Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sábado, 26 de janeiro de 2008

P O E S I A E S P E C I A L : B A L A D A !

P O E S I A E S P E C I A L : B A L A D A !!
O CARNAVAL DA ILUSÃO
Autor: Odenir Ferro

Nós queremos brincar nesta folia!...
Nós desejamos rasgar as fantasias...
Pulando o Carnaval no meio do Salão!
Queremos sambar, até se acabar, na avenida
Enfeitada de mulheres, confetes&serpentinas!

Sambando entre mulheres vestidas de odalisca
Que vão jogando beijinhos, mostrando as coxas,
Que vão mostrando os peitos, mostrando tudo,
Gingando, requebrando, ajeitando os cabelos,
Dançando a sensualidade dentro do sonho
Despejando a sexualidade fora do corpo!
Num sonho de Carnaval com emoção!
Numa folia do Carnaval da ilusão!

Eu quero brindar à esta folia!...
Eu desejo rasgar minhas fantasias
Pulando o Carnaval no meio do Salão!
Quero sambar até me acabar nesta avenida
Enfeitada de confete&serpentinas, perdição!

No corpo a corpo, beijo em beijos, mão na mão,
Dançando alguma felicidade da vida nas canções
Até o sol vir nos despertar, vindo de lá do horizonte!
Quando a claridade do dia vir achar-nos cambaleantes
Entre os suados restos dos sonhos, confetes&serpentinas!
Quando quisermos rasgar de vez as nossas fantasias
Depois de um noite inteira, dançada no salão!
No final de uma noite desejada, com emoção!

Nós queremos brincar nesta folia!...
Nós desejamos rasgar as fantasias...
Pulando o Carnaval no meio do Salão!
Queremos sambar, até se acabar, na avenida
Enfeitada de mulheres, confetes&serpentinas!

No Carnaval da Ilusão, a fantasia se repete,
A vida continua se renovando ao insinuar-nos
Que os desejos, os segredos, todos os encantos
São reais imaginação do querer sermos felizes!
Enquanto pudermos desfrutar desta alegre folia
Que nos faz extasiarmos nos desejos do sonhar!
Pensando que a vida é esse encanto de nos amarmos,
Nos desejarmos, beijarmos, cantarmos, festejarmos!

Eu e vocês queremos brincarmos nesta folia!...
Nós desejamos rasgarmos-nos entre as fantasias!
Ao vibrarmos o Carnaval, no meio dos Salões!...
Queremos sambarmos, até acabarmos-nos nas avenidas
Enfeitada de mulheres, confetes&serpentinas, emoções!