Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Art and the Bible


Hans Memling ca. 1433 – 1494

Saint John on Pathmos

oil on panel (176 × 79 cm) — 1479
Memling Museum, St.John's Hospital, Bruges

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Oração e reflexão (postado por Odenir Ferro)


Palavras de Salomão no livro dos Provérbios e também palavras que fazem parte de uma oração especial ensinada pelo velho índio Brightest Star (Estrela mais Brilhante); essa oração ensina a apreciar a obra do Criador, do menor verme ou da formiga mais pequenina ao maior alce ou ao majestoso pinheiro. Ele me ensinou a ter pena, paciência e amor com todas as coisas vivas e me disse ainda que eu nunca deveria deixar passar um dia sem praticar o bem porque podia não ter outra oportunidade de fazê-lo. Entre tantos sábios ensinamentos, ensinou-me também a proferir palavras especiais a quem estivesse muito doente e me garantiu que Deus ouviria e atenderia aos meus pedidos.
"SENHOR, FAZEIO-O FICAR BOM, POR FAVOR. SENHOR AJUDAI-O A RESPIRAR, POR FAVOR. SENHOR, AJUDAI-O A VER, POR FAVOR. UM CORAÇÃO SADIO É A VIDA DA CARNE."

Oração e reflexão (postado por Odenir Ferro)

Palavras de Salomão no livro dos Provérbios e também palavras que fazem parte de uma oração especial ensinada pelo velho índio Brightest Star (Estrela mais Brilhante); essa oração ensina a apreciar a obra do Criador, do menor verme ou da formiga mais pequenina ao maior alce ou ao majestoso pinheiro. Ele me ensinou a ter pena, paciência e amor com todas as coisas vivas e me disse ainda que eu nunca deveria deixar passar um dia sem praticar o bem porque podia não ter outra oportunidade de fazê-lo. Entre tantos sábios ensinamentos, ensinou-me também a proferir palavras especiais a quem estivesse muito doente e me garantiu que Deus ouviria e atenderia aos meus pedidos.
"SENHOR, FAZEIO-O FICAR BOM, POR FAVOR. SENHOR AJUDAI-O A RESPIRAR, POR FAVOR. SENHOR, AJUDAI-O A VER, POR FAVOR. UM CORAÇÃO SADIO É A VIDA DA CARNE."

Fwd: FW: 4 anos de Estante Virtual e sebos do Brasil inteiro online



--- Em seg, 26/10/09, Darlan Alberto Tupinambá Araújo Padilha <eucaliptos.jequitibas@gmail.com> escreveu:

De: Darlan Alberto Tupinambá Araújo Padilha <eucaliptos.jequitibas@gmail.com>
Assunto: Fwd: FW: 4 anos de Estante Virtual e sebos do Brasil inteiro online
Para:
Data: Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009, 5:23

 4 anos de Estante Virtual e sebos do Brasil inteiro online

EDIÇÃO nº 27 - ANIVERSÁRIO 4 ANOS - 22 de outubro de 2009 16:02hs

Caros leitores, Esta semana completamos 4 anos no ar! E com uma novidade: agora o Brasil inteiro está na Estante Virtual.
Há alguns meses lançamos o desafio: queríamos soprar as quatro velinhas com a presença dos quatro estados que ainda permaneciam com acervos fora de alcance: Amazonas, Acre, Roraima e Amapá. Queríamos também transcender as cidades grandes e médias, e conseguir a presença no portal de sebos de cidades pequenas, aonde a notícia da existência do portal talvez ainda não tivesse chegado.
A solução veio com o engajamento ímpar dos leitores de todo o Brasil pela missão da democratização da leitura. Conectar sebos desses estados significava transmitir a força da Estante Virtual para os seus livreiros (força essa que tem mantido e feito surgir sebos por todo o país). Lançamos então a Promoção Leitor Detetive, em que dezenas de leitores participaram enviando dados e fotos de sebos de suas cidades.
E o resultado foi que conseguimos! No dia 15 de outubro conseguimos o último estado, Roraima, e atingimos ainda a incrível marca de 300 cidades com sebos conectados ao portal.
A conquista é um grande marco, principalmente quando lembramos que, há 4 anos, eram apenas 6 (seis!) sebos brasileiros com acervos online. Hoje, graças à Estante, são mais de 1.600. Literalmente, um país de sebos online!
Abraços a todos e um brinde à nossa garotinha prodígio!
André Garcia
Criador / Diretor
http://www.estantevirtual.com.br



Promoção Leitor Detetive: O Brasil na Estante Virtual!
O desafio era grande. E conseguimos! Primeiro descobrimos o Amazonas com a Livraria Arqueólogo (foto abaixo). Depois, foi a vez do Acre, através da Banca Dinho Alves Livros. Em seguida, no extremo norte, o Sebo Livraria Transamazônica nos levou ao Amapá e o Sebo Monte Caburaí, nos levou ao último reduto ainda intocado pela revolução dos sebos: Roraima.

Além dos quatro estados, a missão era também chegar a 300 cidades até o dia do aniversário, 20 de outubro. Dezenas delas foram descobertas pelos leitores: Canela/RS (foto abaixo), Viçosa/MG, Piraquara/SP, Esteio/RS, Monte Alegre do Sul/SP, Feira de Santana/BA, Iguaba Grande/RJ, Santa Cruz do Sul/RS, Catanduva/SP, Jaú/SP, Itú/SP e muitas outras.
E, por último, nada menos do que a cidade de Santa Cruz Cabrália (foto abaixo), com o sebo Raphar Livros. A cidade foi simplesmente a primeira parada da escuna de Pedro Álvares Cabral no descobrimento do Brasil pelos portugueses. Mal sabia ele que dali a 500 anos seria a última cidade a ser 'descoberta' neste nosso mutirão em busca de sebos de todo o país.

»  Leia mais no Blog da Estante  
 
Estante Virtual promove mais de 30 mil trocas de livros na Bienal do Rio
A idéia era materializarmos a Estante Virtual na XIV Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Mas queríamos ir além. Ao invés de livros baratos, fizemos melhor: preço zero. Troca de livros. Um por um. Limite de até 10 livros por pessoa. Foi uma verdadeira revolução. Já no primeiro dia a fila dobrava o quarteirão. Para impedir que a fila obstruísse a movimentação do pavilhão, tivemos que separar as pessoas em várias filas, usar balizadores e até uma roleta de ônibus para organizar a entrada ao espaço da Estante Virtual. A permanência no stand também teve que ser otimizada: entravam grupos de 20 pessoas por vez, que tinham apenas 5 minutos para encontrar seus novos livros. Difícil imaginar tanto movimento? Veja os vídeos no Youtube!
O balanço final foram 33.500 livros trocados e a troca de livros reconhecida pela imprensa como a grande novidade da Bienal. Interessante lembrar o seguinte: na estante que tínhamos no estande, com dimensões de 3m de altura por 5m de largura, cabiam apenas 2.000 livros. Isso significa que os livros foram trocados e retrocados 16 VEZES.
E quem não foi na Bienal não precisa ficar triste. Nos já 140 sebos participantes do Programa Nacional de Troca de Livros, seus livros seminovos valem créditos para gastar nos próprios sebos ou mesmo na Estante Virtual.
 
 
Novos canais para você acompanhar a Estante Virtual
 
Toda a revolução da Estante Virtual agora também pode ser acompanhada no Youtube , onde criamos um canal exclusivo. Já estão disponíveis lá vários vídeos sobre o portal - desde reportagens de televisão até vídeos filmados por nós.
 
  E para quem não quer perder um movimento nosso, a mais nova opção é o Twitter. Seguindo a Estante Virtual, você fica sabendo em tempo real de todas as novidades do portal!

Para acompanhar em tempo real as novidades da Estante, siga-nos no Twitter.
Para dúvidas, sugestões ou colaborações, consulte a Ajuda , o Fórum , a sala de Imprensa
ou entre em Contato .
 
Newsletter da Estante Virtual © 2009.
Para cancelar o recebimento desta newsletter, basta clicar aqui.



Novo Internet Explorer 8: faça tudo com menos cliques. Baixe agora, é gratis!



--
Este e-mail é amigo do ambiente,  pondere antes de o imprimir  

Política de envio de e-mails:
Envio e-mails somente para pessoas que fazem parte de meus contatos. Caso você deseje cancelar o recebimento destes e-mails, envie-me outro e-mail: assunto "Exclua-me".

D i m y t h r y u s
Embaixador Universal da Paz (Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix-Genebra, Suiça)


Visite o site:

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia_inicio.php

http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/dimythryus.php

http://www.meiotom.art.br/darlanpo.htm


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Enc: Boletim da Marcha Mundial



--- Em qui, 22/10/09, contato@marchamundial.org.br <contato@marchamundial.org.br> escreveu:

De: contato@marchamundial.org.br <contato@marchamundial.org.br>
Assunto: Boletim da Marcha Mundial
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Data: Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009, 12:10

Newsletter

22-10-2009

Se você não conseguir visualizar este e-mail clique Aqui

Para cancelar o recebimento desse Boletim clique aqui.



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

The Art of the Day / Michelangelo Buonarroti

Michelangelo Buonarroti:
The Separation of Light and Darkness
fresco, 1508-1512
Sistine Chapel, Vatican City

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Publicidade sobre os meus Escritos! Postado por Odenir Ferro

Aproveito também a ocasião para corrigir meu endereço de e-mail:
odenir.ferro@yahoo.com.br e também acrescento meu endereço de
Site que é: http://sites.google.com/site/caminhopelasestrelas
E também dizer que publico regularmente meus poemas
No Site da Biblioteca Claretianas, cujo endereço é:
http://biblioteca.claretianas.br, clicando em
Notícias da Biblioteca.
Aproveito também para dizer que o meu livro Infanto-Juvenil & Aventura,
NINO CHANINHO O GATINHO, está a venda na Livraria Siciliano do Shopping Center de Rio Claro, na Livraria Texto&Cia., na Blue City e também na Livraria Ler

The Art of the Day


Georges Dumesnil de La Tour:
Job Ridiculed by his Wife
oil on canvas, ca. 1650
Musée Départemental des Vosges, Epinal

Enc: Boletim da Marcha Mundial



--- Em dom, 18/10/09, contato@marchamundial.org.br <contato@marchamundial.org.br> escreveu:

De: contato@marchamundial.org.br <contato@marchamundial.org.br>
Assunto: Boletim da Marcha Mundial
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Data: Domingo, 18 de Outubro de 2009, 18:42

Newsletter

18-10-2009

Se você não conseguir visualizar este e-mail clique Aqui

Para cancelar o recebimento desse Boletim clique aqui.



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

sábado, 17 de outubro de 2009

Endereço aonde estão os publicados meus poemas!

Olá, saudações a todos!
(Estou muito feliz, pois que pessoas do Brasil todo, além de Portugal, Itália, Alemanha, Argentina, e Estados Unidos, acessam o meu Blogger e lêem os meus escritos. Bjs. Gde. Abraço a todos!)
Estou aqui, neste meu blogger que eu tanto gosto, somente para dizer-lhes mais uma vez,
que tenho muitos poemas publicados no Site das Faculdades Claretianas de Rio Claro (SP).
Para acessá-los, aqui vai o endereço:
http://biblioteca.claretianas.br
Depois de acessar o Site da Biblioteca das Claretianas,
vocês poderão notar no lado da página escrito:
Notícias da Biblioteca
Então, é somente clicar alí.
Abrir-se-á uma página
contendo os títulos dos meus poemas.
Clicando sobre os títulos, lá estarão eles.
Boa leitura, bom entretenimento, boa viagem.
Aceito sugestões ou reclamações.
Escrevam para
odenir.ferro@yahoo.com.br
Gde. Abraço,
Excelente final de Semana!
ODENIR FERRO
http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com

Enc: Destaques de 18 a 24 de outubro de 2009



--- Em qui, 15/10/09, TV Brasil <publico@tvbrasil.org.br> escreveu:

De: TV Brasil <publico@tvbrasil.org.br>
Assunto: Destaques de 18 a 24 de outubro de 2009
Para: odenir.ferro@yahoo.com.br
Data: Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009, 0:00

Programação de 18 a 24 de outubro de 2009 | TV Brasil
Olá.
Estamos lhe enviando nosso Boletim de Programação, antecipando em primeira mão as atrações da próxima semana. Obrigado por sua atenção e audiência.

Atenciosamente,

Serviço de Atendimento ao Público
TV Brasil
Rua da Relação, 18 / 5° andar
Rio de Janeiro - RJ
Tel: (5521) 2117 6208
www.tvbrasil.org.br


 

 

Destaques de programas e filmes

 

Programa de Cinema
Soluços e Soluções

O Programa de Cinema desta sexta (23), às 22h30, exibe o filme inédito Soluços e Soluções.

A partir de uma situação óbvia, Soluços e Soluções trata da farsa e hipocrisia das pessoas que tornam os problemas mais complexos do que realmente são para deles se beneficiarem, como os 'coronéis' e políticos que exploram a extrema pobreza para alcançarem seus objetivos.

O filme, que é inédito na TV, adota um tom irônico, caricatural e farsesco, ao contar a aventura de um publicitário que, numa discussão com amigos em uma mesa de bar após um dia de trabalho, decide por em prática uma solução para acabar com a seca no Nordeste. Ele convence dois amigos a embarcarem com ele, levando de caminhão ao sertão uma máquina perfuratriz para cavar poços perto de vilas e povoados quase abandonados pela seca, retirando água do árido solo nordestino. Assim, ele pretende mostrar que é possível, pelo menos, minimizar uma das maiores tragédias nacionais, que aflige milhões de pessoas que sofrem com a falta de água crônica na região.

No caminho, ele vai descobrindo um país surpreendente e pobre. E por onde passa e a cada contato com brasileiros de toda a parte, percebe que sua solução, antiga e óbvia, ganha ares de redenção.. Logo que começa a ganhar notoriedade na imprensa, o publicitário passa a ser visto como uma ameaça ao esquema quase feudal que domina grande parte do Brasil. O mundo real o desperta de sua utopia, mas ele já está envolvido demais nessa história para sair ileso.

Soluços e Soluções foi premiado como Melhor Filme no Bargain Basement Film Festival USA; e Prêmio Canal Brasil de Melhor Filme.

De Edu Felistoque e Nereu Cerdeira. Drama. 1999. Cor. 75min.Com Eucir de Souza, Maristela Tobar, Paulo Goulart (narrador), Fábio Villa Verde, Thadeu Menezes e outros.

Não recomendado para menores de 12 anos


 

De Lá pra Cá
120 anos de Proclamação da República

Os 120 anos da proclamação da República no Brasil é o tema do programa desta segunda (19), que vai ao ar às 22h. No dia 15 de novembro de 1989, o Marechal Deodoro da Fonseca assinou um manifesto proclamando o novo governo republicano. Mas quais foram os motivos que levaram a decadência da monarquia? O De Lá Pra Cá desta semana responde a essa pergunta.

Com a implantação da República, houve a modernização do Estado e a ideia de que a nação teria sido consolidada. No entanto, o maior sonho dos republicanos - acabar com as desigualades socioeconomicas - não se concretizou. Vamos entender o porquê no debate com as historiadoras Isabel Lustosa e Maria Tereza Chavez , e o antropólogo Celso Castro.

Apresentação Ancelmo Gois e Vera Barroso.
Produção executiva Tathiana Targine.
Roteiro Marcio Parente.
Direção Carolina Sá.
Direção geral José Araripe Jr.
Domingo, 18h.

Livre


Outros destaques

 

DOMINGO, 18 DE OUTUBRO

 

ABZ do Ziraldo – 12h

Neste domingo, o ABZ do Ziraldo traz o cordelista Emilson Santini. Símbolo da cultura popular brasileira, a literatura de cordel desempenha papel fundamental na educação infantil. E, nas mãos de Emilson, o cordel se transforma em teatro. Nas suas apresentações, ele conta histórias cantadas na base do improviso. No programa, o cordelista convida a plateia para rimar e brincar junto com ele.

Outra convidada de Ziraldo é a ilustradora e escritora Graça Lima. Formada em design, Graça já ganhou vários prêmios como o Jabuti. Fora do Brasil, ela recebeu quatro vezes a Menção White Ravens, da Biblioteca de Munique na Alemanha. Alguns de seus trabalhos são os livros Noite de Cão e Vizinho,vizinha.

O programa também recebe o mímico e artista plástico Jiddu Saldanha. Ele interpreta o espetáculo mimoteatral Por Detrás do Silêncio, em que conta seis histórias do cotidiano das pessoas. Como artista plástico, Jiddu pinta cartões postais que podem ser vistos no acervo de Adolfo Martins, dono do jornal Folha Dirigida.

Apresentação Ziraldo.
Direção Dermeval Netto.
Produção FBL Criação e Produção.
Tema Musical Zé Zuca.
Domingo, 12h; Sexta-feira, às 13h45.

Livre


 

Stadium – 15h

Ainda no clima da escolha da cidade do Rio de Janeiro como sede das olimpíadas de 2016, o Stadium viaja até Vassouras (RJ) para mostrar as Olimpíadas Regionais dos Estudantes de Medicina, a Orem. O evento ocorre anualmente no mês de outubro e reúne em média 5 mil estudantes das 22 universidades de medicina do Rio de Janeiro e Espirito Santo. Quatro dias de competições e seis modalidades movimentam atletas e moradores das cidades escolhidas para sediar os jogos.

Em seguida, a repórter Letícia Sarandy traz a história de um paraplégico que redescobriu o prazer da vida praticando esportes radicais. E para conhecer um pouco mais sobre a história dos jogos olímpicos, o repórter Juliano Lima fala do primeiro esporte coletivo presente na competição: o pólo aquático. A modalidade estreou em 1900, nos jogos de Paris. O esporte não é muito popular no Brasil, mas tem muito prestígio na Europa e nos EUA.

Ainda no programa, a repórter Luiza Scheliga mostra como o esporte pode auxiliar no tratamento do mal de Alzheimer.

Apresentação Rosana Mattos e Naná Nascimento.
Editor-chefe Arnaldo Mexas.
Apoio cultural Caixa Econômica Federal.


 

Ver TV – 17h
A qualidade dos programas de TV

Neste domingo(18), às 17h, a TV Brasil leva ao ar uma edição especial do programa Ver TV.

Como ocorre todos os anos, no terceiro domingo do mês de outubro, comemora-se o dia nacional pela Ética na TV. O tema deste ano é o conteúdo da televisão brasileira. A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados fez uma pesquisa com diferentes setores da sociedade para selecionar os programas considerados de boa qualidade.

A qualidade dos programas televisivos é o tema do Ver TV, que vai ser transmitido ao vivo direto de Brasília. Além disso, outros programas com grandes audiências, mas não mencionados na pesquisa, também serão discutidos. O que fazer para melhorar a qualidade da televisão brasileira?

Apresentação Lalo Leal.
Direção Alessandra Esteves.
Produção executiva Lígia Borges e Naitê Almeida.
Realização TV Câmara em parceria com a TV Brasil, com apoio da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.


 

Comentário Geral – 19h30

O Comentário Geral desta semana recebe atores, escritores, jornalistas, músicos empresários filósofos e sexólogos. Todos eles, juntos, debatem o tema solidão.

O teatro fica por conta da atriz Zezé Polessa, falando sobre a peça Não sou feliz , Mas tenho Marido. Já o filme Como ser solteiro é comentado pelo ator Ernesto Piccollo. O ator Guilherme Leme, em cartaz com o monólogo O estrangeiro, de Albert Camus, explica como é atuar sozinho no palco.

O filósofo André Martins analisa o estar só a partir da filosofia. E o sexólogo Amaury Mendes Junior explica o prazer solitário feminino e masculino. Tereza Monteiro, que fez a biografia da escritora Clarice Lispector, fala do livro de Clarice Só para Mulheres.

Solitário também é o repórter Luis Nachbin, apresentador do programa Passagem Para.., da TV Futura, que conta as aventuras de quem roda o mundo sozinho com sua câmera.

E, para não deixar ninguém só, Carlos Alberto Teixeira, colonista de tecnologia do Jornal O Globo, lembra que os sites de relacionamento estão aí para espantar a solidão.

O tecladista Alex Monteiro, o DJ e produtor Marcelinho da Lua e o baixista Marcio Menescal, todos do grupo Bossa Cucanova falam sobre o Samba de uma Nota Só.

O empresário César Benjamim, que esteve preso na época da ditadura, explica como foi passar três anos e meio dentro de uma solitária.

Apresentação Fernanda Dedavid.
Direção Lilian Mary Vidal.
Domingos, às 19h30; quartas, às 20h.

Não recomendado para menores de 16.


 

Arte com Sérgio Britto 23h30

O diretor e ator Sérgio Britto inicia seu programa deste domingo (18) batendo um papo com os atores da Casa da Gávea, Paulo Betti, Cristina Pereira e Vera Farjado. A Casa da Gávea é um empreendimento cultural voltado para o estudo, debate e divulgação das mais variadas formas de arte e cultura. E ainda investe na produção de espetáculos teatrais, filmes, vídeos, edições de livros, programas de rádio, exposições e shows musicais.

A conversa gira em torno da Casa e de seus sócios, da peça Tartaruga de Darwin e os atores, além da troca de experiências e amizade entre eles.  Para encerrar o programa, Sérgio Britto entrevista o cantor Pery Ribeiro que fala sobre sua carreira e seus pais, Dalva de Oliveira e Herivelto Martins. Pery relembra, ao piano, alguns sucessos: Me lembro vagamente, de Roberto Menescal; Caminhemos, de Herivelto Martins; Corcovado, de Tom Jobim; e Tudo Acabado, de Dalva de Oliveira.


 

Programa de Cinema – 01h15
Alma Corsária

A história se desenrola na festa de lançamento de um livro de poesia feito a quatro mãos. A dupla de autores convida, para a noite de autógrafos, tipos estranhos como um suicida que fora salvo da morte por um deles. Enquanto a festa avança, o filme recua até o final da década de 50, flagrando a gênese da amizade dos dois protagonistas, levando a um final de expectativas e grandes surpresas.

Drama. De Carlos Reichenbach. 111 min. Elenco: Bertrand Duarte, Jandir Ferrari, Andrea Richa, Flor, Mariana de Moraes, Jorge Fernando, Emílio Di Biasi, Abrahão Farc, Roberto Miranda, Paulo Marrafão, David Ypond, Amazyles de Almeida, Rosana Seligmann, André Messias

Não recomendado para menores de 16 anos.


 

SEGUNDA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO

 

Animania19h
Tem Ceará na animação

Nesta edição do Animania, o tema central é o sertão nordestino. Uma das atrações do programa é o Seminário Internacional de Animação, que aconteceu em Fortaleza (CE) e reuniu grandes nomes da animação.  Ali foram discutidos muitos assuntos da classe e exibido o filme Balloons, de Jonas Brandão.

Aproveitando a viagem no Ceará, o boneco Zeca leva uma rede para Seth. Só que agora ele só quer saber de descansar na rede. Zeca fala também, via Web, com Diego Akel, animador da nova geração cearense e ele mostra seus filmes Cartão Postal e Linhas e espirais.

O animador Telmo Carvalho participa do programa e comenta as técnicas usadas em seu filme Campo Branco, inspirado em uma música do cantor Elomar. Zeca ainda bate um papo com a animadora Júlia Manta, que mostra as agruras de uma guerra no sertão cearense em seu filme Guerra dos Bárbaros. E, por falar em sertão e seca, a água do estúdio acaba e Seth reza para Padre Cícero fazer chover e acabar com a seca...Será que sua reza é forte o bastante?

Apresentação Zeca 2D.
Produção executiva Márcia Lopes.
Direção artística Quiá Rodrigues.

Livre


 

Segue o Som – 18h

O Segue o Som desta segunda (19) começa com o clipe No one`s better sake, do Little Joy. Criado em 2007, o grupo conta com nomes de peso como o baterista do The Strokes, Fabrizio Moretti, o ex- Los Hermanos Rodrigo Amarante e Binki Shapiro.

O programa segue com o clipe Dance Agora, da banda Carrocho Grande. Com dez anos de carreira e cinco CDs gravados, os gaúchos já dividiram o palco com Rita Lee, Titãs, Interpol, Nação Zumbi, entre outras. Esse ano, foram convidados para abrir o show do Oasis.

O clipe Anormal, de Jonas Sá, também marca presença no Segue o Som. Apontado pela crítica como um dos compositores mais produtivos da nova geração, Jonas passou seis anos gravando seu último disco. Anormal foi lançado em 2007 e todas as 13 músicas do CD são de sua própria autoria.

A banda underground Zumbi do Mato está no programa com o clipe Pote De Nhanhanha. Há vinte anos na estrada, o grupo possui um estilo de rock nonsense, que arrebata muitos fãs.

Outra atração é a atriz, cantora e compositora Björk e seu clipe Cocoon. A islandesa ganhou uma palma de ouro em Cannes, prêmio de maior prestígio do Festival, pela participação no filme Dançando no Escuro. Como cantora, é famosa no meio da música alternativa. Eclética, possui influências desde música clássica até eletrônica. Em passagem pelo Brasil, Björk gravou Travessia, de Milton Nascimento, em português.

E você conhece Uday Veloso? Ele é mais conhecido como Benito Di Paula, um dos grandes nomes da música brasileira dos anos 70. O Segue o Som mostra Benito cantando Retalhos de Cetim. Ele misturava samba com pianos e arranjos românticos. Chegou a disputar com Roberto Carlos a venda de discos. A barba, os cabelos compridos e a maneira como se vestia eram a sua marca registrada. Durante a ditadura, teve um disco censurado em que cantava Apesar de Você, de Chico Buarque.

E o programa encerra ao som de uma das bandas independentes mais bem sucedidas do país: Calypso. É dona de uma grande infraestrutura - dois ônibus e duas carretas - que transportam toneladas de equipamentos e uma equipe de 47 profissionais. Além de som, iluminação e projetores de última geração, que chamam a atenção até de quem não curte o gênero do forró.


 

terça-FEIRA, 20 DE OUTUBRO

Expedições - 20h
Agricultura Familiar II

O programa desta terça exibe o segundo e último episódio com o tema Agricultura Familiar. Em um mundo onde impera a degradação do clima e meio ambiente, o tradicional regime de produção que utiliza técnicas agrícolas ecologicamente sustentáveis é uma solução para atender crescente demanda de alimentos. Baseada em uma produção diversificada e com técnicas de produção rudimentares, a agricultura familiar abastece milhões de famílias brasileira. Hoje, é responsável pela produção de mais de 70% dos alimentos consumidos no país e representa 10% do PIB nacional.

Além disso, as lavouras de subsistência empregam diretamente a maior parte das pessoas envolvidas no trabalho rural. Nas últimas décadas, esse modelo familiar de agricultura vem começando a receber o apoio oficial necessário à sua sobrevivência. O governo tem investido em políticas públicas voltadas para o financiamento direto, o investimento em pesquisa, tecnologia e a garantia da comercialização da produção familiar.

Paula Saldanha acompanha as dificuldades e os desafios enfrentados pela agricultura familiar nos últimos anos. Cada vez mais, ela se afirma fundamental para o equilíbrio da sociedade como um todo.

Apresentação Paula Saldanha.
Produção RW Cine.
Apoio cultural Petrobras.
Sábados, 14h; domingos, 16h30.

Livre


 

quarta-FEIRA, 21 DE OUTUBRO

 

A TV que se faz no mundo – 20h30
Itália

As emissoras de televisão da Itália, como a RAI, e seus programas serão apresentadas no episódio desta semana. Os telespectadores italianos chegam a ficar mais de cinco horas em frente à telinha. As atrações não poupam artifícios para despertar o interesse da população. É comum ver belas apresentadoras usando roupas justas e decotadas em qualquer faixa de horário ou tipo de programação.

Além disso, não existe objetividade jornalística nas emissoras. Os canais não hesitam em ostentar sua colaboração política. Aqueles que apóiam Silvio Berlusconi fazem explícitas apologias ao Primeiro Ministro. O programa diário Porta a Porta, da RAI 1, por exemplo, recebeu 42 vezes o político.

Já os canais do grupo Mediaset, propriedade de Berlusconi, exibem a maioria dos programas classificados como de cultura. Na programação do Stricia la notizia, Le hiene ou Cronache marziane, impera a mistura de gêneros com jovens exuberantes, escândalos financeiros, câmeras escondidas e bate-boca em cena.

O futebol é outro assunto que apaixona os telespectadores. A Itália é um dos únicos países do mundo onde se pode assistir aos programas futebolísticos engraçados como Mai dire goal ou Quelli che il calccio. Nesses, as imagens dos jogos nunca são vistas, pois eles não detêm o direito de exibição.

Documentário. De Vladimir Donn. 2005-2009. 26 min. Produção Point du Jour - Vladimir Donn & Luc Martin-Gousset. França.

Não recomendado para menores de 12 anos


 

Sinfonia Fina - 00h
A orquestra sinfônica

Madeiras, Metais, Percussão e Cordas - A Orquestra Sinfônica. Este é o tema do programa desta quarta-feira (21). Com o objetivo de formar novas plateias, o Sinfonia Fina revela como funciona uma orquestra. A apresentadora Anelis Assunção explica a composição, as variações, diferenças de naipes de madeiras, cordas, metais e percussão (grupos de instrumentos da orquestra). O programa ainda mostra as diversas composições possíveis que variam de acordo com a preferência do compositor clássico.

A explicação apresentada no programa é ilustrada por um concerto gravado no Conservatório de Tatuí. No repertório, Sinfonia nº 5 - 2º Movimento e Marcha Nupcial, de Mendelssohn, A Dança do Sabre, de Aram Katchaturiam, e Sinfonia nº 5 - 1º Movimento, de Beethoven, pela Orquestra Sinfônica Paulista com regência de Adriano Machado; o Concerto para Flauta Sopranino, de Vivaldi, pela Banda Sinfônica Jovem, com regência de José Antonio Pereira e solo de Lucas dos Santos. E ,ainda, o Concerto em Sol Menor op. 12 nº 1, pela Orquestra Sinfônica Jovem, regida por Edson Beltrami; a Abertura de Os Mestres Cantores de Nuremberg, pela Orquestra Sinfônica Paulista com regência de Juliano de Arruda Campos; O Guarani, de Carlos Gomes, e Variaciones Sinfônicas, de Gregory Fritze, pela Orquestra de Sopros Brasileira regida por Dario Sotelo. O programa traz ainda entrevistas com os maestros Adriano Machado e Dario Sotelo.

Apresentação Anelis Assunção
Direção Guga de Oliveira
Supervisão Musical Antonio Carlos Neves Campos
Quarta-feira, às 00h
Sexta-feira, às 23h30


 

quinta-FEIRA, 22 DE OUTUBRO

Papo de Mãe - 17h30

O programa Papo de Mãe desta quinta-feira (22) vai abordar uma preocupação diária dos pais e educadores: como evitar acidentes. São muitas as histórias envolvendo acidentes com crianças e, por isso, as jornalistas Mariana Kotscho e Roberta Manreza decidiram discutir o tema. Entre as convidadas, algumas mães que já perderam seus filhos. São depoimentos emocionantes. O programa dar dicas e informações sobre os cuidados que devem ser tomados dentro e fora de casa para evitar afogamentos, quedas, queimaduras e intoxicações.

Apresentação, criação e roteiro Mariana Kotscho e Roberta Manreza
Direção Vando Mantovani
Reportagens Rosângela Santos, Davi de Almeida e Pedrinho Tonelada
Produção Rentalcam
Realização TV Brasil
Quintas, 17h30; Domingos, 13h30; Segundas, 12h30; e Terças, 17h30.


 

Cultura Ponto a Ponto - 20h
Música no Rio e artesanato na Amazônia

O Programa de Integração pela Música, o PIM, foi idealizado para oferecer à população do município de Vassouras, no estado do Rio de Janeiro, vivências cooperativas em torno do acesso à cultura, educação e cidadania através do estudo musical, propiciando o compartilhamento de informações e o trabalho em equipe.. Quando foi criado pelo maestro Cláudio Moreira, em 2000, o PIM era formado por apenas 39 crianças e um professor voluntário. Hoje, o programa atua em outros dois municípios do Vale do Paraíba e atende à cerca de 700 integrantes com idade entre 6 e 88 anos, num sistema multiplicador, onde os alunos mais adiantados são os professores dos iniciantes. Das 39 crianças que iniciaram o trabalho, a maioria permanece no PIM repassando seus conhecimentos aos mais jovens.

O Cultura Ponto a Ponto foi também à Boa Vista, em Roraima, onde um grupo de jovens trabalha fazendo bichos da amazônia com uma espécie de borracha da região, a balata, que permite a inclusão sócio-educativa, econômica e cultural dos participantes. Além disso, realiza oficinas de serigrafia. O sucesso já é tão grande que eles já vendem parte da sua produção na loja de departamento de móveis e objetos de decoração, Tok Stok.

Direção João Vargas
Coordenação de Produção Flávia Maggioli
Produção José Sérgio Pereira
Parceria TV Brasil e Secretaria de Programas e Projetos Culturais do MinC.
Quintas, 20h; Domingos, 14h30.

Livre


 

DOC TV IV – 23h
Sangue do barro

Sangue do Barro aborda a exploração da violência feita pelos programas jornalísticos sensacionalistas a partir de um fato ocorrido no estado. Genildo Ferreira de França marcou a cidade de Santo Antônio dos Barreiros ao cometer 15 assassinatos em série em menos de 24 horas. Pouco antes dos assassinatos, Genildo havia escrito uma carta a um destes programas solicitando espaço para se manifestar. Sem conseguir o que desejava, Genildo encontrou seu lugar na mídia por meio de uma série de crimes.

Documentário. 52 min. De Mary Land Brito. Direção Mary Land Brito e Fabio DeSilva. Co-produção: Mary Land de Brito Silva | Engady Cine Vídeo | TV Universitária - RN | ABEPEC - Associação Brasileira de Emissoras Públicas, Educativas e Culturais


 

SEXTA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO

 

Diverso - 17h30
A escritora Hilda Hilst é a homenageada do Diverso

O programa Diverso desta sexta-feira presta homenagem à Hilda Hilst, uma das principais escritoras contemporâneas brasileiras, que morreu em 2004. A equipe foi até Campinas, interior de São Paulo, e visitou a Casa do Sol, onde ela morou por mais de 4 décadas e escreveu a maior parte de sua obra.

O programa também é uma homenagem ao escritor e amigo de Hilda, José Luiz Mora Fuentes, que faleceu dias após conceder sua última entrevista ao Diverso. O programa investiga a personalidade da escritora, explorando as histórias, as referências artísticas, a importância da Casa do Sol para a época, além de vídeos-poema com textos selecionados de Hilda.

O músico Zeca Baleiro também é entrevistado do programa. Ele fala de sua admiração pela escritora e de seu trabalho em parceria com ela: o disco "Ode - Descontínua e Remota para Flauta e Oboé - De Ariana para Dionísio".

Apresentação e edição Eduarda Las Casas
Produção e reportagem Carina Santos e Leandro Lopes
Imagens Delmarinho Queiroz
Edição de imagens Leandro Morais e Marco Túlio Ulhôa


 

Média Nacional – 20h
Debret - Uma Aquarela do Brasil

Depois de permanecer 15 anos no Brasil, onde exerceu o cargo de Pintor de História dos governos de D.João VI e de D.Pedro I, e de haver realizado uma extensa documentação em aquarelas da sociedade colonial brasileira da primeira metade do século XIX, Jean Baptiste Debret decide voltar para a França. Acompanhado da Musa da História, Clio, com quem contracena ao longo de todo o filme, Debret rememora o percurso que o fez atravessar dos conturbados anos da Revolução Francesa até a viagem ao Brasil, como integrante da Missão Francesa que D.João mandou vir de Paris.

Debret - Uma Aquarela do Brasil tem roteiro e direção de Jom Tob Azulay, um dos mais prestigiados diretores do cinema nacional. Entre seus trabalhos, estão os longas-metragens Doces Bárbaros (1978), Corações a Mil (1983), O Judeu (1995). Para a televisão brasileira, produziu e codirigiu a série educativa Conhecendo o Brasil da TVE (1999), além do programa Salto para o Futuro (TV Escola/Ministério da Educação, 2000). Atualmente, está produzindo e dirigindo o longa-metragem Mátria, filme histórico em coprodução com Portugal e o documentário Quixote nas Trevas.

De Jom Tob Azulay. Docudrama. 2000. Cor. 29min. Com os marionetes de Miguel Vellinho e vozes de Camila Amado, Nelson Dantas, Edwin Luisi, Luis de Lima, Stephane Brodt.

Livre


 

Sinfonia Fina – 23h30
As Big Bands

Um grupo orquestral de aproximadamente 20 músicos. Esta é a definição de Big Band, assunto do Sinfonia Fina desta sexta (23). A história e os segredos das big bands serão desvendados no programa que ainda presta uma homenagem a dois músicos da orquestra jazzística: Severino Araújo e Stan Kenton. Com obras interpretadas pela Big Band SamJazz, o grupo foi criado há mais de 30 anos pelo maestro Antonio Carlos Neves Campos. E, além de explicar a formação desses conjuntos, o programa ainda aborda dois outros assuntos: arranjos e solos.

Compostas por cinco saxofones, quatro pistons, quatro trombones e piano, baixo, bateria e guitarra, as Big Bands surgiram no Brasil na década de 30 quando já eram sucesso nos Estados Unidos em bailes, rádios e discos. Em 1934, Severino Araújo fundou, em João Pessoa (PB), a Orquestra Tabajara, que conquistou fama no país.

Durante o programa, a SamJazz executa as obras: Na Baixa do Sapateiro, Luxo Só e Isso Aqui o Que É, de Ary Barroso, com regência de Sérgio Gonçalves de Oliveira. Já a Orquestra de Sopros Brasileira, regida por Dario Sotelo, apresenta a composição Ópera do Malandro, de Chico Buarque.

Outra atração é a Banda Sinfônica Jovem, regida por José Antonio Pereira, que apresenta The Man I Love e Someone to Watch Over Me, de George Gershwin. E , o maestro Antonio Carlos Neves Campos rege Meditação e Insensatez, de Tom Jobim, com solo de Hector Costita ao saxofone.

Apresentação Anelis Assunção
Direção Guga de Oliveira
Supervisão Musical Antonio Carlos Neves Campos
Quarta-feira, às 00h
Sexta-feira, às 23h30


 

SÁBADO, 24 DE OUTUBRO

 

Paratodos - 19h30

O programa Paratodos deste sábado vai mostrar o Samba na Laje da Dona Generosa, que atrai sambistas de todo o país, e fica na Vila Santa Catarina, em São Paulo. Ainda no destaque musical, uma outra matéria contará como o Hip Hop movimenta a cena urbana em Brasília, uma cidade que já lançou muitas bandas de rock e cantores de música pop. Para o quadro Gostinho Bom, o Paratodos reservou a galinha caipira da Dona Marinei, proprietária do restaurante Coice da Cabra, na capital paulista. 


 

Revista do Cinema Brasileiro – 21h30
Os documentários do Festival do Rio

Neste sábado, 24, o Revista do Cinema Brasileiro destaca os documentários que passaram pelas mostras competitivas e paralelas do Festival do Rio.

O programa exibe uma entrevista especial com Herbert Vianna, do Paralamas do Sucesso, sobre o filme Herbert de Perto, que tem direção de Roberto Berliner. O diretor, que é amigo pessoal de Herbert, conta que acompanhou a banda Paralamas do Sucesso desde a década de 1980, captando imagens de bastidores, entrevistas exclusivas pós-shows e registros pessoais da família. Ele aborda ainda o drama dvivido pelo músico depois do acidente em que morreu sua esposa.

Esta edição destaca também os documentários Belair, de Bruno Safadi e Noa Bressane; e Dzi Croquettes, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez, que mergulharam em dois momentos geniais da cultura brasileira. Belair fala da história da produtora de mesmo nome que realizou sete longas metragens em três meses, guiada pelos diretores Rogerio Sganzerla e Julio Bressane. Dzi Croquettes é um relato afetivo sobre uma trupe de artistas que incendiou os palcos brasileiros e europeus com um espetáculo libertário. Foi premiado com o troféu Redentor de melhor documentário. O Revista conversou com os diretores Bruno Safadi, Tatiana Issa e Raphael Alvarez.

Outro destaque é Alô, Alô Terezinha!, de Nelson Hoineff, que homenageia o comunicador Chacrinha. O Revista bateu um papo com as chacretes do filme, entre elas Rita Cadilack.

Apresentação Júlia Lemmertz..
Produção Maltberg Cinema e Vídeo.

Livre


 

Programa de Cinema – 22h
Proezas de satanás na vida de leva e trás

Com a descoberta do petróleo na Vila de Leva-e-Trás surge uma nova cidade pré-fabricada e permanecem na vila apenas velhos e mulheres. A Santa Padroeira é transferida para essa nova cidade e os habitantes da vila temem que o local seja dominado por Satanás. Um estranho chega, fazendo milagres e curando doentes. Os políticos convidam Satanás para concorrer à Presidência da República mas, em seguida, a magia desaparece e a pobreza volta a se tornar uma realidade.

De Paulo Gil Soares. 1967. 100min. Com Emmanuel Cavalcanti, Joel Barcellos, Telma Reston, Zózimo Bulbul, Joseph Guerreiro, Paulo Broitman, Newton Lentini, Lucília Brasil, Paulo Góis, Paulo Carneiro e outros.

Livre


Legenda oculta (closed caption)

Para acessar o sistema de transmissão de legendas via sinal de televisão, nos programas da TV Brasil, entre na função menu do aparelho de TV, escolha a opção closed caption, seguida da função on (ligado). Esta fica oculta, até o acionamento pelo usuário, e permite aos deficientes auditivos acompanhar os programas transmitidos pela emissora.

A legenda oculta é patrocinada pela Petrobras.


Como Sintonizar

Rio de Janeiro
Canal 2 / VHF Analógico
Canal 32 / UHF Analógico
Canal 41 / UHF Digital
Canal 18 / NET Cabo
Canal 116 / Sky-DirecTV
Canal 181 / TVA

Distrito Federal
Canal 2 / VHF Analógico
Canal 15 / UHF Digital
Canal 16 / NET Cabo
Canal 116 / Sky-DirecTV

Maranhão
Canal 2 / VHF Analógico
Canal 34 / UHF Digital
Canal 18 / NET Cabo
Canal 116 / Sky-DirecTV

São Paulo
Canal 63 / UHF Digital
Canal 4 / NET Cabo Digital
Canal 116 / Sky-DirecTV

Satélite - Transmissão Digital
Satélite C-2
Frequência: 3656
Banda L: 1994
Polarização: vertical
Symbol rate: 3930 FEC: ¾

Satélite - Transmissão Analógica
Satélite C-2
Frequência: 3750
Banda L: 1400
Polarização: Horizontal


EXPEDIENTE

Serviço de Atendimento ao Público
sap@tvbrasil.org.br
(21) 2117.6208

EBC

Brasília
Departamento de Comunicação e Marketing
SCRN 702 / 3 Bloco B - Brasília/DF - 70720-620
Telefone: (61) 3799.5200

Rio de Janeiro
Rua da Relação, 18, 5º andar – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – 20231-110
Telefones: (21) 2117.6230 / 2117.6243 / 2117.6208 / 2117.6200
Ramais: 6212 e 6225
comunicacao@tvbrasil.org.br

Não deseja mais receber este email: clique aqui



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes