Caminho pelas Estrelas Follow by Email

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Convite para o Evento de amanhã 01/12/2007!


Meu endereço de blogger: odenirferrocaminhopelasestrelas. blogspot.com
e-mail: odenirferro@yahoo.com.br
odenir.ferro@yahoo.com.br
odenirferro.1@gmail.com

Meu Convite para o Evento de Amanhã

Meu convite pessoal para o Evento


Convite: Venho através do meu Bloger:
Informar e convidar a todas as pessoas
que passarem por aqui, para formalizar
mais uma vez o meu Convite para que
compareçam na Cerimônia de Entrega
do troféu VII Prêmio Talento Cultura
Nacional. A solenidade está prevista
para ter início a partir das 19h00,amanhã, dia 01 de dezembro de 2007, no palco do teatro
do SESC-Vila Mariana, sito à Rua Pelotas, n. 141,
na cidade de São Paulo - S.P., Brasil.
O evento é patrocinado por Shan Editores e
Ordem da Confraria dos Poetas - Brasil!
Conto com a presença de todos!
Rio Claro, 30 de novembro de 2007
ODENIR FERRO

sábado, 24 de novembro de 2007

Bibliografia sobre o Poema O Meu Grande Sonho


As Bandeiras desta camisa foram confeccionadas
todas à mão ( pintadas ) inclusiva nas costas, e
foram idealizadas por mim, e foram confeccionadas pela Designer e Artista Plástica Carla Fitippaldi. Usei esta camisa por ocasião da entrega do Troféu V Prêmio Talento Cultura Nacional, no SESC - Vila Mariana em São Paulo-S.P., no final do ano de 2005. Por ocasião, declamai o Poema O Meu Grande Sonho, e as Bandeiras da camisa representam A União Entre Todos Os Povos, que se enquadra perfeitamente dentro da mensagem poética do Poema O Meu Grande Sonho!
Rio Claro, Cidade Azul, Novembro de 2007
Odenir Ferro

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Soneto: Cenário Circense

SONETO: CENÁRIO CIRCENSE
Autor: Odenir Ferro

Arquitetônicas sombras,
Vão indo, debruçando-se
Alongando linhas no chão.
Como se fossem os avultos
Dos alegóricos fantasmas,
Do triste cenário circense
Onde gritante, procuro sair
Num rompante, e ir gravitar
Girando dentro de mim mesmo!
Tal igual a um pião, rodando
À esmo. nas assombradas linhas
Projetadas no destino arquiteto
Do real e das sombras se afiando,
Alongando linhas, sumindo no chão!

domingo, 18 de novembro de 2007

Soneto: Desejos ( autor: Odenir Ferro )

SONETO: DESEJOS
Autor: Odenir Ferro

Tenho uma paz dos peixes no aquário,
Quando busco olhos seus no meu olhar
Crendo tudo possível ser, no ideário
Devorando desejos no meu contemplar,

Sua beleza exótica de tirar o fôlego
Com meu coração disparado à acelerar
Meu cérebro, num ansei
o nú e sôfrego
Ao querer nos braços meus te apertar!

Retendo pra mim o calor dos beijos
Solvendo estes desejos, ao exalar,
Seu adocicado perfume em relampejos

Faiscantes! Dos olhos seus no meu olhar
Transcendendo-nos no imaginário, leigos
Na afável realização desses sonhos meigos!




quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Poema: Ao Meu Pai / Odenir Ferro

Poema: AO MEU PAI ( Homenagem )


Este Poema que escrevi no ano passado,
e que foi publicado num Jornal local da
Cidade de Rio Claro-S.P., e que neste
ano também está num Site de uma Amiga
minha lá do Rio Grande do Sul-R.G., é um
dos poemas entre tantos, o que mais me
marcou e eu já perdi as contas de quantas
vezes eu o li. Senti que meu Pai, também quando o
leu, ficou muito emocionado e feliz. Nossos laços
de profunda Amizade se estreitaram ainda mais,
depois dele. O poema foi publicado pela primeira
vez no ano passado, no dia 11 de agosto de 2006.
Este ano foi publicado no mes passado, nas páginas
"Oi do Coração!" no site da Yamin! Odenir Ferro

terça-feira, 6 de novembro de 2007

ORQUÍDEAS!

ORQUÍDEAS!


"Estas Orquídeas foram fotagrafadas no quintal da minha casa, há alguns anos passados.
Eu tenho muita admiração pela beleza,
pela exuberância e pelo carisma exótico
que esta fascinante floração transmite
para mim, dando um sentido pleno
de radiante beleza! Estou com
um Poema e também uma
Crônica Poética que
estarei postando
aqui, no Blog,
Em breve, onde estarei transcorrendo
minha mensagem sobre elas! Orquídeas!
RIO CLARO, Cidade Azul, 06/11/2007 Odenir

EU APOIO A LITERATURA

"Eu adoro apoiar a Literatura!
Ler faz bem e não somente alimenta a alma do nosso espírito, como também nos renova as energias para conquistarmos profundos esclarecimentos culturais, e dessa forma não sermos apenas fantoches humanos, manipulados por pessoas outras que apenas visam interesses pessoais equivocados!" Odenir Ferro

sábado, 3 de novembro de 2007

EU ADORO APOIAR A LITERATURA


"Acredito com todas as minhas forças emocionais e existenciais, que as razões analíticas, críticas objetivas, emocionais, de um Povo Culto, sempre prevalecem diante de certas hipocrisias humanas!" ODENIR FERRO

Soneto: DESTE MAR!

Soneto: DESTE MAR!
Autor: Odenir Ferro

Este navio, ao longe, sonho que vejo
Flutuando no meu oceano e navegando,
Indo deslizando rápido, tão ligeiro,
Meus anseios para águas do além-mar!

Este navio, não rema como eu, emoções,
Que transbordantes caem do meu coração.
Flutua ele, seu peso no oceano distante
Enfrentando incólume, grandes desafios!

Buscando dragar, do mar pra si, o tempo
Precioso tempo, ao encurtar distâncias,
Navegante das correntes de todas marés!

Podendo, rumo ao longe, ir muito longe.
Muito mais além deste percursso humilde
Que meu coração faz navegador deste mar!

EU APOIO A LITERATURA ( blocosonline.com.br )



Olá, pra mim é mais um motivo de imensa satisfação pessoal, poder estar unindo a mim, eu pessoa, juntamente com meus sonhos e ideais às pessoas que assim como eu acreditam na Cultura, depositam extremada Fé de que tudo é possível no tocante a tranformação para melhor, da Cultura do Povo Brasileiro, quando nos unimos, unificando nossas forças. Odenir Ferro