleza, me guarnece,


É pele igual à de muitas outras vidas


Que em abatedouros, tanto perecem...