Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quarta-feira, 18 de junho de 2008

NASA - Dorian Gray

Palco do SESC Vila Mariana - São Paulo - Brasil

Aqui, nesta foto, clicada também em dezembro do ano passado, estou declamando e interpretando o Poema Sons!

SESC Vila Mariana - SP - Brasil

Aqui, nesta foto, clicada em dezembro do ano passado, estou recebendo uma premiação no palco do SESC Vila Mariana em São Paulo - Brasil, após ter declamado e interpretado o Poema Sons!

Ordem da Confraria dos Poetas / Real Academia de Letras

Crônica: UM BRINDE A NÓS TODOS!

Crônica: UM BRINDE A NÓS TODOS!

Autor: Odenir Ferro

Um brinde à saúde, a paz, a concórdia, ao amor ao nosso Amor a Deus e tudo o que for sagrado, tudo o que for divino.

Um brinde a nossa riqueza e harmonia pessoal, a união à amizade, a tudo o que for relativo à nossa prosperidade seja ela material ou física ou espiritual.

Um brinde ao nosso progresso espiritual, enfim a tudo o que for bom para a nossa vida em coletividade Humana.

No dia 15 de junho, agora, neste mês, neste ano de 2008, o meu blog http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com,

Completou 01 ano de idade.

E eu me sinto escrevendo nele, praticamente como se estivesse falando, deixando desta forma, registrada as minhas impressões pessoais e até impessoais, sobre de tudo um pouco, em relação ao que penso, vivo, sinto, no sentido de poder levar uma mensagem a todos os que estiverem lendo os meus escritos.

E pra mim é sempre uma lisojeada satisfação poder estar me motivando ao buscar recursos psicológicos e intelectuais e transcendentais e até místicos, dentro dos caminhos infindos da minha imaginação, das minhas memórias emotivas e acima de tudo da minha reluzente inspiração, onde eu procuro sempre buscar a harmonia infinitiva do espaço existente no Éter Celestial, para poder grafar, registrar em letras, tudo o que for fonte de realidade inspiracional e motivacional, vinda em forma de mensagens.

O que pra mim era um vício, agora se tornou um hábito muito prazeroso e gratificante aonde vou a cada vez mais procurando massagear as minhas idéias ao transcrevê-las nos registros harmônicos do papel.

Escrever virou um progresso cada vez mais importante dentro dos exercícios existentes dentro dos meus atos de amor. Amor que pulsa dentro do meu intuir, dentro do meu sentir, dentro do meu vivenciar todos os aspectos da minha doação, mediante os acontecimentos da vida e das múltiplas nuances registradas nas linhas do cotidiano viver em si.

Poder estar compartilhando sonhos, valores, amores, esperanças, se tornaram a cada novo momento do meu existir, uma prazerosa entrega tão emocionante e cada vez mais, altamente importante e valiosa pra mim.

É como se após comer algo muito salgado, eu tivesse diante de mim um copo de água pura e cristalina, bem gelada!

Onde eu pudesse então, ir saboreando-a lentamente, em pequenos goles.

E depois eu me dispusesse a comer um doce qualquer ou uma fruta bem suculenta e juntamente eu bebesse um suco também qualquer; podendo ser um suco de uva ou de limão ou de laranja.

Ou comesse uma deliciosa salada de frutas seguida de uma taça de sorvetes...

Um bebesse alguma bebida que fosse ébria, como um bom vinho, um licor, ou uma champagne...

Poderia ser qualquer comida ou qualquer bebida, pois a minha alma estará saciada dentro dos meus objetivos e realizações pessoais. E o alimento que viesse até o meu eu para acontecer e para saciar a minha fome e a minha sede no sentido físico, carnal, seria bem vindo.

Pois acima de tudo estão os objetivos da minh’alma em primeiro plano.

Bem... Quero dizer: - Na realidade – Tudo está sendo e se tornando bem mais, a cada dia mais, muito mais que tudo isto que estou dizendo ou querendo dizer, ao fazer comparações entre os meus pequenos prazeres físicos com a imensidão generosa que está sendo e acontecendo dentro das minhas vivências e experiências pessoais, no meu dia-a-dia, em relação a tudo o que diz respeito à minha alma, ao meu espírito.

Na realidade eu estou provando dos manjares e iguarias finas dos Deuses.

Estou sentindo o gosto do supra-sumo do néctar perfumado extraído das videiras dos Deuses e saboreando dos licores e vinhos finos e embriagantes do Deus Baco!

Estou me sentindo como se estivesse tomando em conta-gotas, gotas preciosíssimas e valiosíssimas do Elixir da Longa Vida!

Estou adorando, estou amando cada vez mais, poder estar escrevendo, escrevendo, e compondo todos os mais minuciosos detalhes das minhas impressões e registros de Vidas, dentro deste meu Blogger Caminhopelasestrelas.

E confesso-lhes que tem muito, muito mais ainda pela frente!

Se Deus quiser, é claro! E Ele há de querer. Sinto que é Ele quem está querendo, está me motivando, me impulsionando... Criando uma linha invisível entre mim e os espaços imensuráveis que atua nos caminhos amplos da Eternidade!

Eu estou me sentindo, atualmente, muito místico por dentro das nuances e facetas do meu eu interior.

Na madrugada do dia 10 de junho, deste mês, agora: - na terça-feira, por volta das 03h00min, da madrugada, estava eu caminhando pelo gramado escuro, quando de repente pude ver um espetáculo belo, envolvente, significativo, singelo, e muito místico e poético. Bem à poucos metros de altura, um pouco mais a frente de onde eu me encontrava.

Inesperadamente, vi uma estrela cadente!

Mas próxima tão próxima de mim, como até então nunca vira antes, em toda a minha vida, dado à sua proximidade. Tão próxima que até me assustei e fiquei parado no local, emocionado e agradecido, pensando muito!

Altamente sensibilizado e místico!

O céu daquela noite estava muito escuro! Poucas estrelas, nele, cintilavam.

Até que então, eu vi o fiasco azulando e prateado iridescente caindo rápido e velozmente. E se apagando mais rapidamente ainda, desfazendo-se no pó do nada, dentro do escuro.

Apagando-se bem ainda enquanto estava a certa altura de cerca de uns vinte metros do solo. Apagou-se de uma forma rápida, muito rápida e abrupta. Desfazendo-se desta forma, em nada. Dentro da negrura toda do céu escuro.

Foi um espetáculo marcante e tão belo!...

E dentro do meu íntimo agradecido do meu eu, fiquei em estado meditativo, contemplativo, tecendo muitos valores pessoais em relação a tudo o que é sagrado, tocante, lírico, poético e sacramentado dentro das juras eternas do meu sublime estado de amor ao Amor maior que é nosso Criador!

Naquele momento e nos momentos que se precederam logo após ao acontecido, pareceu-me que Deus, na sua infinita bondade, estava querendo dizer-me que sim!

Que eu estou indo na direção certa do meu caminho a percorrer dentro das nuances do incógnito do meu viver!

Parcialmente incógnito pra mim, mas que Ele sabe e me guia com suas mãos poderosas e certas! Sempre me apontando o caminho a seguir.

E eu estou me realizando ao segui-Lo através também, dos meus escritos dentro do blogger http://www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com

Sempre fico eu a pensar:

- Quando começar algo, quando finalizar algo! Eu penso ser muito importante este detalhe na construção de tudo o que faço.

Sempre tenho em mente, como meta subjetiva e que depois se torna amplamente objetiva, dentro da minha consciência. Formando assim fortes impressões de tudo o que há na vida de composto como sendo de início, meio e fim.

Sempre vivi procurando, dentro deste ano que passou, ir adquirindo cada vez mais o gosto e os conhecimentos necessários pelos escritos. Dando formas, estilos e acabamentos finais, cada vez mais tocantes e marcantes em relação a tudo o que dissesse respeito à estética das palavras elaboradas e formadas dentro da composição dos textos, das crônicas e dos poemas.

Olhando o conjunto todo do Blogger, vendo e podendo analisar todas as estruturas estéticas da sua composição, pude perceber que até agora, eu estou realizando uma obra de estrutura harmoniosa e equilibrada.

Dentro do parâmetro dos tons a que eu me propus no seu início. Ao escrevê-lo, ao elaborá-lo, e assim criá-lo!

Quero dizer a todos que estou muito motivado e emocionado e muitíssimo feliz e realizado por estar podendo compartilhar deste meu blogger com todos. Quiçá com toda a Humanidade!

E para finalizar esta crônica, quero agradecer novamente a todas as pessoas que por aqui passaram, passam, e ainda passarão...

E se nosso eterno Deus permitir, passarão e trarão mais pessoas, pois o meu sincero desejo é contribuir com a melhoria da qualidade de vida de todos nós, Humanos que somos!

E consequentemente, com toda a estrutura social e também com a estrutura de toda a Natureza do Planeta Terra!

Grande Abraço a Todos!

Muitíssimo Obrigado,

ODENIR FERRO