Caminho pelas Estrelas Follow by Email

quinta-feira, 20 de março de 2008

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO:
MINHA PÁGINA DE AUTOR

http://recantodasletras.uol.com.br/autores/odenirbeijaflor

Oração / Pensamentos / Reflexões: Ele está no meio de nós!

Oração / Pensamentos / Reflexões:
ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS!
Autor: ODENIR FERRO

22 DEUS PASTOR E HOSPEDEIRO

O Senhor é meu Pastor,
E nada me falta;
Colocou-me num lugar de pastos. /
Conduziu-me à água fortificante,
Converteu a minha Alma! /
Levou-me por veredas de justiça
Por causa do seu nome.
Por isso, ainda que ande
No meio da sombra da morte, /
Não temerei males,
Por que estás comigo. /
Tua vara e teu báculo
Me consolaram.
Preparaste uma mesa diante de mim, /
à vista daqueles que me perseguem. /
Ungiste com óleo a minha cabeça, /
E quão precioso é o meu cálice que embriaga!
Tua misericórdia irá após de mim /
Todos os dias da minha vida, / a fim
de que eu habite na casa do Senhor, /
durante longos dias.

Eu estava escrevendo um outro artigo.
Uma prosa poética, que deixei a complexidade do enredo pela metade.
Pretendo continuar e terminá-la, depois...
Estou com bastantes crônicas, textos, inéditos, que escrevi especialmente para postar nos Blogs. Poemas, textos, contos e crônicas que são para compor originais de livros, não costumo postar nos Blogs. Nem mesmo os poemas que já foram editados. Somente alguns que creio ser necessários para fazerem parte da configuração do meu Blog Caminho Pelas Estrelas, que creio seja harmonioso com os demais assuntos postados no Blog.
Minha primeira crônica que inscrevi para um concurso pela primeira vez, no ano passado, obteve classificação e foi publicada pelo www.celeirodeescritores.org. A minha crônica se chama Pleno Estado do Sublime Amor, e estou muito feliz. E minha primeira crônica que vejo impressa em livro. O livro é Feira Literária, tratando-se de uma homenagem, in memoriam, a Herculano Vieira - Tio Nhonhô -, por Denise Barros.
É mais uma grata e imensa satisfação pra mim, estar participando de tão importante Coletânea.
Bem, como estava dizendo, eu deixei o enredo da minha prosa poética de lado, que por ora eu parei de escrevê-la pois me dei conta que estamos nas vésperas da Páscoa!
Então eu decidi escrever algo. Falar um pouco do muito que tenho pra contar, em relação às minhas experiências vividas nos dias de Páscoa, e no quanto eu muito sinto em relação a este nobre ato de fé que tenho pelo Nosso Senhor Jesus Cristo!
Então, assim sendo, o que tenho para falar creio que não seja tanto em relação à Páscoa, ao dia da Páscoa em si, mas sim, de Jesus!
Não costumo celebrar a Páscoa pensando na morte física de Jesus, acontecida a muito tempo atrás, sendo pois um fato consumado e histórico. Terminei de ler o livro que fala sobre o Evangelho de Judas. Muito histórico, muito reflexivo, muito mais que isso, mas não pretendo estender mais sobre minhas conclusões. Não ao menos por ora.
Por ora, pretendo falar sim, da beleza da Ressurreição Espiritual de Jesus, para a Vida Eterna.
Ele deu sua vida para nos salvar!
Oh! Quanto é belíssimo e oh! quanto é sublime este ato de extremo e indescritível Amor pela Humanidade!
Quanto mistério há no sentido da Santíssima Trindade!
Jesus é o Glorioso Ser de Luz, que atua nas emoções vivas da vida interior que pulsa dentro de cada um de nós.
A Páscoa é a Ressurreição de Jesus para a vida Eterna.
E Ele se tornou o caminho para nos salvar. Ele é a nossa Estrela-guia!
Ele é o Portal para a nossa Eternidade...
Ele é a nossa supremacia de Luz Divinal que banha o nosso espírito de eterno e sublime estado de Amor!
Jesus é a nossa salvação. A Luz que ilumina nossa caminhada por esta vida.
A figura, a imagem, o ícone Jesus Cristo, está enraizada no nosso inconsciente coletivo.
O Amor que Ele expressa e exprime por nós, também!
E nós? Será que somos receptivos a esse Amor?
Jesus é pleno Poder. E Ele nunca esteve tão atuante e presente, como nos nossos dias atuais!
Ele está presente em nós!
Ele está no meio de nós!
Mas, será que estamos presente nele?
Na Sua filosofia, na Sua Mística, na Sua Metafísica e na glorificação espiritual que transcende-se Dele?
Sei que na década que compôs os anos 1960, depois da Bíblia, o livro mais lido no mundo foi a Divina Comédia Humana, de Dante Alighieri.
Eu já li estas belas obras! Tanto a Bíblia, quanto a Divina Comédia Humana!
Sem comentários, pelo menos por ora...
Por ora, o que penso e o que tenho a dizer em termos comparativos, é que cada qual, quanto Obra Literária, somente se lendo, absorvendo o profundo conteúdo existente em cada uma das Obras, é que se pode se envolver, se resolver, se assumir em postura, diante do cultivo individual em relação a expansividade da espiritualidade adquirida pela fé pessoal, em relação a experiência adquirida através dos anos vividos nesta existência, administrando no dia a dia os valores dos seus conteúdos literários.
Apenas estou comparando a Bíblia com a Divina Comédia Humana, pois sinto na Bíblia um fascinante caminho misterioso, enigmático e indecifrável, que me arrebata espiritualmente e emocionalmente para um pleno aprendizado de fé.
Já a Divina Comédia Humana, foi escrita com um primor de talento clássico. Uma verdadeira soberania poética e literária de beleza indescritível, versando sobre o grande amor do Grande Poeta Dante por sua amada...
E também pode se dizer que são os três livros, Purgatório, Inferno e Paraíso, uma verdadeira odisseia humana, onde a beleza e a realidade poética das temáticas, vão versando sobre o amor e as condições dos estados emocionais que enfrenta qualquer ser humano, dentro da sua vivência pessoal, até conquistar o Paraíso.
E Deus, através de Jesus, se fez carne, se fez homem. O Verbo encarnado, se fez homem através da figura humana de Jesus em forma de homem, para que assim Deus pudesse conhecer todas as virtudes e todas as fraquezas que compõe a vida interior da sua criação, da sua obra. Ou seja, nós! Simples seres humanos fisicamente mortais que somos! Mas, espiritualmente imortais! Pois através da crucificação, morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, foi possível pra nós, seres humanos, podermos alcançar a vida Eterna. Pois Jesus fez-se de ponte para o nosso caminho. Ele é o Portal e a nossa Ponte para a Vida Eterna! "Ninguém chega até o Pai, senão for através de mim."
Então, tanto na nossa realidade individual, quanto nas comparações que fiz entre as Obras Literárias: - A Bíblia e a Divina Comédia Humana, em ambas as Obras, Jesus é um fortíssimo personagem histórico atuante sempre como Grande Mestre Soberano, com plenos poderes e divinos conhecimentos de todas as existências, de todos os Reinos visíveis e invisíveis.
Sim! Jesus! Ele é o nosso Grande Mestre Divino!
Ele é o nosso Rei dos Reis! Nosso Divino Mestre que habita em nós, e atua por meio de nós, através da personificação do Verbo!
Ele é a nossa força e razão emocional para buscarmos a realização da nossa vida intensa de vivências espirituais e físicas, voltadas para os valores incompreensível, embora magnânimo e belíssimos da realidade da Perfeição e da Vida em Plenitude!
E não há motivo para explicarmos as razões emocionais desta Fé!
Pois a Fé é como o Amor. Não se explica...
Apenas deixa-se, permite-se, que essa intensa chama desconhecida venha envolver-se com as dimensões da alma do nosso espírito e corpo físico, e tomar-nos por inteiro.
Até arrebatar-nos para os lugares mais aconchegantes que atuam dentro das nossas emoções!
E assim, extrairmos o néctar da Vida intensa, numa fulgorosa realização em motivações de plenas belezas!
Crermos em Jesus, é realizarmos dentro de nós, a vivência da soberania concreta que atua em nós, através dos mistérios existentes nos Caminhos do Amor e da Fé!
E Jesus Vive! Viva, Viva Jesus!
Ele está no meio de nós!
Odenir Ferro